BAR1PRINC
an
 
Página Inicial  Contato Mundo  Arquivo Alagoinhas Entrevista Rádios
 
Eventual candidatura de Cármen Lúcia é vista com reservas pelo STF
A eventual candidatura da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, à Presidência da República, por eleições indiretas no Congresso, é vista com ressalvas pelos integrantes da corte...
 
linha190  
NOTICIAS DESTAQUE:      

Joesley teria tentado agendar encontros com Rodrigo Maia e Gilmar Mendes

New York Times trata crise brasileira e diz que Temer é ‘acusado de subornar’

‘Fora Temer’: manifestantes não dão trégua a repórteres da Globo

linha190 linha190 linha190

Maiara e Maraísa revelam valor do cachê e afirmam: 'geramos 200 empregos'

 linha190

Microsoft quer tornar o uso de senhas coisa do passado

linha190

'Vou sair dessa crise mais rápido do que se pensa', afirma Temer a jornalista

linha190


 

Google:                                          

CONTATO

linha190

 
  
 

Enquete

 

O que você prefere ouvir?

  • Arrocha
  •  
  • Pagode baiano
  •  
 
  Tel: (75) 3422-3727
 
 
 
 

VAGAS DO SINE CLIQUE AQUI
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Publicidade

Câmara tenta votar projeto que regulariza incentivos fiscais de estados

24 de Maio de 2017 18:20

A Câmara dos Deputados já abriu a sessão extraordinária que pretende analisar o projeto que convalida isenções concedidas no âmbito da guerra fiscal entre os estados (PLP 54/15). Esse é o único item da pauta da sessão. A Ordem do Dia ainda não começou. Até o momento 165 deputados já registraram presença. O Projeto de Lei Complementar (PLP) 54/15, do Senado, propõe uma transição para as isenções fiscais concedidas unilateralmente pelos estados, com prazos que variam de 1 a 15 anos de vigência para as atuais isenções e incentivos. Segundo o texto, um convênio do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) poderá perdoar os créditos exigíveis decorrentes das isenções de ICMS concedidas, prorrogando-as por períodos que variam de acordo com o setor da economia. O projeto permite que esse convênio seja aprovado e ratificado com o voto favorável de um mínimo de 2/3 dos estados e 1/3 dos estados integrantes de cada uma das cinco regiões do País. Atualmente, é preciso haver unanimidade dos estados para aprovar incentivos. (Noticias ao Minuto)

Comissão da AL-BA aprova moção de repúdio contra Kannário por episódio com PM

24 de Maio de 2017 17:40

A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou por unanimidade na reunião desta terça-feira (23) uma moção de repúdio ao cantor e vereador Igor Kannário por um episódio envolvendo a policial Tainá Gomes, na noite de domingo (21), na Micareta de Feira de Santana. Para os deputados, a atitude do cantor foi “abusiva, de cunho autoritário e desrespeitosa à Polícia Militar, uma vez que incitaria o ódio e a violência contra a corporação”. O colegiado também aprovou moção de apoio e solidariedade a policial. O presidente do colegiado, deputado Marcelino Galo (PT), lamentou o episódio em Feira de Santana. “O cantor agiu de maneira extremamente desrespeitosa com a instituição e agressiva com a policial que cumpria o seu dever institucional, que trabalhava para garantir a segurança de todos aqueles que seguiam o seu próprio trio. Ele é vereador no exercício da vereança em Salvador, em Feira estava como cantor. Seu posicionamento foi extremamente desrespeitoso e autoritário”, refletiu. Também na reunião da Comissão Direitos Humanos foi apresentada a acusação de racismo contra a administração do Salvador Trade Center. Acompanhado do ativista social Cristiano Santos, o gestor de projetos Márcio de Oliveira Desidério relatou aos deputados que foi abordado por dois policiais enquanto estava num café no empresarial, localizado na avenida Tancredo Neves. Ele contou que chegou a ser aconselhado por um investigador da 16ª Delegacia na Pituba a desistir da queixa. O colegiado encaminhou questionamentos ao Condomínio Salvador Trade Center, à 16ª Delegacia na Pituba e ao Ministério Público, que já acompanha o caso.

Alexandre de Moraes defende delação premiada, mas diz que não há ‘salvador da pátria’

24 de Maio de 2017 17:30

Em meio à polêmica do uso da delação premiada contra o presidente Michel Temer, o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes defendeu a utilização do instrumento, mas afirmou que o delator não pode ser visto como um ‘salvador da pátria’. Para ele, está implícito que quem faz um acordo de delação decide colaborar com a Justiça para receber algum benefício. Ele pontuou, no entanto, que esse benefício tem de ser de acordo com a ‘eficácia’ das informações prestadas. “Se não serviu nada, não terá diminuição de pena. Serviu, mas não foi uma Brastemp, terá o perdão de um terço da pena. Ajudou muito, desbaratou a organização criminosa, perdão de dois terços da pena”, disse Moraes. O ministro, no entanto, reiterou que ninguém pode ser condenado com base só na delação premiada. “O delator tem interesse em delatar, ele quer benefícios, então ele que prove, ele que aponte provas”, disse. Sobre a Operação Lava Jato, Moraes afirmou que, mesmo com os acordos de delações, ‘nós não vamos nunca recuperar todo o dinheiro que foi desviado’ da Petrobrás. Segundo ele, é preciso ‘aproveitar o momento’ para evitar que um novo escândalo como esse aconteça, ‘porque senão o que acontece é que acaba faltando dinheiro para tudo’.

“Fui vítima de uma armação”, diz Aécio

24 de Maio de 2017 17:20

O senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou, nesta terça-feira, 23, por meio de vídeo publicado nas redes sociais, que foi ‘vítima’ de uma ‘armação’ do empresário da JBS Joesley Batista, que o gravou supostamente pedindo R$ 2 milhões, em março deste ano, no Hotel Unique, em São Paulo. O tucano também saiu em defesa da irmã, Andrea, e do primo, Frederico Pacheco, presos preventivamente na Operação Patmos, deflagrada na última quinta-feira 18. Aécio Neves foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista, no dia 24 de março deste ano, no Hotel Unique, em São Paulo. Os valores teriam sido repassados ao primo do senador afastado, Frederico Pacheco, e as primeiras tratativas foram feitas pela irmã de Aécio, Andrea Neves – estão em posse da Polícia Federal a filmagem dos repasses ao suposto receptor do tucano e conversas de WhatsApp com as solicitações de Andrea. Apesar de justificar que os R$ 2 milhões seriam para bancar advogados de defesa, o dinheiro foi transportado para Mendherson Souza, assessor de Zezé Perrella (PSDB-MG). “Eu fui vítima de uma armação de réus confessos que só tinham um objetivo: livrar-se dos gravíssimos crimes dos quais são acusados. Mesmo que para isso tentassem implicar pessoas de bem. Essa armação me tornou hoje alvo de acusações e suspeitas e levou a medidas injustificáveis, Como a prisão de meus familiares que não cometeram nenhum ato ilícito”, afirmou. Segundo o senador afastado, ele teria pedido a Andrea, sua irmã, para que oferecesse a compra do apartamento de sua família, no Rio de Janeiro. “Com parte desses recursos, eu poderia antão pagar a minha defesa em inquéritos que, tenho certeza, serão arquivados”. “E fiz isso porque não tinha dinheiro. Não fiz dinheiro na vida pública”, ressaltou. Aécio disse ter recebido, como contraproposta, um empréstimo no valor de R$ 2 milhões, que seriam destinados ao pagamento dos advogados do parlamentar afastado. “Mas, como ficou claro, depois de tudo que assistimos, esta nunca foi a intenção do criminoso. Na verdade, o que ele queria era criar uma falsa situação que transformasse uma operação entre privados, que não envolveu dinheiro público, que não envolveu qualquer contrapartida, em um ato de aparência ilegal. Estes são os fatos. Esta é a única verdade”, alegou. O senador ainda concluiu reiterando que vai buscar defender seus parentes no âmbito de investigações que enfrentam na Justiça e admitindo que errou ao ‘permitir’ que sua irmã, Andrea, ‘se encontrasse com um cidadão cujo caráter, agora, todo o Brasil conhece’. “Errei ao utilizar, mesmo numa conversa particular, um vocabulário que não costumo usar, e por isso eu peço desculpas. Mas o meu maior erro foi deixar me enganar numa trama montada por um criminoso”, afirmou.

Visita do CEGESP ao 4° Batalhão.

24 de Maio de 2017 16:50

Oficiais superiores das Polícias Militares dos Estados da Bahia, Maranhão e Sergipe, integrante do Corpo de Bombeiros da Bahia, além de um membro do Ministério Público da Bahia, alunos do Curso de Especialização em Gestão Estratégica de Segurança Pública-CEGESP, da PMBA, no qual se inclui o TC PM Jarbas Carvalho, Comandante da Unidade, estiveram hoje na sede do Batalhão, momento em que visitaram suas instalações.

Foram ministradas duas palestras, a primeira com o tema: 4º BPM/ALAGOINHAS: Uma Gestão por Resultados, apresentada pelo próprio Comandante, TC PM Jarbas e a segunda, com o tema: Trabalho Social da PM: O Exemplo do Quarto Batalhão, apresentada pelo Cap PM Adauto, onde foi exposto o Projeto social Anjos de Farda.

Os alunos realizaram, ainda, uma visita técnica à empresa Brasil Kirin, com foco nas técnicas de gestão de pessoas e valorização profissional, adotadas por aquela empresa.

A busca do saber é o caminho do crescimento para qualquer Instituição, seja ela pública ou privada, portanto o Quarto Batalhão se encontra sempre a disposição para ser palco de discussões e debates de novas ideias e caminhos, que nos levem á uma sociedade mais justa.

"PMBA e Comunidade na Corrente do Bem."

Ver Mais Fotos:

Ex-vice do DF era negociador conhecido

24 de Maio de 2017 16:40

 

Preso nesta terça-feira, 23, por suposto envolvimento em desvios de dinheiro nas obras do Estádio Mané Garrincha, o peemedebista Tadeu Filippelli, 67 anos, ganhou no ano passado um cargo de assessor especial do presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, pela fama de saber negociar cargos e emendas com parlamentares independentemente de partidos. No currículo dele estão relações estreitas com três polos rivais que dominaram a política da capital. Criado no ninho do PMDB do ex-governador Joaquim Roriz, figura popular na história recente de Brasília, ele se afastou de “pai Roriz” para se aliar a José Roberto Arruda, do então PFL, que ganhou o governo distrital em 2006, e, após controlar parte dos cargos do pefelista, se elegeu, em 2010, vice-governador na chapa de Agnelo Queiroz, do PT. Filippelli controlou e conheceu como poucos a máquina de obras de Brasília. Engenheiro eletricista e funcionário da Companhia Energética de Brasília (CEB), foi secretário de Infraestrutura e Obras de Roriz entre 1999 e 2003. Aos poucos, conseguiu o controle regional do PMDB, a ponto de romper com o padrinho e obrigar o campeão de votos das cidades-satélites do Distrito Federal a deixar a legenda. Com o partido nas mãos, Filippelli ainda avançou sobre o PP e ajudou a eleger Arruda. O preço pelo apoio incluiu a Novacap, empresa que controla terras do Distrito Federal e uma série de cargos em setores diversos do Palácio do Buriti.

Empresário, deputado é ‘novato’ em Brasília

24 de Maio de 2017 16:30

As imagens do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) correndo com uma mala contendo R$ 500 mil causaram “espanto” e “perplexidade” até mesmo em seus poucos desafetos na política. Tanto seus colegas de Congresso como os do Palácio do Planalto admitem “surpresa” com sua suposta atividade de operador, segundo a versão de delatores da JBS. Antes de ficar famoso nacionalmente, Rocha Loures, hoje com 50 anos, era nome pouco conhecido fora de Brasília. O homem que teria sido indicado para negociar com o empresário Joesley Batista, dono da rede de frigoríficos e delator, começou a alçar voos mais altos na política somente em 2011. Na ocasião, foi convidado pelo então vice-presidente Michel Temer para ser seu chefe de gabinete. A aproximação entre os dois começou em 2007, quando ambos conviveram na Câmara. Recém-chegado a Brasília, Rocha Loures tinha emergido de uma carreira na empresa da família: a Nutrimental. Fundada em 1968 por seu pai, a empresa de São José dos Pinhais, no Paraná, ganhou fama no mercado depois de criar a linha de barra de cereais Nutry, projeto atribuído ao deputado depois que este concluiu o curso de administração na Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo. A experiência nos negócios e a tradição da família no Paraná empurraram o jovem para a política. Em 2003, Rocha Loures teve sua primeira experiência na gestão pública, como chefe de gabinete do governo do Estado do Paraná, durante mandato de Roberto Requião (PMDB-PR). “Não consigo imaginar o Rodriguinho articulando essa patifaria. São as más companhias”, disse Requião. No Congresso, tinha poucos inimigos, que o classificam de “bajulador” e “vaidoso”.

PSDB e DEM fazem apostas pós-Temer

24 de Maio de 2017 16:20

O agravamento da crise política fez o PSDB e o DEM intensificarem as articulações de bastidores na tentativa de barrar a possibilidade de eleição direta para substituir o presidente Michel Temer. Em conversas reservadas, dirigentes das duas siglas avaliam que, caso a coalizão de apoio a Temer não apresente uma alternativa de poder, o movimento por “diretas já” pode ganhar força, com “risco” de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltar ao Palácio do Planalto. Nesta terça-feira, 23, a base aliada conseguiu adiar a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara do relatório favorável à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) das eleições diretas para o caso de vacância da Presidência. O projeto, mais tarde, foi retirado da pauta. Desde a divulgação das delações da JBS, tucanos e outros aliados têm feito reuniões quase que diárias para discutir cenários de pós-Temer. Um deles, defendido por dirigentes do PSDB, do DEM e de uma parte do próprio PMDB, seria a renúncia do presidente com escolha de um sucessor que passe pela concordância do próprio Temer. O problema, nesse caso, é que o peemedebista não aceita renunciar e ninguém pretende pressioná-lo para que faça isso, ao menos por enquanto. Até agora, a maior parte dos aliados concorda com a manutenção do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Alguns também observam que seria conveniente propor a Temer que, caso a situação fique insustentável, os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, também sejam preservados, embora sejam investigados pela Lava Jato. Avalista do governo, o PSDB considera que o nome ideal para substituir Temer seria o do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mas não há consenso. Na Câmara, muitos aliados querem que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ocupe a cadeira de Temer. Se o presidente renunciar, é Maia que assume o cargo por 30 dias.

Estadão

ACONTECE NA CÂMARA

24 de Maio de 2017 13:30

A sessão ordinária que aconteceu na última terça-feira (23) teve como principal assunto a violência e a segurança pública na cidade de Alagoinhas. Os parlamentares citaram, entre outros, o fato ocorrido durante a manhã com o advogado e ex-vereador Gustavo Carmo, demostrando nos seus discursos solidariedade, e agradecimento a Deus pelo colega estar fora de perigo. A violência contra a mulher também foi um tema abordado.

Entre as ideias apresentadas para reforçar o combate à violência na cidade, foi sugerido pelo vereador Anderson Baqueiro a criação de uma Comissão na Câmara para tratar diretamente da questão e buscar apoio com o comandante da Polícia Militar e o delegado geral da polícia civil. “Precisamos pedir reforço da polícia militar, polícia civil, equipamentos.”

Preocupados com o índice de violência, alguns vereadores optaram por, através de suas emendas individuais, destinar recursos para fortalecer e aparelhar a guarda municipal.

Foram apresentadas indicações dos vereadores: Ozeas Menezes (solicitando ações de saúde e segurança na Comunidade do Estevão, recapeamento na Rua Murilo Cavalcante e revisão dos semáforos e placas sinalizadoras, assim como pinturas nas faixas de pedestre, no centro da cidade e nos bairros), Jorge da Farinha (solicitando limpeza e iluminação da área do campo de futebol situado em frente à Delegacia de Polícia, no bairro Jardim Petrolar), Thor de Ninha (solicitando a realização de processo participativo na construção do Plano Plurianual para o período de 2018 a 2021).

Entre os requerimentos aprovados para a realização de Audiências Públicas constaram: Discussão das questões atinentes à Lei Ordinária 2.337/2016, que cria o programa Ruas de lazer (autoria do vereador Jorge da Farinha), Discussão do tema - Conversando sobre a depressão e o suicídio. (autoria do vereador Pastor Lins) e Debate sobre a importância e contribuição do Serviço Social na área de educação, especialmente na escola (autoria do vereador Thor de Ninha).

Foram aprovadas também duas moções de louvor e aplausos, ambas de autoria do vereador Ozéas Menezes, em homenagem: ao Sr. Antonio Moreira de Souza, pelo heroísmo e patriotismo e por ser o último Ex-combatente da Segunda Guerra Mundial, em vida, da cidade de Alagoinhas, e aos industriários da cidade pela crescente importância do setor no desenvolvimento econômico da cidade de Alagoinhas e em comemoração ao dia do industriário, celebrado em 25 de maio.

O vereador Luciano Sérgio deu entrada no Projeto de Lei que considera de utilidade pública a Associação Comunitária dos produtores rurais, agricultores e familiares de conceição de cima.

Na oportunidade, foram aprovados os Projetos de Lei: que considera de Utilidade Pública a Fundação da ONG Grupo Humanizar-se de Alagoinhas, de autoria da vereadora Raimunda Florêncio, e que assegura aos profissionais da educação básica o pagamento de meia-entrada nos estabelecimentos culturais e de lazer do município de Alagoinhas, de autoria do vereador Luciano Almeida.

Chegaram à Casa Legislativa, remetidos pelo Poder Executivo, o Projeto de Lei nº 018/17 (dispõe sobre doação de terreno de propriedade do município de Alagoinhas à Associação do Parque São Bernardo), e o Projeto de Lei 019/17 (que autoriza o Poder Executivo Municipal proceder ao Orçamento da Seguridade Social do Município, aprovado para o exercício financeiro de 2017, a abertura de Crédito Adicional Especial), assim como a Lei nº 2.360/17, devidamente sancionada pelo Exmo. Senhor Prefeito. Foi enviado também, pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito - SMTT um ofício, convidando o senhor presidente e demais vereadores para participarem da “Pedalada Pela Vida” que será realizada no dia 28 do presente mês às 7h, no estacionamento da Prefeitura.

A Diretoria da União das Associações de Moradores de Alagoinhas (UAMA) e da União das Associações Comunitárias Rurais de Alagoinhas (UARA) encaminhou um ofício à Câmara solicitando o retorno das sessões itinerantes na zona urbana e rural. Em resposta ao ofício, o presidente Roberto Torres garantiu que as referidas sessões serão realizadas ainda este ano, e ressaltou “É importante levar esta casa aos bairros e aos distritos da cidade de Alagoinhas, precisamos ouvir as necessidades de cada comunidade”.

Ao final da sessão, o Presidente lamentou o assalto ocorrido com o ex-presidente da Casa Legislativa, Gustavo Carmo, ressaltando a sua estima pelo mesmo: “Ficamos muito aflitos com a notícia, Gustavo é uma pessoa muito querida nesta cidade, graças a Deus está tudo bem”.

Ascom - Câmara Municipal de Alagoinhas

Foto - Kekeu Barreto

Na geladeira há 4 anos, Vera Fischer detona: 'Tão fazendo especial pra daqui a 1.000 anos'

24 de Maio de 2017 13:20

A atriz Vera Fischer concedeu uma entrevista ao programa "TV Fama", exibida nesta segunda-feira (22). Durante o papo, a veterana relembrou que está há 4 anos longe das telinhas - seu último trabalho foi em "Salve Jorge", em 2013. "Não. Acho que eles têm que pensar muito bem em qual papel irão me colocar, pois estou há seis anos sem fazer. Então, ou eles não gostam mais de mim ou devem estar fazendo um especial para daqui a 1.000 anos", ironizou. Depois, foi perguntada se esse afastamento foi por opção, ela respondeu diretamente: "Não. Estou esperando".

Para evitar ligação com corrupção, SBT afasta definitivamente Ticiana Villas Boas

24 de Maio de 2017 12:50

Com o objetivo de evitar polêmicas relacionadas a política e corrupção, devido aos áudios divulgados pelo marido e empresário Joesley Batista na última semana, o SBT decidiu afastar definitivamente a apresentadora Ticiana Villas Boas da terceira temporada do reality show “Bake Off Brasil”. De acordo com informações do colunista Daniel Castro, do UOL, a chef em confeitaria Carol Fiorentino, que foi jurada do programa em outras ocasiões, foi escalada para substituí-la. A decisão foi tomada após uma reunião entre a jornalista e Fernando Pelégio, diretor-artístico da emissora, na tarde desta terça-feira (23). Ainda segundo a nota, a baiana concordou com a decisão por medo de ser hostilizada.

Ministro da Saúde garante retorno de cubanos ao Mais Médicos

24 de Maio de 2017 12:40

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, informou que Cuba voltará a oferecer profissionais para o Mais Médicos. A negociação teria sido concluída e, nesta terça-feira (23) em Genebra, o governo cubano deve confirmar que a colaboração continua. Os representantes dos dois países estão na Suíça para reuniões da Organização Mundial da Saúde (OMS). O encontro contará com a Organização Pan-americana de Saúde, que chancelaria o novo entendimento. No mês passado, o governo cubano havia anunciado a interrupção da parceria.

Com investimento de cerca de R$ 4 milhões, Hospital Aristides Maltez será ampliado

24 de Maio de 2017 12:30

O Hospital Aristides Maltez ganhará uma nova torre, com 16 leitos de internação, dez de UTI e duas salas cirúrgicas. A unidade é responsável pelo maior número anual de cirurgias de câncer realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e atende cerca de 3 mil pessoas por dia. De acordo com o superintendente da Liga Baiana contra o Câncer, Humberto Luciano Souza, a unidade recebe pacientes de toda a Bahia e estados vizinhos. "O custo total dessa obra é de aproximadamente R$ 4 milhões e o hospital não tem como tirar do próprio bolso. As obras devem começar até dezembro", ressaltou. Parte dos recursos será arrecadado pelo Forró Solidário, promovido pelas Voluntárias Sociais da Bahia. A diretora da entidade, Leila Colangeli, afirmou que a ideia surgiu devido a outra iniciativa de sucesso. "Como nós já fizemos outra parceria, com a Ivete Sangalo para o Martagão Gesteira, essa iniciativa nasceu com a parceria entre a primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais, Aline Peixoto, e o cantor Bell Marques para ajudar o hospital. Além de curtir o show, a pessoa terá direito a comida e bebidas típicas e ainda estará ajudando na ampliação do hospital", pontuou.

PF se manifesta sobre interceptação de irmã de Aécio e Reinaldo Azevedo

24 de Maio de 2017 12:20

A Polícia Federal se manifestou na noite desta terça-feira (23) sobre os diálogos interceptados entre a irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), a jornalista Andrea Neves, que foi presa no último dia 18, e o jornalista Reinaldo Azevedo. Segundo a PF, a interceptação foi feita “por força de decisão judicial do Ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, nos autos da ação cautelar 4316”. A divulgação da conversa na tarde desta terça causou repercussão – nela, os dois fizeram críticas à Odebrecht, à Lava Jato e à própria revista Veja, na qual Azevedo trabalhava (veja aqui). Após o teor do diálogo vir à tona, Azevedo acabou pedindo demissão. Andrea afirma: “Agora, que está acontecendo na Veja, o que o pessoal fez… Assinaram todos os jornalistas e vão pegar a loucura desse cara [Alexandre Acioly, delator] para esquentar a maluquice contra mim”. Azevedo responde: “Ah, eu vi. É nojento, nojento. Eu vi. Tanto é que logo no primeiro parágrafo, a Veja publicou no começo de abril que não sei o que, na conta de Andrea Neves. Como se o depoimento do cara endossasse isso. E ele não fala isso”. A PF admite que as conversas “não diziam respeito ao objeto da investigação”. “Conforme estipula a Lei 9.296/96, que regulamenta a interceptação de comunicações telefônicas, e em atendimento à decisão judicial no caso concreto, todas as conversas dos investigados são gravadas. A mesma norma determina que somente o juiz do caso pode decidir pela inutilização de áudios que não sejam de interesse da investigação”. A PF ainda informou que a Procuradoria Geral da República (PGR) teve acesso à íntegra das gravações.

DNPM autoriza extração de ametista em nova jazida na Bahia

24 de Maio de 2017 08:20

Após a descoberta de uma jazida de pedra ametista na cidade de Sento Sé, no Norte da Bahia, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) informou nesta terça-feira (23) que autorizou a extração da rocha pelos mineiros da região, desde que a atividade seja regulamentada pelo órgão. Segundo nota emitida pelo departamento ligado ao Ministério de Minas e Energia (MME), a prefeitura de Sento Sé deve fiscalizar e elaborar “ações de suporte” para reduzir os efeitos sociais e econômicos indesejados na cidade e no meio ambiente. “Eu sou do ramo e sempre trabalhei com pedras. Nós avaliamos a situação aqui e uma outra equipe maior vai se concentrar para fazer uma avaliação de tudo que foi visto e analisado, para tratarmos da regularização, para dar tranquilidade ao garimpeiro. Esse é um novo garimpo que vai ser tão grande quanto o garimpo da cabeluda [também de Sento Sé]”, avaliou o superintendente do DNPM, Raimundo Sobreira Filho.

'Me senti humilhada', diz PM que discutiu com Kannário na Micareta de Feira

24 de Maio de 2017 07:50

A soldado da Polícia Militar Tainá Gomes, que protagonizou uma cena com o cantor e vereador Igor Kannário durante a Micareta de Feira de Santana, desabafou nesta terça-feira (23) em uma rede social. Ela relatou como foi a situação na sua perspectiva e afirmou que precisou utilizar a força por conta de "uma desordem" no meio da festa. Kannário acusou a PM de uso excessivo da violência e a desafiou. "Você é só uma PFem. Eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite, me respeite! Procure seu lugar", disse ele. "Ela tá mandando eu tomar no meu c*. É uma policial mandando eu tomar no c*? Ela tem que me respeitar, pô"."Fiquei barbarizada com discurso dele, pois o que ele disse que falei (que vai ter que provar ) não faz parte do meu vocabulário, me senti humilhada como policial, como cristã e como mulher, que venci preconceitos para chegar até onde me encontro", escreveu a PM. "Jamais esquecerei aquela situação vexatória na qual fui violentada moralmente sem direito de defesa e contraditório, mais grave as palavras afrontaram toda corporação". A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) criticou em nota a conduta de Kannário e afirmou que vai tomar providências judiciais. "A SSP entende que levantar e instigar uma disputa de poderes em um evento público, inclusive desqualificando a centenária e respeitosa Polícia Militar não são condutas esperadas de um artista e membro do legislativo. Ressalta ainda que o fato está sendo avaliado e que, caso se configure desacato, a SSP tomará as providências judiciais cabíveis", diz a nota. (Correio)

Reinaldo Azevedo se demite da Veja após conversa com irmã de Aécio ser divulgada

24 de Maio de 2017 07:40

O jornalista Reinaldo Azevedo anunciou nesta terça-feira (23) que se demitiu da revista Veja e da rádio Jovem Pan, onde tem um programa diário, depois de um escândalo em que apareceu em ligação grampeada com a irmã de Aécio Neves, Andrea. No telefonema, ele chama uma reportagem de capa da revista de "nojenta". O jornalista afirmou que vai continuar na RedeTV!, onde faz comentários políticos. O próprio Reinaldo anunciou sua demissão usando o blog que mantinha até hoje no site da Veja. “Pedi demissão da Veja. Na verdade, temos um contrato, que está sendo rompido a meu pedido. E a direção da revista concordou. 1: não sou investigado; 2: a transcrição da conversa privada, entre jornalista e sua fonte, não guarda relação com o objeto da investigação; 3: tornar público esse tipo de conversa é só uma maneira de intimidar jornalistas; 4: como Andrea e Aécio são minhas fontes, achei, num primeiro momento, que pudessem fazer isso; depois, pensei que seria de tal sorte absurdo que não aconteceria; 5: mas me ocorreu em seguida: “se estimulam que se grave ilegalmente o presidente, por que não fariam isso com um jornalista que é critico ao trabalho da patota. 6: em qualquer democracia do mundo, a divulgação da conversa de um jornalista com sua fonte seria considerado um escândalo. Por aqui, não. 7: tratem, senhores jornalistas, de só falar bem da Lava Jato, de incensar seus comandantes. 8: Andrea estava grampeada, eu não. A divulgação dessa conversa me tem como foco, não a ela; 9: Bem, o blog está fora da Veja. Se conseguir hospedá-lo em algum outro lugar, vocês ficarão sabendo. 10: O que se tem aí caracteriza um estado policial. Uma garantia constitucional de um indivíduo está sendo agredida por algo que nada tem a ver com a investigação; 11: e também há uma agressão a uma das garantias que tem a profissão. A menos que um crime esteja sendo cometido, o sigilo da conversa de um jornalista com sua fonte é um dos pilares do jornalismo”. Ele também comentou a saída de "Os Pingos Nos Is", programa que apresentava na rádio. “Pedi demissão da Jovem Pan. As razões da minha saída da rádio antecedem a agressão de que estou sendo vítima. Embora vá se misturar tudo”, diz. Azevedo tem criticado a Lava Jato e se mostrado à favor da reforma política em seus últimos textos. A conversa entre ele e Andrea foi anexada pela Procuradoria-Geral da República aos áudios do inquérito que investiga Aécio e a irmã. (Correio)

Papa Francisco recebe Trump no Vaticano

24 de Maio de 2017 07:30

Papa Francisco recebeu nesta quarta-feira (24) no Vaticano o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, uma visita de cerca de 30 minutos, sob um forte esquema de segurança. A visita ao pontífice foi a terceira parada da primeira viagem internacional de Trump, que já possou pela Arábia Saudita, Israel e pela Cisjordânia. O primeiro encontro tem o objetivo de aproximar o governante americano e o pontífice latino-americano, que discordam em temas importantes como migração, mudança climática, venda de armas, pena de morte e islã, segundo a France Presse. O papa recebeu Trump, que estava acompanhado de sua mulher, Melania, com um aperto de mãos e rosto sorridente na porta da biblioteca, por volta de 8h30 locais (3h30 de Brasília). Francisco recebeu com um "welcome" (bem-vindo em inglês) e Trump respondeu era “uma honra". A audiência foi marcada após meses de especulações sobre as dúvidas de Trump de uma reunião com o pontífice durante sua primeira viagem ao exterior como presidente. No final da audiência, o Papa Francisco presenteou Donald Trump com o documento "A não violência, estilo de uma política para a paz", escrito por ele mesmo por ocasião da Jornada Mundial da Paz 2017. "Espero que seja um instrumento de paz", disse o papa em espanhol. Além do texto emblemático, o pontífice deu a Trump um medalhão dedicado ao mesmo tema. "Precisamos de paz", respondeu em inglês Trump, que presenteou o pontífice com vários livros, todos eles de Martin Luther King - o pastor americano da Igreja Batista que desenvolveu um trabalho crucial nos Estados Unidos à frente do movimento pelos direitos civis para os afro-americanos. "Acredito que vai gostar. Espero", disse Trump. O pontífice, que no início do encontro parecia sério, mostrou-se cordial e sorridente durante a audiência e chegou até a brincar com a esposa de Trump, Melania, sobre a altura do marido, mais de 1,90 metro. "Mas, o que você dá para ele comer?", perguntou, sorrindo. Melania, que usou um vestido negro e prendeu o cabelo. Ao final da audiência, que durou o tempo médio que o papa concede aos governantes, Trump apresentou a delegação que o acompanhava, com sua filha, Ivanka, e o genro, Jared Kushner. Antes da audiência, o presidente americano e a esposa Melania percorreram as suntuosas salas do Vaticano seguidos pelos representantes das famílias nobres italianas, como é tradição para as visitas de chefes de Estado. Durante a breve visita ao Vaticano, o presidente americano também tinha previsto um encontro com o número dois da Santa Sá, o cardeal Pietro Parolin, e com o secretário para as Relações com os Estados, uma espécie de ministro das Relações Exteriores, monsenhor Paul Gallagher. Ao final dos encontros, o presidente americano, um protestante presbiterano, e sua terceira esposa, católica, visitarão a Capela Sistina e a Basílica de São Pedro. O papa Francisco recebeu nesta quarta-feira (24), em audiência pela primeira vez, ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O encontro durou 27 minutos, e, depois, eles trocaram presentes. Trump chegou acompanhado de sua mulher, Melania, que usou um vestido negro e prendeu o cabelo. Após o encontro, o pontífice e o presidente dos EUA foram conversar em uma sala anexa a biblioteca. A reunião começou às 8h33 (horário local, 3h33 em Brasília) e durou pouco mais de 20 minutos, tempo que costumam durar os encontros do papa com os chefes de Estado e de Governo que o visitam. Após o cerimonial da troca de presentes e a apresentação da delegação americana, da qual fizeram parte, além de Melania, a filha mais velha de Trump, Ivanka, e o genro, Jared Kushner, Trump se reunirá com o Secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin.

Mega-Sena pode pagar R$ 34 milhões nesta quarta

24 de Maio de 2017 07:20

O sorteio 1.933 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 34 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta (24), em Santo Antônio de Jesus, na Bahia. De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá comprar seis helicópteros. Se quiser investir na poupança, receberá mensalmente R$ 170 mil em rendimentos. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50. A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

PF faz operação em 5 estados contra quadrilha de Fernandinho Beira-Mar

24 de Maio de 2017 06:50

A Polícia Federal cumpre, desde às 6h desta quarta-feira (24), mandados de prisão em cinco estados e no Distrito Federal contra a quadrilha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar. Às 6h28, os agentes chegaram em um condomínio de luxo no bairro Vinte e Cinco de Agosto, em Duque de Caxias, onde mora Alessandra da Costa, irmã do traficante e apontada como sua conselheira. Contra Alessandra há um mandado de prisão por organização criminosa e lavagem de dinheiro. Até as 6h45, tinham sido presos um dos filhos do criminoso na Paraíba e um braço-direito do traficante no Ceará. Após um ano e meio de investigações, a PF descobriu que Beira-Mar, preso na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia, diversificou os negócios: os lucros agora vão além do tráfico de drogas. O criminoso controla máquinas de caça-níquel, venda de botijões de gás, cesta básica, mototáxi, venda de cigarros e até o abastecimento de água. Os policiais cumprem 35 mandados de prisão, sendo 22 prisões preventivas e 13 temporárias, 27 de condução coercitiva e 86 de busca e apreensão nos estados do Rio, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Ceará e no Distrito Federal. As principais áreas de atuação de Fernandinho Beira-mar são três comunidades de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense: favela Beira-Mar, Parque das Missões e Parque Boavista. Segundo os investigadores, na denúncia que deu origem à investigação, foi descoberto que há uma grande quadrilha liderada pelo traficante que, mesmo preso no presídio Federal de Porto Velho, coordena o grupo por meio de mensagens escritas por meio de papel e por meio de aparelho celular. Desde 2006, Fernandinho Beira-Mar está preso em uma penitenciária federal. Em 2007, a Polícia Federal investigou o criminoso e descobriu que, apesar da vigilância, ele manteve o fornecimento de drogas (maconha e cocaína) para favelas do Rio. A investigação da PF, na ocasião, levou 19 pessoas para a prisão. A operação Fênix, como foi chamada, descobriu que Beira-Mar escolheu a mulher, Jacqueline Alcântara de Morais para sucedê-lo no comando da quadrilha. Na ocasião, 19 pessoas foram presas e condenadas pela Justiça Federal do Paraná. Em condenações, o traficante acumula penas que somam quase 320 anos de prisão em crimes como tráfico de drogas, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e homicídios. Em 2015, o criminoso foi condenado a 120 anos de prisão apontado como responsável liderar uma guerra de facções, em 2002, dentro do presídio de segurança máxima Bangu I, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, quando quatro rivais foram assassinados.

Recuperação da BA 504, no trecho Aramari/Ouriçangas, começará em junho

24 de Maio de 2017 06:40

O deputado Joseildo Ramos (PT), acompanhado do vereador de Camaçari Dentinho do Sindicato e a líder comunitária Sandra Cardoso, estiveram em audiência, nesta segunda-feira (22), com o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcante, e solicitaram agilidade nas demandas.O secretário afirmou que a recuperação da BA 504, no trecho Aramari/Ouriçangas, tem início previsto para junho, logo após o São João, quando o governador vai até o município assinar a ordem de serviço.

“Uma excelente notícia por que agora temos prazo para solucionarmos a questão da BA 504. Foram muitas audiências e reuniões que valeram à pena. Agradeço o empenho do governador com essa obra e parabenizo a população da região que terá melhor qualidade no transporte diário”, afirmou Joseildo Ramos.

Além disso, sensibilizado com as condições da BA 529, que liga Riachão de Jacuípe a Monte Gordo, Marcus Cavalcante garantiu conversar com o governador Rui Costa para intervenção emergencial. “Agradeço ao deputado Joseildo pela oportunidade de conversar com o secretário porque conseguimos sensibilizá-lo da necessidade de uma intervenção urgente ao mostrarmos, por meio de fotos, as condições da Estrada Velha de Monte Gordo. Essa é uma demanda antiga, mas acredito que agora vamos conseguir resolver”, afirmou o vereador Dentinho.

Outras demandas

Consciente da necessidade de melhorias em outros trechos do estado, o deputado também cobrou a recuperação da rodovia que liga Amargosa a Santo Antônio de Jesus e o secretário afirmou que o Governo do Estado já está com o projeto dessa obra e entrará com financiamento do Banco Mundial. Para as demandas de melhorias no trecho São Sebastião a Lamarão e Conde a Barra do Itariri, será realizada visita técnica para avaliação.

“Uma audiência bastante produtiva em que o secretário Marcus Cavalcante se comprometeu com o atendimento de nossas solicitações em trechos que vão melhorar significativamente a mobilidade da população. Vamos ficar atentos e continuar cobrando para as obras se concretizarem o mais breve possível”, disse Joseildo.

Alagoinhas: Advogado Gustavo Carmo passa por cirurgia e se recupera bem no hospital, ele gravou áudio agradecendo as orações

24 de Maio de 2017 06:30

Depois do susto onde foi alvejado por dois disparos de arma de fogo na praça do Jardim das Hortências, na manhã de ontem o advogado Gustavo Carmo passa bem, com previsão de alta para a próxima sexta feira.

Um dos disparos atingiu o seu peito esquerdo, onde o projétil transfixou, não atingindo assim nenhum órgão vital, passando próximo do coração, o outro tiro pegou no braço esquerdo próximo do cotovelo.

Existe uma duvida se o mesmo disparo do peito foi o que atingiu o braço, ou se o do braço teria sido outro disparo, afinal segundo a própria vitima mais de um tiro foi deflagrado em sua direção.

Logo após o fato, a PM realizou buscas na praça encontrando o celular do advogado e também um outro aparelho. Já pela tarde em um matagal no bairro da Santa Terezinha, foi encontrado uma moto, veículo esse que acredita-se que tenha sido usado pelos meliantes para praticarem o delito. Vale salientar que esta moto havia sido roubada momentos antes, do atentado contra o advogado e nas proximidades da mesma praça.

Já no quarto do hospital, o Dr Gustavo gravou um áudio, agradecendo o livramento e as orações de todos os seus amigos.

Ouça o AUDIO a Baixo :

 

 

Noticias Policias dia 24-05-17

Assalto:

 07:30 Rua 8 de Dezembro proximidades do jardim das Hotências, vitima homem. Segundo ele estava deixando a sua filha na escola Alagoinhas IV, quando foi abordado por um elemento a pé, de arma em punho se dizendo CHEIO DE ÓDIO, anunciando o delito. Assim foi entregue a CG vinho 150 NYT 5442. O elemento na posse do veículo seguiu sentido a Paulo Afonso.

Assalto: 19:30 Rua São Jorge Santa Terezinha, vitima mulher. Relata que retornava para casa, quando um elemento de bicicleta passou por ela e em seguida retornou, onde armado de revolver anunciou o delito levando, celular, R$ 20,00 documentos e cartões.

. Arrombamento: 20:00 Papagaio II vitima mulher. Segundo a mesma entraram em sua residência pelos fundos, onde subtraíram a sua bolsa com documentos diversos e gêneros alimentícios.

Apresentação:

09:00 Procedente do Jardim das Hortências, a PM apresentou na delegacia dois celulares, uma capa de chuva um par de sandálias. Vale salientar que um dos celulares, pertence ao advogado Gustavo Carmo, baleado na referida praça por volta das 07:30 por dois elementos ainda desconhecidos.

Assalto: 08:00 Rua 13 de Junho próximo do terminal de coletivos, vitima uma estudante menor. Segundo a garota ao descer do ônibus, foi abordada por dois elementos, onde um deles na posse de um revolver anunciou o delito, levando um celular, e o cartão do transporte.

Furto:

09:00 Rua Nilton Ornelas próximo das Lojas Americanas, vitima mulher. A mesma relatou que passava na via, momento que um elemento numa ação rápida puxou a sua bolsa batendo em retirada. Prejuízo de documentos, pequena quantia e dinheiro e celular.

Assalto:

21:00 Três rapazes e uma moça estavam em um veículo Fiat Palio branco placa OZQ 1301, e desciam a Br 101 entrando na cidade pela Avenida Jhosepo Wagner, momento que foram surpreendidos por três elementos que se posicionaram na frente do veículo anunciando assalto. Entraram no Palio e ordenaram que seguissem para a região do Ponto do Beiju, onde lá foram deixados. Vale salientar que durante o trajeto, os bandidos estavam bastante agressivos, e que as vitimas foram agredidas por eles. Além do veículo levaram dinheiro, cartões e celulares. Que em momento algum foram vistos armas com os foras da lei.

Apresentação:

13:00 Foi apresentado na delegacia através da PM uma moto CG vinho placa NYT 5442, veículo esse que fora roubado por volta das 7:30 na Rua 8 de Dezembro, por uma pessoa que tinha acabado de deixar a filha na escola.

A Moto estava abandonada em um matagal nas proximidades da travessa São Lázaro no bairro da Santa Terezinha.

 

Veículo Recuperado: 13:20 Procedente do Ponto do Beiju, foi encontrado nas imediações um veículo Fiat Ducato van placa OUS 9153 cor branco, o qual foi tomado de assalto pela manhã próximo da fábrica da Itaipava por dois elementos, momento que o proprietário tinha parado por conta das obras de duplicação.

Furto: 19:40 Vitima homem, segundo ele parou o seu veículo próximo da 2ª Igreja Batista e foi comprar o pão. Ao retornar, notou que não travou as portas, ficando no prejuízo de um celular J5.

Assalto:

15:00 Rua Duque de Caxias Petrolar, vitima mulher. Estava na porta de casa falando ao celular, quando surgiram dois elementos armados numa moto. Já sabe...levaram o aparelho.

Assalto:

16:30 Vitima mulher, ela contou na delegacia que estava parada sentada em sua moto nas imediações do ginásio de esportes, quando surgiram dois elementos em uma moto onde o carona se disse armado e anunciou o delito. Naquele momento numa ação rápida ele puxou a bolsa fugindo em seguida. Ao chegar em casa, alguém tinha encontrado a sua bolsa que estava jogada na rua 21 de Abril. Prejuízo do celular e da quantia de R$ 370,00 reais.

Feira: Brigas aumentaram 81% em circuito de Micareta; furtos e roubos caíram 6,8%, diz SSP

23 de Maio de 2017 18:20

O número de brigas na Micareta de Feira 2017 aumentou 80,9%. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) que registrou uma morte no circuito. O crime foi cometido por um adolescente, já apreendido. Na festa, foram registradas também seis tentativas de homicídios. Segundo a pasta de segurança estadual, neste ano ocorreram 38 brigas, contra 21 no ano passado. Já as ocorrências de furtos e roubos tiveram diminuição de 6,8%. Também houve redução no número de pessoas conduzidas e presas, percentual de 20,8%. Segundo o levantamento, ocorreram apenas duas apreensões de arma branca e arma de fogo, uma queda de 50% comparado ao registrado em 2016. Ainda segundo a SSP-BA, foram lavrados 274 termos circunstanciados de ocorrências (TCO), 7,7% a menos. De quinta-feira até a madrugada de segunda ainda foram apreendidas 124 porções de cocaína, 89 de maconha, 34 pedras de crack, sete frascos de lança-perfume e seis comprimidos de ecstasy.

Por 2018 e foro, ministros tentam conter debandada

23 de Maio de 2017 17:40

Preocupados com as eleições de 2018 e a manutenção do foro privilegiado, ministros de grandes partidos da base aliada trabalham para não terem de deixar o cargo em meio à crise que atinge o governo Michel Temer, após a divulgação da delação da JBS. Eles atuam principalmente sobre as bancadas de suas legendas no Congresso Nacional para conter qualquer sinal de rebelião a favor do desembarque do governo. Os ministros do PSD e PRB – partidos com a quinta (37 deputados) e oitava (23 deputados) maiores bancadas da Câmara, respectivamente – conversam diariamente com seus parlamentares para resolver insatisfações e evitar rebeliões. Como não possuem mandatos, os ministros da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), e da Indústria Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira (PRB), precisam do cargo para manter o foro. Caso deixem o governo, Kassab e Pereira passariam a ser julgados pelo juiz Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato na primeira instância e é considerado mais severo em suas decisões, e não mais pelo Supremo Tribunal Federal. Presidentes licenciados de seus respectivos partidos, os ministros foram citados tanto na delação da Odebrecht quanto na da JBS como beneficiário de propinas pagas pelas empresas. Ambos negam qualquer irregularidade. Embora consiga manter a bancada na Câmara “sob controle”, Kassab enfrenta dificuldades no Senado, onde a sigla tem quatro integrantes. “Não faço parte desse governo, não quero fazer. Michel Temer não tem condições e governar”, afirmou o líder do PSD na Casa, senador Omar Aziz (AM), ao Estado/Broadcast. Segundo ele, há um forte clima de insatisfação na bancada com o governo não só pela revelações feitas pela JBS na delação, mas pela falta de espaço do partido no Executivo. No PR, partido com a quarta maior bancada da Câmara (39 deputados), a preocupação do ministro dos Transportes, Maurício Quintella (AL), é outra. Como é deputado licenciado, ele continuará com o foro privilegiado se deixar a Pasta. Quintella quer se manter no cargo para continuar destinando recursos e realizando obras em Alagoas, por onde deseja disputar uma vaga no Senado nas eleições de 2018.

Aleluia critica delação da JBS: “golpe de mestre”

23 de Maio de 2017 17:30

O deputado federal José Carlos Aleluia, presidente do DEM na Bahia, criticou ontem a delação premiada dos donos do grupo JBS, que atingiram o presidente Michel Temer (PMDB), o senador afastado Aécio Neves (PSDB) e os ex-presidentes Lula e Dilma. “Foi uma delação super premiada, ultra-premiada. Se você olhar todos os outros que resolveram fazer delação, todos estão pagando muito caro: cadeia, tornozeleira, dinheiro. Enquanto nessa, veja como está. É um absurdo, depois de ter roubado, corrompido e confessado tudo isso, estarem agora nas ruas de Nova York, nos melhores restaurantes, todo tipo de lazer, desfrutando e dando risada da cara dos brasileiros”, avaliou em entrevista à rádio Metrópole. “Esses empresários têm que ser chamados de novo pela Justiça. Na véspera para o lançamento da delação compraram US$ 1 bilhão no câmbio. Lembra do ‘Golpe de Mestre’, o filme? Esse é um golpe de mestre. Há uma indignação grande com o prêmio dado a esses empresários, pode dizer que nesse caso, o crime compensou”, prosseguiu. Nessa perspectiva, o parlamentar reafirmou o apoio do DEM ao presidente Michel Temer (PMDB). “Foi um grande erro, ele [Michel Temer] reconhece, embora não soubesse que o marginal [Joesley] estava na delação. Ele [Joesley] foi guiado por pessoas altamente experientes. O orientador dele era membro da operação Lava Jato até março, saiu da operação para ajudar ele do outro lado. O procurador-geral disse, inclusive, que estava doendo muito vendo os seus membros corrompidos. Esse erro não me parece adequado para retirar o presidente. Nós estamos há três anos penando, não vale abandonar [a retomada econômica do país]”, acrescentou.

Estado Islâmico assume autoria do atentado de Manchester

23 de Maio de 2017 17:20

 

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu nesta terça-feira (23) a autoria do atentado em Manchester, no Reino Unido, e afirmou que um “soldado do califado” colocou “muitos pacotes-bomba” em várias concentrações de “cruzados” na cidade britânica. A informação é da Agência EFE. Em comunicado, cuja autoria não pôde ser comprovada, divulgado pelo aplicativo Telegram, o Estado Islâmico afirmou ainda que detonou os pacotes colocados na Manchester Arena, onde morreram pelo menos 22 pessoas, entre elas várias crianças e adolescentes, e 59 ficaram feridas. O ataque ocorreu por volta das 21h35 (horário local, 18h30 em Brasília) de ontem (22), ao final de um show da cantora americana Ariana Grand, na Manchester Arena. O grupo jihadista afirmou que o ataque é uma “vingança da religião de Deus” e que tem por objetivo “aterrorizar os politeístas”, em referência aos cristãos. Também justificou como uma “resposta às suas agressões contra as casas dos muçulmanos”. A nota estima em 30 o número de mortos e em 70 os feridos. O grupo ameaça que “o próximo será mais forte, mais intenso, contra os adoradores da cruz e os seus aliados”.

Temer se reúne com Moreira Franco e criminalista Mariz no Jaburu

23 de Maio de 2017 16:40

O presidente Michel Temer reúne-se na manhã desta terça-feira, 23, com o ministro-chefe da Secretaria-Geral, Moreira Franco, e com o criminalista Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, seu defensor nas investigações desencadeadas por causa da delação de Joesley Batista, dono da JBS. O encontro acontece um dia depois da defesa do presidente recuar de pedido de suspensão de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF). A reunião ocorre no Palácio do Jaburu, residência de Temer. Depois, o presidente deve seguir para o Palácio do Planalto. Por ora, a agenda oficial do presidente só cita “despachos internos” a partir das 10h. Nesta segunda-feira, o advogado Gustavo Guedes afirmou que a defesa do presidente entrou com um novo pedido no Supremo para que o inquérito contra o peemedebista não seja mais suspenso. O novo pedido é uma mudança na estratégia de defesa de Temer, que na semana passada pediu para que o inquérito fosse suspenso. Inicialmente, o julgamento dessa questão de ordem estava marcado para a próxima quarta-feira, 24, mas a presidente da Corte, Cármen Lúcia, afirmou que o pedido do peemedebista só seria levado a plenário após a conclusão da perícia no áudio gravado pelo empresário da JBS. O julgamento era esperado com ansiedade pela classe política. A base aliada de Temer aguardava o resultado e o posicionamento dos ministros para decidir se permanecia ou não ao lado do peemedebista. Segundo Guedes, a defesa se sentiu atendida com o deferimento do pedido para que fosse realizada uma perícia no áudio da conversa entre Temer e o empresário Joesley Batista, da JBS. “Eu vim dizer (a Fachin) que, diante desse deferimento, não víamos mais a necessidade de suspender o processo e que o presidente quer que esse assunto seja resolvido o mais rápido possível”, disse. Ele disse, ainda, que Temer quer que o processo siga o curso normal e que fique comprovado a inocência do peemedebista. “O presidente quer dar essa resposta ao País o mais rapidamente possível”, disse.

Rui se reúne com 84 prefeitos baianos nesta quarta-feira

23 de Maio de 2017 16:30

Oitenta e quatro prefeitos de seis regiões baianas assinam contrato com o governo baiano para formação de Consórcios Públicos de Infraestrutura da Bahia – Consórcio Multifinalitário, nesta quarta-feira (24), às 9h, no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia. O governador Rui Costa participará da assinatura dos consórcios, que tem por finalidade executar serviços de manutenção de estradas em mais de 3 mil km de extensão, abrangendo mais de 110 municípios baianos, por meio de parcerias entre o Estado e os municípios. Ao todo são 10 consórcios, dos quais dois já tiveram os contratos assinados – Portal do Sertão e Vale do Jiquiriça. Os oito que assinarão contratos nesta quarta-feira são: Mata Atlântica, Chapada Forte, Território do Sisal, Território do São Francisco, Municípios do Oeste da Bahia, Alto Sertão, Bacia do Jacuípe e Território de Irecê.

Assessor de Temer e Arruda já estão presos na Superintendência da PF

23 de Maio de 2017 16:20

O ex-vice-governador do Distrito Federal Tadeu Filippelli (PMDB) que também é assessor especial do presidente Michel Temer, já está preso na Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Filippelli, que chegou pouco depois das 10h desta terça-feira, 23, ao local, foi preso na Operação Panatenaico, que investiga organização criminosa que fraudou e desviou recursos das obras de reforma do Estádio Nacional Mané Garrincha para Copa do Mundo de Futebol de 2014.Também já está preso na Superintendência da Polícia Federal o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (PR). Por volta das 10h30, ainda não havia chegado ao local o ex-governador Agnelo Queiroz (PT), também preso na operação. Os três políticos e outros agentes públicos e privados são suspeitos de fraudes de quase R$ 1 bilhão na reforma do estádio Mané Garrincha. As três prisões decretadas são temporárias.

Brumado: A pedido do MP, prefeitura exonera servidores por nepotismo

23 de Maio de 2017 13:20

A Prefeitura Municipal de Brumado exonerou 12 servidores na última sexta-feira (19), a partir de uma recomendação do Ministério Público da Bahia para coibir nepotismo na cidade. Outros dois servidores continuam trabalhando, mas foram afastados de funções de confiança que ocupavam. A recomendação foi expedida no último dia 9 pelo promotor de Justiça Ruano Fernando da Silva Leite. Ele pediu que o prefeito anulasse as contratações de Rodrigo Cunha de Vasconcelos e de Fabrícia Pinchemel Amorim Castro, bem como de todos os agentes públicos que fossem cônjuges, companheiros ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, do prefeito, do vice-prefeito, dos vereadores ou de servidor investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargos de confiança ou de função gratificada na administração pública municipal. O MP recomendou ainda que se evite a formação de novos contratos, designações ou nomeações que não atendam às restrições.

Michel Temer aceita renunciar se tiver garantias de que não será preso, diz jornal

23 de Maio de 2017 12:50

O presidente Michel Temer (PMDB) pode renunciar se tiver garantias de que, sem foro privilegiado, não será preso pela Polícia Federal. As informações são da coluna Poder em Jogo, do jornal O Globo. De acordo com a publicação, o alto comando da coalizão partidária que sustenta Temer quer encontrar um mecanismo que permita a renúncia do peemedebista sem risco de prisão.

O próprio Temer já teria concordado com a ideia. As opções dadas pelos caciques dos partidos são indulto ou pedido de asilo. Entre os articuladores da medida estão nomes como José Sarney, Fernando Henrique Cardoso, Romero Jucá e Renan Calheiros.

O que ainda não há é um nome para substituir Temer e garantir uma agenda mínima para a transição até 2018 e até mesmo convocação de uma assembleia constituinte. Gilmar Mendes e Nelson Jobim teriam a preferência do PMDB, ao tempo em que Tasso Jereissati se apresentou, nesta segunda-feira (22), como garantidor das reformas no Congresso. (Varela Noticias)

Rocha Loures entrega mala de R$ 500 mil na sede da PF em São Paulo

23 de Maio de 2017 12:40

O deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB) entregou a mala com R$ 500 mil na sede da Polícia Federal de São Paulo, na noite desta segunda-feira (22), segundo informou a GloboNews.

Segundo José Oliveira Lima, advogado de Loures, ele entregou pessoalmente a mala à PF. Informações iniciais indicam que apenas parte dos R$ 500 mil foi entregue.

Loures foi filmado recebendo a mala de dinheiro em restaurante nos Jardins, na capital paulista, e é apontado como intermediário do presidente Michel Temer para assuntos do grupo J&F com o governo.

Segundo investigação, o presidente Michel Temer indicou Rocha Loures para resolver uma disputa relativa ao preço do gás fornecido pela Petrobras à termelétrica do grupo JBS.

Joesley Batista, dono da JBS, marcou um encontro com Rocha Loures em Brasília e contou sobre sua demanda no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Pelo serviço, Joesley ofereceu propina de 5%, e o deputado deu o aval.

O deputado afastado foi filmado pela PF recebendo uma bolsa com R$ 500 mil enviados por Joesley, após combinar pagamento semanal no mesmo valor pelo período de 20 anos. Conforme o relatório, o valor semanal poderia chegar a R$ 1 milhão se o Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), valor fixado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em R$/MWh , para a comercialização da energia, ultrapassasse R$ 400.

Loures teria telefonado para o presidente interino do Cade, Gilvandro Araújo, para interceder pelo grupo. O Cade informou, em nota, que a área técnica da Superintendência Geral recomendou a instauração, inicialmente, de Procedimento Preparatório e, posteriormente, de Inquérito Administrativo, procedimentos padrão para apurar denúncias anticoncorrenciais.

A entrega de R$ 500 mil para Rocha Loures, feita por Ricardo Saud, diretor da JBS, ocorreu em São Paulo. Depois de passar por três endereços em um mesmo encontro (um café em um shopping, um restaurante e uma pizzaria), Loures deixa a pizzaria levando uma mala preta com o dinheiro.

Conversas entre Loures e Ricardo Saud, diretor da JBS, revelam qual era o entendimento do parlamentar sobre o impacto das denúncias e das investigações no STF contra ministros do governo Michel Temer.

Em uma das conversas, o deputado concorda em apresentar uma prévia do relatório da Medida Provisória do Refis, que ainda não era público, para o diretor da JBS. Na conversa, os dois falam sobre esconder o que a JBS queria no texto incluindo os pontos como sugestão da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC).

Nova Viçosa: Carreta carregada de tecidos tomba e carga é saqueada

23 de Maio de 2017 12:30

Uma carreta foi saqueada após tombar em um trecho da BR-101 em Nova Viçosa, no extremo sul baiano. O veículo levava uma carga de tecidos e tinha saído de Sergipe para chegar em Vitória, no Espírito Santo. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), via Teixeira News, o motorista perdeu o controle da direção, o que fez a carreta sair da pista e tombar. O motorista sofreu ferimentos leves. Ainda segundo a PRF, quando os agentes chegaram ao local, o baú do caminhão estava quase vazio. O acidente ocorreu no domingo (21), perto do povoado de Bela Vista.

LEM: Cobra de três metros é encontrada dentro de empresa

23 de Maio de 2017 12:20

Uma cobra sucuri de três metros foi encontrada em Luís Eduardo Magalhães, extremo oeste baiano. Segundo o Corpo de Bombeiros, a cobra foi achada em uma empresa de alimentos que fica em um trecho da BR-242. De acordo com o G1, o resgate foi feito por agentes do 2º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros que devolveram o animal à natureza. Não há informações sobre como o réptil chegou até o local. Especialistas dizem que a sucuri pode atingir até dez metros de comprimento e pesar 100 quilos. Em caso de populares encontrarem qualquer animal silvestre, a recomendação é não se aproximar o comunicar o fato imediatamente ao Corpo de Bombeiros. A cobra foi encontrada no sábado (20).

Alagoinhas: Advogado foi baleado quando fazia caminhada

23 de Maio de 2017 08:30

O advogado e ex vereador Gustavo Carmo, foi baleado na manha de hoje, quando fazia uma uma caminhada na rua 8 de Dezembro bairro Cavada, mais precisamente na praça do Jardim das Hortências. Os disparos atingiram o seu braço esquerdo e o peito. Ferido, ele pediu socorro em uma residência, porem como o carro da dona aibda estava na garagem, ele foi a rua principal a 8 de Dezembro onde alguém lhe socorreu ao HRDB.

Gustavo foi direto ao centro cirúrgico, onde passou por um procedimento, e para sua sorte o projétil, que atingiu o seu peito, transfixou, saindo pelas costas. Ele já esta fora de perigo.

A Polícia Militar encontrou os aparelhos do advogado, e intensifica as buscas pelos marginais no bairro. Vale salientar que no momento em que foi dada a voz de assalto, os celulares foram entregues, mesmo assim os disparos aconteceram.

 

 

 

Caçador sul-africano morre esmagado por elefante

23 de Maio de 2017 08:20

O caçador profissional sul-africano Theunis Botha, de 51 anos, morreu durante uma caçada em Gwai, no Zimbábue, quando um integrante de seu grupo disparou contra uma fêmea de elefante e o animal caiu sobre ele. Uma fonte que não quis se identificar disse ao site local Netwerk24 que o grupo de caçadores tinha ido dar um passeio na tarde de sexta-feira (19) quando se deparou com um bando de elefantes em acasalamento. Três elefantes investiram contra os caçadores e Botha atirou neles. Uma quarta fêmea os atacou lateralmente e um dos caçadores atirou nela, depois que ela levantou Botha com sua tromba. O tiro foi fatal para o animal, que desabou em cima do sul-africano. Botha deixa esposa e cinco filhos, e era um conhecido organizador de safáris de caça. Ele usava a técnica europeia de conduzir a presa a uma emboscada usando cães. Ele era especializado na caça de leopardos com esse método. Botha era amigo de Scott van Zyl, caçador que foi morto por crocodilos no Zimbabwe no mês passado. Ele estava em Chikwaraka, no Zimbábue, quando desapareceu, em 7 de abril. Sua mochila foi encontrada nas margens do rio Limpopo, e dois crocodilos foram baleados durantes as buscas. Testes de amostras tiradas do conteúdo do estômago dos crocodilos coincidiram com o DNA de Van Zyl. (Globo)

 


 
 
 
linha190

 
linha190 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

RRua Rua Bahia Pe/strong>trolar tel: (/span>75) 3422- 2912

  98805-8021/3423-3378/98190-1576
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Contatos 
Marcus Aragão
Erica Manoela
Paulo Pinto

Liliane Pimenta
Colunas
Pau na preá
Falando direito

Tecnologia

Notícias
Relatório policial
Alagoinhas


Mundo
Saúde
Esporte
Beleza