STJ solta Wesley Batista, da JBS


Os ministros da sexta turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) concederam habeas corpus aos irmãos Joesley e Wesley Batista, sócios da JBS, presos há cinco meses.

A decisão foi tomada por três dos cinco ministros da turma. O habeas corpus foi concedido na prisão por insider  trading.

Os ministros decidiram que Wesley fica proibido de se ausentar do país, de participar de operações no mercado de capitais e deve usar monitoramento eletrônico, além de ter de comparecer em juízo periodicamente e manter endereço atualizado. Ele também está proibido de ter contato com outros réus.

Já Joesley permanecerá preso porque tem uma prisão determinada pelo ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Eles estão presos desde setembro, quando tiveram os acordos de delação rescindidos pela PGR (Procuradoria-Geral da República).

Foto: Fabio Braga / Folhapress

RESCISÃO DA DELAÇÃO

No dia 4 de setembro, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinou abertura de investigação sobre o acordo da JBS, que foi rescindido por parte da PGR dez dias depois. Ele apontou indícios de omissão de informações sobre práticas de crimes no processo de negociação do acordo.

Depois, procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reiterou o pedido. Para ela, os colaboradores omitiram fatos criminosos de que tinham conhecimento.

O problema surgiu após os delatores entregarem novos áudios à PGR.

Na gravação, datada de 17 de março, em que Joesley e Saud indicam possível atuação do ex-procurador da República Marcello Miller no acordo de delação quando ainda era estava no cargo ?o qual deixou oficialmente em 5 de abril. O áudio foi entregue pelos delatores no dia 31 de agosto.

Em sua manifestação, Dodge sustentou que Joesley e Saud descumpriram cláusulas do acordo ao omitirem intencionalmente da PGR três informações relevantes: o pagamento de R$ 500 mil ao senador Ciro Nogueira (PP-PI) para ele se posicionar a favor do impeachment de Dilma Rousseff, a existência de uma conta bancária no Paraguai em nome de Saud e a participação de Miller na elaboração da delação, enquanto ele ainda era membro do Ministério Público Federal.

Para a PGR, houve patente descumprimento de dois pontos de uma cláusula do acordo de delação que tratam de omissão de má-fé, o que justificaria rever os benefícios.

O acordo de delação está suspenso até que o ministro Edson Fachin, do STF, decida homologar ou não a rescisão.

Bocão News

Plantão de polícia 21/02/18


Mulher foi assaltada no Parque Floresta

Ela relatou ao agente de plantão, que passava próximo ao porto de saúde por volta das 18:30 quando foi surpreendida por um elemento numa moto modelo Bros vermelha, o qual desceu do veículo caminhou em sua direção e anunciou o deito, subtraindo ali o seu aparelho celular.

Parque Imaculada conceição rua do Catu também teve assalto

Nesse caso a vítima uma empregada doméstica, contou ao agente de plantão que estava indo para casa, depois de uma dia de trabalho, quando infelizmente cruzou pelo seu caminho, um bandido que estava numa moto vermelha.

Foto: Ilustrativa

Sob ameaça, uma vez que não estava armado arrebatou de suas mãos a bolsa que continha documentos, penca de chaves e o celular.  Fato se deu por volta das 18:15.

Homem foi assaltado na Margem da Linha do Barreiro

Segundo relato da vítima eram por volta das 19 horas, quando passava na frente do Open bar, quando foi atacado por um marginal que estava numa moto XRE 300 preta, quando sacou de uma revólver exigindo o seu aparelho celular, o qual de pronto foi entregue.

 

PM encontra carro roubado na rua dos Artistas

Um Corsa Classic cor bege placa OKQ 0241, foi encontrado dentro de uma plantação de eucaliptos na localidade de Narandiba.  Tal veículo foi tomado de assalto na rua dos Artistas na Praça Kennedy na noite de segunda feira, por três elementos que estavam a bordo de um outro Corsa modelo Wind, cor branca onde realizaram só naquele dia cinco assaltos.

O Classic já encontra-se no pátio da delegacia a disposição da proprietária.

 

Bandido de bicicleta assalta no Barreiro

O fato se deu mais precisamente, em frente da escola Mario Laerte, quando uma senhora foi escolhida pelo marginal que pedalava sua bike com bastante naturalidade.  Armado mostrou o pau de fogo a vítima exigindo o aparelho celular.

De posse do aparelho, continuou seu passeio numa boa.  Fato se deu por volta das 10 da manhã.

Dupla assaltou na região do 2 de Julho

Segundo a vítima estava bem no cruzamento com a 14 de Janeiro, momento que surgiu dois elementos em uma moto preta, onde o carona fez menção de estar armado, ficando o tempo todo com a mão por debaixo da blusa.

Foto: Ilustrativa

Sob ameaça e xingamentos teve de entregar o celular.

Obras a todo vapor: Prefeitura transforma mais de 20 trechos e recupera vias em Alagoinhas Velha


Com mais de 20 trechos de obras finalizadas só no bairro de Alagoinhas Velha, a Prefeitura Municipal segue revitalizando ruas e travessas para melhorar a qualidade de vida na região. De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (SECIN), o intuito é que áreas sejam completamente revitalizadas e que a pavimentação facilite a mobilidade não apenas nas ruas principais, mas nas travessas, alamedas e extensões.

A SECIN informou que foram concluídas a 1ª, 2ª e 3ª travessas da Padre José Maria, assim como a Rua Manoel Góes e a 2ª Travessa Nossa Senhora da Conceição. Também foram entregues 3 trechos da Rua Nova Aparecida, a Rua São Roque, a Rua Santo Antônio, a Avenida Rio Branco e pelo menos 3 extensões da 8 de dezembro estão pavimentadas, com obras em execução em mais duas localidades da via.

“Quando eu cheguei aqui, não tinha rua. Era uma estradinha de areia. Não tinha casa por aqui. Os últimos três prefeitos não fizeram nada por essa rua. Pra mim, mudou muito, porque é o que estou dizendo. Hoje tem mais carro pra eu lavar, porque antes era pouco, já que tinha barro de tudo que era lado. Hoje, pra mim, está ótimo. Nunca vimos isso aqui”, comentou José Bispo de Matos, proprietário de um lava-jato, após as reformas na 8 de dezembro.

Segundo a moradora Claudelice Barbosa dos Santos, a obra foi positiva para a população. “Eu gostei. Pra passar carro, é uma rua que é ótima. Teve gente que reclamou da faixa para deficientes visuais, mas pode precisar e é o certo. Está mais bonita até do que muitas do centro”, pontuou.

Além dos trechos em Alagoinhas Velha, a Prefeitura trabalha na recuperação de estradas em Catu, Barreiro, Santa Terezinha e Mangalô, com a reforma total da Rua Padre Araguaia. O trabalho da gestão municipal se estende à Rua São Félix, à Morada do Sol e ao Estádio, onde as reformas seguem em curso.

De acordo com a assistente social da SECIN, Cristiane Rocha, a cada obra iniciada, um trabalho de visitação é realizado junto à comunidade para explicar o trabalho da Secretaria de Infraestrutura e debater as melhorias trazidas com a pavimentação das vias municipais.

“[Esse trabalho] é de imensa importância porque, na verdade, a gente pega pessoas muito desacreditadas. Na abordagem, a gente quebra isso e, hoje, o mais importante de tudo é o antes e depois, quando a gente faz essa abordagem principal e tenta levar o que realmente a gestão está fazendo, com total transparência. Os resultados estão aí, aos olhos de toda a sociedade”, destacou Rocha.

A SECIN divulgou que novos projetos de reformas para Alagoinhas Velha e para outros bairros seguem em andamento e que as obras em execução devem ser finalizadas até o fim do primeiro semestre, depois de um trabalho de revitalização nunca antes realizado no âmbito municipal.

Secom/PMA

‘Aqui tem governo, aqui tem governador e a gente vai seguir nosso caminho’, diz Rui sobre intervenção


O governador Rui Costa (PT) avaliou a intervenção militar requerida pelo governo federal no Rio de Janeiro como “politicagem”. Em resposta à pergunta feita pelo Metro1 no Papo Correria, transmitido ao vivo pelo Facebook, nesta terça-feira (20), o chefe do Executivo baiano disse acreditar que a medida “não vai ser duradora, nem vai trazer resultados duradores”.

“O Rio entrou em colapso depois de sucessivas gestões que comprometeram muito. O Rio tem o dobro da arrecadação da arrecadação da Bahia. Enquanto a Bahia arrecada R$ 44 bilhões, o Rio arrecada R$ 88 bi. O governador Pezão, eu tenho uma admiração pessoal grande com ele, mas infelizmente ele jogou a toalha na gestão da segurança”, opinou Rui.

Foto: Manu Dias/ GOVBA

Na opinião do governador, há necessidade de se mudar o marco legal da Lei de Execuções Penais no Brasil. “Não é possível continuar com uma lei que favorece os criminosos. Aqueles que tiram as vidas dos seres humanos, dois, três, quatro anos depois já está em liberdade. Eu defendo que haja uma lei mais rigorosa. Quem tirou a vida tem que cumprir a sua pena integralmente”, disse o petista.

Em relação à política nacional de segurança pública, para Rui, as forças armadas cumpririam melhor o seu papel melhor se protegessem os portos, os aeroportos e as fronteiras. “O Brasil fabrica aqueles fuzis que vimos há três semanas chegarem caixas e caixas no Aeroporto do Galeão? De quem é a responsabilidade de fiscalizar os portos, aeroportos e as fronteiras? O Brasil produz cocaína? Como é que essas drogas chegam aqui? Tanto armamento pesado e drogas que entram… Me parece [que a intervenção é] uma medida que responde muito mais à necessidade política do governo do que à segurança”, analisou.

Apesar de o estado fluminense ser o 18º mais violento do Brasil e a Bahia o 9º, Rui Costa não acredita que uma intervenção aconteça em território baiano. “Aqui tem governo, aqui tem governador e a gente vai seguir o nosso caminho, graças a Deus”, finalizou.

Metro 1

Proposta do governo Temer corta R$ 40 milhões de verba federal na segurança pública da Bahia


Uma proposta de remanejamento orçamentário proposto pelo presidente Michel Temer vai cortar R$ 40 milhões que iriam para Secretaria de Segurança Pública da Bahia. A matéria (PLN 01/2018) foi aprovada nesta terça-feira (20) por deputados e senadores no Congresso Nacional, que no somatório total cortou R$ 180 milhões de investimento federal que estava cotado para o estado da Bahia em áreas de educação, saúde e tecnologia.

Pelo Facebook, o deputado federal Jorge Solla (PT-BA) criticou o movimento do Planalto que, na contramão do investimento maciço na intervenção militar no Rio de Janeiro, diminui o suporte financeiro para que Bahia consiga modernizar a inteligência policial.

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Além da segurança pública, houve cortes de R$ 40 milhões que serviriam para a reestruturação e modernização do Hospital Universitário Professor Edgard Santos, R$ 40 milhões que seriam usados na inovação e produção de insumos estratégicos para a saúde”, mais R$ 30 milhões que seriam aplicados na expansão e reestruturação de instituições federais de educação profissional e tecnológica, outros R$ 30 milhões de apoio a entidades de ensino superior não federais, além de R$ 120 mil que seriam para a aquisição de veículos para o transporte escolar da educação básica – Caminho da Escola.

“E o prefeitinho ACM Neto não diz nada? Não move uma palha para defender a Bahia? Permite que seu aliado golpista arranque tudo de nosso estado?”, provocou Solla.

Na sessão desta terça, o Congresso aprovou a proposta que libera R$ 2 bilhões para os municípios investirem em saúde, educação e assistência social. O dinheiro concretiza auxílio financeiro previsto pela Medida Provisória 815/17. Serão R$ 600 milhões para educação, R$ 1 bilhão para a saúde e R$ 400 milhões para a assistência social.

Bocão News

Perito do ‘caso Mancini’ está sendo ameaçado de morte


Profissional cravou que o técnico do Vitória teria pedido para Bruno Bispo forçar expulsão

A intolerância parece não ter limites dentro do esporte. O perito que conversou com o Globo Esporte está sendo ameaçado de morte por torcedores do Vitória. Pelo menos foi o que garantiu o jornalista Ivan Dias Marques, através de uma publicação no Twitter, nesta terça-feira (20).

Perito teria decifrado o que Mancini disse para Ramon, pouco tempo antes da expulsão de Bruno Bispo (Foto: Reprodução PFC)

O profissional, consultado pelo Globo Esporte, cravou que o técnico do Vitória, Vagner Mancini, teria pedido para o defensor Ramon falar para o zagueiro Bruno Bispo tomar o segundo amarelo. Esse fato causou a expulsão de Bruno do jogo e, por consequência, o final do clássico BaVi.

O jornalista Ivan Dias Marques falou que o perito está recebendo até mesmo ameaças de morte. “Olha, tem uma galera aí que tá de parabéns. O perito convidado pela TV Bahia está recebendo ameaças contra a integridade física dele. Esse pessoal que acha que futebol é a vida tem problemas sérios de caráter/cognição. Por mim, o cidadão processa todo mundo”.

 

Varela Notícias