BAR1PRINC
an
 
 
Página Inicial  Contato Mundo  Arquivo Alagoinhas Entrevista Rádios
Quer o dia com mais horas? Ele está ficando mais longo, diz estudo

Para quem reclama que o dia é curto, uma boa notícia: a natureza está tentando aumentá-lo. O ritmo, porém, é bastante lento. De acordo com registros compilados por cientistas, nos últimos 3.000 anos os dias ficaram 1,8 milésimos...

História de Alagoinhas

A história de Alagoinhas começa com o início do seu povoamento, no final do século XVIII, quando um padre português fundou uma capela no seu território e daí começou a próspera vila em função da chegada de imigrantes...

 
 


Google:                                          

CONTATO

linha190

 
  
 

Enquete

 

O que você prefere ouvir?

  • Arrocha
  •  
  • Pagode baiano
  •  
 
  Tel: (75) 3422-3727
 
 

3181-4391 / 99870-2705

99973-5753 / 99982-1846

JARDIM PETROLAR

 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Publicidade

Vai pintar? Pinte na Feira Tintas.

SUPER PROMOÇÃO DA FEIRA TINTAS.

CONFIRA: TINTA ACRÍLICA CORAL, 18 LITROS, A PARTIR DE R$ 89,90. É ISSO MESMO, É TINTA CORAL POR APENAS R$ 89,90.

E TEM MAIS, COMPRANDO NA FEIRA TINTAS VOCÊ AINDA CONCORRE A UMA MOTO ZERO KM.

FEIRA TINTAS, IMBATÍVEL NOS PREÇOS BAIXOS.

DUAS LOJAS EM ALAGOINHAS: NO CENTRO, ATRÁS DAS LOJAS AMERICANAS, E NA SANTA TEREZINHA EM FRENTE AO JOVEM POSTO

 

Nome de Temer é citado 43 vezes em delação

10 de Dezembro de 2016 - 18:20

O nome do presidente Michel Temer aparece 43 vezes no documento do acordo de delação premiada de Cláudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht. O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, é mencionado 45 vezes, e Moreira Franco, secretário de Parceria e Investimentos do governo Temer, 35. O ex-ministro Geddel Vieira Lima, que pediu demissão recentemente, surge em 67 trechos.O líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), apontado como o "homem de frente" das negociações da empreiteira no Congresso, tem 103 menções no relato, um arquivo preliminar do que o ex-executivo vai dizer às autoridades da Lava Jato. De acordo com Melo Filho, o presidente Temer atua de forma "indireta" na arrecadação financeira do PMDB, mas teve papel "relevante" em 2014, quando, segundo ele, pediu R$ 10 milhões a Marcelo Odebrecht para a campanha eleitoral durante jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014. Segundo o delator, Temer incumbiu Padilha de operacionalizar pagamentos de campanha. O ministro, diz o ex-executivo, cuidou da distribuição de R$ 4 milhões daqueles R$ 10 milhões: "Foi ele o representante escolhido por Michel Temer -fato que demonstrava a confiança entre os dois-, que recebeu e endereçou os pagamentos realizados a pretexto de campanha solicitadas por Michel Temer.

Este fato deixa claro seu peso político, principalmente quando observado pela ótica do valor do pagamento realizado, na ordem de R$ 4 milhões". "Chegamos no Palácio do Jaburu e fomos recebidos por Eliseu Padilha. Como Michel Temer ainda não tinha chegado, ficamos conversando amenidades em uma sala à direita de quem entra na residência pela entrada principal. Acredito que esta sala é uma biblioteca", disse o delator, que conta detalhes do jantar. "Após a chegada de Michel Temer, sentamos na varanda em cadeiras de couro preto, com estrutura de alumínio. No jantar, acredito que considerando a importância do PMDB e a condição de possuir o Vice-Presidente da República como presidente do referido partido político, Marcelo Odebrecht definiu que seria feito pagamento no valor de R$ 10 milhões", diz."Claramente, o local escolhido para a reunião foi uma opção simbólica voltada a dar mais peso ao pedido de repasse financeiro que foi feito naquela ocasião. Inclusive, houve troca de e-mails nos quais Marcelo se referiu à ajuda definida no jantar, fazendo referência a Temer como 'MT'", ressalta o ex-executivo da Odebrecht.Um dos endereços de entrega foi o escritório de advocacia de José Yunes, atual assessor especial da Presidência da República. Segundo o delator, "o atual presidente da República também utilizava seus prepostos para atingir interesses pessoais, como no caso dos pagamentos que participei, operacionalizado via Eliseu Padilha". O delator disse que foi apresentado a Temer por Geddel em agosto de 2005 na festa de aniversário de seu pai. Ao se referir ao ministro Padilha, ele afirma que o hoje ministro "atua como verdadeiro preposto de Michel Temer e deixa claro que muitas vezes fala em seu nome", disse Melo Filho.

"Eliseu Padilha concentra as arrecadações financeiras desse núcleo político do PMDB para posteriores repasses internos", afirmou. A relação entre os quatro caciques peemedebistas é muito forte, segundo o delator, "o que confere peso aos pedidos formulados por eles (ministros), pois se sabe que o pleito solicitado em contrapartida (pela empresa) será atendido também por Michel Temer". "Geddel Vieira Lima também possui influência dentro do grupo, interagindo com agentes privados para atender seus pleitos em troca de pagamentos", disse o delator. Melo Filho afirmou que defendia "vigorosamente" as solicitações de pagamento feitas por Geddel junto à Odebrecht "como retribuição" pelo fato de o ex-ministro lhe aproximar das outras lideranças. Sobre Jucá, ele declarou que um "exemplo" da força dele é "encontrado no fato de que o gabinete do Senador sempre foi concorrido e frequentado por agentes privados interessados na sua atuação estratégica". Todos os citados têm negado qualquer irregularidade na relação com a Odebrecht. Com informações da Folhapress.

Delação da Odebrecht: presidente da Câmara recebeu propina

10 de Dezembro de 2016 - 17:40

O atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também teria recebido propina no esquema de corrupção montado pela Odebrecht para aprovar Medidas Provisórias que a beneficiaram. Segundo a delação do lobista da empreiteira, Claudio Melo Filho, o deputado do PMDB do Rio recebeu 100 000 reais para a aprovação da MP 613, que tratava de questões tributárias da indústria petroquímica. Após conseguir o apoio (remunerado em propinas de 7 milhões de reais) no Senado, contando sempre com a ajuda do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e de seu aliado Renan Calheiros (PMDB-AL), Melo Filho foi à Câmara e distribuiu novas comissões aos parlamentares. Segundo o executivo, Rodrigo Maia, o “Botafogo”, embolsou 100 000 reais. e Lúcio Vieira Lima, o “Bitelo”, que presidiu a comissão mista que analisou o texto, recebeu 1 milhão de reais. Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read. (Veja)

Ataque suicida deixa mais de 50 mortos na Nigéria

10 de Dezembro de 2016 - 17:30

Duas mulheres suicidas se explodiram em um mercado na cidade de Madagali, no Nordeste da Nigéria, deixando ao menos 57 mortos e 177 feridos, sendo 120 crianças, nessa sexta-feira (10). Os ataques coordenados foram reivindicados pelo grupo terrorista Boko Haram, que tem travado uma batalha para criar um Estado com leis islâmicas no nordeste do país. De acordo com o major Badare Akintoye, porta-voz de uma unidade do Exército na cidade vizinha de Mubi, os ataques foram realizados simultaneamente pelas estudantes em duas entradas do hortifruti. O grupo terrorista tem realizado com frequência ataques suicidas com bombas em áreas cheias de pessoas. "Agentes da segurança assumiram a área para evitar que inimigos realizassem outro ataque", completou Akintoye. (AgenciaBrasil)

Aleluia recebeu R$ 300 mil da Odebrecht em 2010; valores não aparecem na Justiça Eleitoral

10 de Dezembro de 2016 - 17:20

Candidato ao Senado em 2010, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) recebeu R$ 300 mil do Grupo Odebrecht, de acordo com o ex-executivo Cláudio Melo Filho. Aleluia é citado sob o codinome “Missa” e aparecia, na concepção do delator, “como um defensor da Bahia e de seus problemas”. “Certamente, na minha visão, ele poderia ser um ponto de entrada para discussão de temas da região Nordeste, como ocorreu quando da questão da grave crise de energia que afetaria as empresas eletrointensivas do Nordeste”, detalha Melo Filho. Apesar da citação, na Justiça Eleitoral não consta o valor citado por Melo Filho na delação premiada como doação de empresas do Grupo Odebrecht diretas ao então candidato ao Senado. (BN)

Mariana Ximenes repete look de Kate Middleton

10 de Dezembro de 2016 - 16:40

Nada passa despercebido aos olhos atentos do EGO! O vestido que Mariana Ximenes usou neste sábado, 10, para ir à pré-estreia do filme "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta" é o mesmo modelo já vestido por Kate Middleton durante uma viagem ao Canadá, em setembro deste ano. A única diferença entre os looks é que a Duquesa de Cambridge pediu para tirar do vestido o patch (aquele adesivo termocolante que voltou à moda nas roupas) com desenho de relógio - inspirado em "Alice no País das Maravilhas" - para deixá-lo mais formal e sóbrio. Mariana não se incomodou com o detalhe e o deixou. Para os interessados de plantão, o vestido é da grife Dolce & Gabbana e custa 1.791 libras esterlinas, aproximadamente R$ 8 mil, segundo a cotação turismo deste sábado, 10. (EGO)

"Zoológico": João Leão aparece em delação de ex-executivo da Odebrecht

10 de Dezembro de 2016 - 16:30

Investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato, o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), aparece também na delação de Claudio Melo Filho, ex-executivo da Odebrecht. De acordo com a delação de Melo, o apelido do vice-governador nas planilhas da empresa era zoológico - que faz relação com seu sobrenome. "Nessa caso, vim a saber posteriormente, por meio de José Filho, se tratar de João Leão", relata. Além do vice-governador baiano, os apelidos de outros baianos são revelados: Adventista, Bezerro, Contador, Corrida, Ferrovia, Lutador, Menino, Miudo, Sogra e Trave - todos estes sem identificação na delação. Claudio Melo disse, no entanto, acreditar que "Trave" e "Goleiro" são a mesma pessoa - o vereador de Salvador Paulo Magalhães Júnior. Outro baianao que aparece na lista como "Menino" e "Jovem" é o deputado estadual Adolfo Viana Neto. O conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Mário Negromonte (ex-PP), também aparece na listagem. "Monte (Nesse caso, vim a saber posteriormente, por meio de José Filho, se tratar de Mario Negromonte. Estive com esse agente político, juntamente com José Filho e Valter Lana, em visita de cortesia no gabinete do Ministro das Cidades, oportunidade em que Valter Lana apresentou projetos mobilidade urbana na região de sua responsabilidade", afirma.

PM prende suspeitos de golpe a médicos em hospitais do Recôncavo

10 de Dezembro de 2016 - 16:20

Três homens tentaram aplicar um golpe de sequestro na quinta-feira (08/12) e foram detidos pela guarnição de São Felix, no Recôncavo Baiano. São meliantes especialistas neste tipo de golpe e atuam especificamente em hospitais. Primeiro fazem pesquisas sobre a vida dos médicos, em seguida vão para uma consulta onde começam as ameaças e extorsão a vitima. Já andam com máquinas de cartões e solicitam altos valores em troca dos possíveis sequestrados, os familiares das vítimas. Esses meliantes já estão agindo há algum tempo em hospitais e Santas Casas da região, mas desta vez se deram mal. Na tarde desta quinta-feira, 08, tentaram na Santa Casa de Cachoeira sem êxito e na sequência iriam agir em São Félix, mas algumas pessoas suspeitaram da ação e entraram em contato com a Policia que os prenderam em flagrante encaminhando-os para a Delegacia de Santo Antônio de Jesus para fazer a ocorrência. (olhapititinga)

Cauã Reymond deve carreira de ator à mãe astróloga

10 de Dezembro de 2016 - 12:40

Já imaginou o gatão Cauã Reymond em outra profissão, como psicólogo ou atleta? Pois essas profissões estavam na lista de preferências do rapaz, que acabou optando por ser ator por insistência de sua mãe, que é astróloga. Cauã ainda morava em Nova York quando foi orientado pela mãe. "Ela falava que eu devia ser ator. Aí fiz um curso de atuação lá mesmo, com uma bolsa de estudos em troca de alguns trabalhos para a diretora da instituição", revelou o ator em entrevista a Jô Soares. Já a carreira de modelo foi por acaso. O rapaz era esportista e foi chamado para fazer um ensaio para a marca que o patrocinava. "Eu era atleta patrocinado por uma marca de roupas e decidiram fazer um ensaio só com os atletas", entrega. (Noticias ao Minuto)

LEM: Mulher tenta entrar em cadeia com celular dentro de miojo e é presa

10 de Dezembro de 2016 - 12:30

Um mulher - sem identidade revelada, foi presa na tarde de sexta-feira (9), em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, enquanto tentava entrar na cadeia da delegacia da cidade com celulares dentro de um macarrão estantâneo. De acordo com o site Sigi Vilares, Os policiais suspeitaram de um miojo e um forte cheiro de cola que saía da embalagem. Ao verificar o miojo foi localizado uma bateria e um aparelho celular. Logo em seguida, a mulher recebeu voz prisão e ficou detida. A mulher alegou ser menor de idade, mas não portava nenhuma identificação.(BocaoNews)

Muquém: Mulher morre após van capotar e cair em ribanceira

10 de Dezembro de 2016 - 12:20

Uma mulher morreu e pelo menos oito pessoas ficaram feridas após uma van capotar e cair em uma ribanceira na BR-242, trecho do município de Muqém de São Francisco, no oeste da Bahia. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu após o motorista tentar evitar uma colisão frontal com um veículo que realizava uma ultrapassagem irregular. De acordo com a PRF, a van onde as vítimas estavam saiu da cidade de Ibotirama e tinha como destino a localidade de Pedrinhas, em Muquém de São Francisco, uma viagem de cerca de 100 quilômetros. Na altura do KM-590, um veículo que vinha no sentido oposto invadiu a contramão para fazer uma ultrapassagem em local indevido, onde não tinha acostamento. Conforme a PRF, ao tentar evitar a batida, o motorista da van pisou no freio, que segundo depoimentos colhidos no local, apresentou algum problema, fazendo com que o veículo caísse em uma ribanceira de cerca de 10 metros de altura. Ainda segundo a PRF, a vítima que morreu, uma mulher ainda não identificada, foi arremessada do veículo e morreu no local. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Regional de Ibotirama. Não há informações sobre o estado de saúde deles. (G1/ Bog do Braga)

Astrônomos revelam que a rotação da Terra está se desacelerando

10 de Dezembro de 2016 - 07:40

“Para o mundo que eu quero descer”: você já deve ter ouvido essa frase algumas vezes nos últimos tempos. Pois bem, boas notícias: segundo uma equipe de astrônomos do Observatório Real de Greenwich, do Reino Unido, a rotação da Terra está mesmo se desacelerando. A pesquisa dos astrônomos revela que os dias terrestres estão ficando cada vez mais longos. Nos últimos 27 séculos, o dia médio aumentou em cerca de 1,8 milissegundos a cada 100 anos, segundo relata o site Phys.org. Neste ritmo, seriam necessários 3,3 milhões de anos para que ganhássemos apenas um minuto a mais por dia. Os cientistas analisaram as teorias gravitacionais sobre o movimento da Terra em torno do Sol e da Lua em torno da Terra para medir a velocidade de rotação do nosso planeta. Além disso, eles calcularam a evolução temporal dos eclipses da lua e do sol vistos do nosso planeta. Para isso, eles se basearam em observações dos eclipses registrados pelos antigos babilônios, chineses, gregos, árabes e europeus medievais, e encontraram discrepâncias entre os locais onde os eclipses deveriam ter sido observados e onde eles realmente o foram. Os astrônomos dizem que os fatores que influenciam na rotação da Terra são a capacidade de frenagem da Lua, a alteração na forma da Terra devido à diminuição das calotas polares desde a última Idade do Gelo, as interações eletromagnéticas entre o manto e o núcleo do planeta e as mudanças no nível médio dos oceanos.

Assassinatos acirram conflitos em área indígena na Bahia

10 de Dezembro de 2016 - 07:30

Após o período de ‘trégua’ que se estabeleceu logo após as eleições presidenciais de 2014, quando o governo federal prometeu uma resolução do problema, o clima de hostilidade entre índios da etnia Tupinambá e fazendeiros no sul da Bahia voltou a imperar na região nas últimas duas semanas. No dia 26 de novembro, um índio foi morto por pistoleiros com ao menos 5 tiros quando passava de moto na zona rural de Buerarema. O índio Luiz Viana Lima, 54, residia na região da Serra do Padeiro, onde 32 fazendas já foram ocupadas por indígenas, numa ação que eles chamam de “retomada”. Conhecido como Luizão, o índio foi alvejado quando passava de moto. A Polícia Civil de Buerarema informou que o crime foi cometido por dois homens em uma outra moto. Não está descartado, informou a polícia, o crime ter sido cometido para roubar a moto — latrocínio. O assassinato do índio ocorreu uma semana após o Cimi (Conselho Indigenista Missionário), ligado à Igreja Católica, divulgar em evento na Serra do Padeiro o “Relatório de Violência contra os Povos Indígenas“ de 2016 (com dados de 2015), segundo o qual o governo federal registrou 137 assassinatos de índios no Brasil, mas sem dar detalhes das circunstâncias de como eles ocorreram e a localização. O Cimi diz ter registrado por cona própria 54 homicídios contra índios em 2015, cinco deles na Bahia. O presidente do Cimi, dom Roque Paloschi, afirma na apresentação do Relatório de Violência do Cimi que o sentimento é de “indignação porque se repetem e se aprofundam as mesmas práticas criminosas, sem que medidas tenham sido efetivamente adotadas”. “Permanece o quadro de omissão dos poderes públicos, que se negam a respeitar e cumprir a Constituição Federal no que tange à demarcação, proteção e fiscalização das terras; permanece a realidade de agressões às pessoas que lutam por seus legítimos direitos, tais como assassinatos, espancamentos, ameaças de morte; agravam-se os ataques contra comunidades, especialmente aquelas mais fragilizadas e que vivem em acampamentos; permanece a invasão e devastação das terras demarcadas”. No entender do Cimi, “esses levantamentos das violações aos direitos indígenas têm um único sentido: servir como instrumento de denúncia para que medidas sejam tomadas e, com isso, as violências, que são práticas contínuas, venham a ser combatidas, diminuídas, e que se consiga chegar a uma realidade justa, na qual sejam respeitados os direitos humanos”. Na quarta-feira (7/12) um grupo de oito homens tentou atacar um povoado de Una habitado por índios e não índios, mas houve revide e dois deles acabaram mortos a golpes de facão, outros dois estão internados em um hospital de Ilhéus com ferimentos graves e os demais estão foragidos. Os índios lutam desde 2008 pela demarcação de 47,3 mil hectares de terra, situada entre Ilhéus, Una e Buerarema. Eles já ocuparam mais de 80 fazendas, e já houve conflitos graves, com várias mortes dos dois lados, sendo necessário a Força Nacional ser enviada para a região. “A situação voltou a ficar muito tensa. Tem áreas aqui que não podemos nem ir, índio tem medo de ir sozinho ao centro da cidade e quando vai não usa as vestimentas com medo de ser reconhecido e ser agredido ou até morto”, disse o cacique Val Tupinambá.

Acidente com avião da Chapecoense foi um 'homicídio', diz ministro boliviano

10 de Dezembro de 2016 - 06:40

O ministro da Defesa da Bolívia, Reymi Ferreira, afirmou nesta sexta-feira (9) que a queda do avião da Chapecoense na Colômbia, que deixou 71 mortos, foi um "homicídio". Morreram jogadores e dirigentes da equipe catarinense, além de jornalistas e tripulação. "Não foi um acidente. Na realidade foi um homicídio", disse Ferreira em entrevista à rádio paraguaia ABC Cardinal. Ele afirmou que se o piloto Miguel Quiroga tivesse seguido as normas de aviação, a tragédia não teria acontecido. "Há uma norma internacional que estabelece que você tem que ter pelo menos uma hora e meia de autonomia a partir do cálculo da chegada a seu destino. E ele tinha, de acordo com o plano de voo exatamente a mesma quantidade de combustível para as quatro horas e vinte minutos que supostamente iria durar o voo”, afirmou. O ministro afirmou ainda que Quiroga tinha costume de burlar as regras. "E isso não foi feito uma vez. Essa companhia aérea, esse piloto, fez isso cinco vezes", afirmou.

PF e PRF prendem acusados de roubo de cargas com prejuízo superior a R$ 15 mi

10 de Dezembro de 2016 - 06:30

Mais de 300 policiais da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal deflagraram nesta sexta-feira (9) a Operação “Canto da Sereia” com o objetivo de reprimir crimes de desvio e receptação de carga realizados por organização criminosa em estados do nordeste brasileiro. O prejuízo com a subtração dessas mercadorias pode ultrapassar a cifra de R$ 15 milhões. Conforme nota do núcleo de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Bahia está entre os estados, em que os policiais das duas instituições federais estão cumprindo 84 ordens judiciais expedidas pela justiça estadual de Sergipe, sendo 28 mandados de prisão preventiva, 7 mandados de prisão temporária e 49 mandados de busca e apreensão. As outras cidades alvo da operação são do estados de Sergipe, Alagoas, São Paulo, Mato Grosso e Goiás. Desde a execução da Operação Subida da Torre (ação conjunta PF e PRF em dezembro de 2015) a conduta das quadrilhas que agiam na região sofreu modificações. Detectou-se que, apesar da diminuída prática de roubos reprimida pelas ações e policiamento ostensivo, vários desvios de cargas aconteceram no período nas BRs 101, 116 e 316 nas divisas entre os estados de Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco.

A ação do bando consistia em aliciar motoristas para que entregassem Cargas de interesse da quadrilha e, em muitas vezes, a negociação era proposta pelo próprio motorista da carga, que oferecia a mercadoria aos aliciadores. Após a negociação o motorista registrava ocorrência policial como roubo em outro estado, para dissimular e dificultar a investigação policial. A quadrilha movimentava estrutura de logística para transbordar, transportar, esconder e negociar a carga roubada junto à uma rede de receptadores, que compravam as mercadorias provenientes dos crimes para revender em seus estabelecimentos comerciais. Em Sergipe os mandados judiciais então sendo cumpridos nas de cidades de Aracaju, Cristinápolis, Itabaianinha, Umbaúba, Boquim, Nossa Senhora do Socorro, Estância e Tobias Barreto. Nos demais estados as localidades são: Euclides da Cunha e Caldas do Jorro, na Bahia, Porto Calvo em Alagoas, Taubaté em São Paulo, Rondonópolis em Mato Grosso e Aparecida de Goiânia em Goiás. Os presos nas cidades sergipanas serão ouvidos na Superintendência da Polícia Federal em Sergipe e, posteriormente, encaminhados ao Presídio Estadual COPECAM. Os demais permaneceram no complexo prisional do respectivo estado. Os autores, nas medidas de suas participações, responderão pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude à licitação, advocacia administrativa, falsa comunicação de crime e de organização criminosa. As penas culminadas podem superar 700 anos de prisão. (BocaoNews)

GOLPE EM ARAMARI

10 de Dezembro de 2016 - 06:20

 

O prefeito do município de Aramari comete um GOLPE contra os concursados de 2013!

Com um ATO NULO E ILEGAL, contrariando o parágrafo único do artigo 21 da LRF - Lei de Responsabilidade Fiscal, fez a convocação dos aprovados do concurso, tendo a certeza que os mesmos não poderão assumir as funções por força da lei! O Ministério Público, o TCM - Tribunal de Contas dos Municípios e os demais órgãos de controle externo tomarão imediatamente as medidas cabíveis para coibir o GOLPE do prefeito José Carlos.

Segue a Lei:

LRF - PC 101/2000

Art 21. [...]

Parágrafo único. Também é nulo de pleno direito o ato de que resulte aumento da despesa com pessoal expedido nos cento e oitenta dias anteriores ao final do mandato do titular do respectivo Poder ou órgão referido no art. 20

A CONVOCAÇÃO ILEGAL fere a Lei e estoura todos os limites com gasto de pessoal em n Prefeitura de Aramari, com esse ato o prefeito CERTAMENTE TERÁ SUAS CONTAS DO ANO DE 2016 REJEITADAS PELO TCM, MAIS UMA VEZ POR ILEGALIDADE E CRIME, dessa vez no FIM DO MANDATO!

MP de Brasília denuncia Lula, filho dele e mais dois na Zelotes

09 de Dezembro de 2016 - 18:20

O Ministério Público Federal de Brasília (MPF-DF) denunciou, nesta sexta-feira (9), o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, o filho dele, Luiz Cláudio Lula da Silva, e outras duas pessoas pelos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa no âmbito da Operação Zelotes. As informações são do G1. De acordo com informações do MPF, a denúncia foi feita após as investigações apontarem indícios de envolvimento do petista e de seu filho, além de Mauro Marcondes e Cristina Mautoni em copra irregular de 36 caças do modelo Gripen pelo governo brasileiro. Também há indícios de irregularidades na prorrogação de incentivos fiscais a montadoras de veículos por meio de uma Medida Provisória. Os crimes teriam ocorrido entre 2013 e 2015, quando Lula já era ex-presidente. O casal Mauro Marcondes e Cristina Mautoni, donos Marcondes e Mautoni Empreendimentos e Diplomacia LTDA (M&M), teriam sido beneficiados pelo esquema. Os empresários teriam, também, repassado R$ 2,5 milhões ao filho de Lula.

Ao inaugurar presépio no Vaticano, Papa lembra sofrimento de imigrantes

09 de Dezembro de 2016 - 17:40

Durante a inauguração da decoração de Natal no Vaticano, nesta sexta-feira (9), o papa Francisco lembrou do sofrimento dos imigrantes que fazem a travessia pelo Mar Mediterrâneo em busca de uma nova vida na Europa. Segundo Francisco, o presépio criado na Praça São Pedro lembra “a triste e trágica realidade dos imigrantes nos barcos que vão à Itália”. “Na experiência dolorosa desses irmãos e irmãs, nós revemos a face do menino Jesus que, no momento de seu nascimento, não encontrou abrigo e nasceu na gruta de Belém. E, depois, precisou fugir para o Egito para fugir das ameaças de Herodes”, disse. O líder católico ainda acrescentou que isso deve se tornar “uma mensagem de fraternidade, de compartilhamento, de acolhimento e de solidariedade”. O tradicional presépio da Praça São Pedro foi produzido neste ano pelo artista de Malta Gozo Manwel Grech. Na gigantesca obra de 17 metros de largura e oito de altura, além dos 17 personagens escolhidos, a paisagem do pequeno país europeu é retratada. Além disso, são usadas a tradicional Cruz de Malta e a paisagem é completada por alguns “luzzus”, as típicas embarcações do país, como forma de retratar a difícil travessia de milhares de pessoas que fogem de países em guerra pelo Mediterrâneo. A decoração de Natal vaticana conta ainda com uma árvore de Natal doada pela província de Trento ao papa. O abeto vermelho tem 25 metros de altura e fazia parte dos bosques certificados na comuna de Sicurelle. A tradição de oferecer a árvore de Natal começou em 1982 com o papa João Paulo II que, pela primeira vez, recebeu de presente uma planta de um cidadão polonês. Ele transportou com seu caminhão a árvore da Polônia para Roma. Desde então, todos os anos, alguma região ou entidade faz a doação. Nos últimos anos, quase todas as árvores vieram de florestas certificadas da Itália ou da Europa, que garantem a gestão sustentável e responsável das áreas de onde ela é retirada. Por exemplo, a cada vez que um exemplar é abatido, outras árvores do mesmo ecossistema são plantadas no mesmo local. (Ansa)

Jovem gasta R$ 5,3 milhões após banco liberar crédito por engano

09 de Dezembro de 2016 - 17:30

Depois de uma falha do banco, o australiano Luke Moore, na época com 22 anos, ganhou crédito ilimitado e gastou um dinheiro que não tinha: mais de 2,1 milhões de dólares australianos (equivalentes a R$ 5,3 milhões). Tudo começou em 2010, quando o homem, que vivia endividado e estava desempregado, abriu uma conta em um banco local e um erro o incluiu na categoria de clientes sem limite de saque. Ao invés de avisar a irregularidade, o morador de Nova Gales do Sul (Austrália) decidiu começar a gastar e movimentar a quantia. Entre julho daquele ano a agosto de 2012, ele torrou a fortuna em carros de luxo como Aston Marti e Maserati, cocaína, viagens, prostitutas, um barco, um item autografado por Michael Jackson e as contas do dia a dia. Acusado de fraude, o homem foi a julgamento e foi condenado a 4 anos e meio de prisão. Ele chegou a passar cinco meses na cadeia, mas saiu após pagar fiança. Na semana passada, para alívio dele, o processo contra ele foi anulado. Agora aos 29 anos, o australiano voltou a estudar Direito. "Ainda estou me adaptando à vida real", diz ele em entrevista ao "Daily Telegraph". Ele ainda admite que gostou das coisas que fez, mas que já não agiria da mesma forma. "Eu gostei de dirigir carros esportivos - sem sapatos, com o vento nos meus cabelos e assobiando para as empregadas domésticas. Se eu faria de novo? Não", garante ele. "Eu tive de deixar tudo para trás e agora dirijo um Falcon, mas estou mais feliz dessa forma e percebi que meus amigos e familiares é que são meus maiores tesouros", conclui.

Itapetinga: Idosa de 85 anos morre em incêndio dentro da própria casa

09 de Dezembro de 2016 - 17:20

Uma idosa de 85 anos morreu vítima de um incêndio dentro de casa, em Itapetinga, no sudoeste da Bahia, na madrugada desta sexta-feira (9). Segundo a Polícia Civil, a senhora, identificada como Nelita de Oliveira Melo, estava sozinha no imóvel, no bairro de Camacã. Ainda de acordo com a polícia, o incêndio pode ter sido provocado pelo fato de a idosa ter acendido algumas velas para iluminar a casa, já que o bairro estava sem energia elétrica. As chamas foram debeladas por equipe de brigadistas de um fábrica da região e do Corpo de Bombeiros de Vitória da Conquista. O corpo da idosa foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Conquista. A casa foi totalmente destruída pelo fogo. (Bahia Notícias)

 Ministério das Relações Exteriores envia medicamentos e vacinas ao Haiti

09 de Dezembro de 2016 - 16:40

O Ministério das Relações Exteriores brasileiro enviou ao Haiti mais de 18 mil unidades de medicamentos, quatro mil doses de vacina contra a cólera, além de testes rápidos para HIV e materiais de uso hospitalar. De acordo com informações divulgadas pela pasta nesta sexta-feira (9), as doações seguiram na última quinta-feira (8), em um avião da Força Aérea Brasileira que partiu do Rio de Janeiro. Segundo o Itamaraty, os donativos são parte da cooperação brasileira com o Haiti e foram enviados em razão da passagem do furacão Matthew em outubro passado. “A nova doação integra a resposta humanitária do governo brasileiro a essa catástrofe socioambiental, que já contou com doações financeiras no total de US$ 400 mil ao Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas", explicou através de nota.

Vale obtém licença do Ibama para operar 'maior mina do mundo'

09 de Dezembro de 2016 - 16:30

A Vale recebeu licença de operação do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) para iniciar a exploração no projeto S11D, no Pará – "maior projeto de minério de ferro da história da empresa e da indústria da mineração", segundo a companhia. A previsão é que o empreendimento entre em operação comercial em janeiro de 2017. A licença de operação é válida por 10 anos e inclui mina para extração de minério de ferro, usina de beneficiamento, acessos, pilhas de estéril, diques e demais estruturas auxiliares. "A decisão ocorreu após a conclusão, no último dia 30/11, de parecer técnico que apontou não haver óbices à emissão da licença de operação", informou o Ibama. A licença estabelece o cumprimento de 16 condicionantes específicas pela empresa. O projeto S11D não contempla barragens de rejeitos. Segundo o Ibama, o beneficiamento do minério ocorrerá sem a necessidade de adição de água, tornando desnecessário o estabelecimento de barragens de rejeitos. "Isso se deve à combinação da qualidade do minério a ser lavrado com a tecnologia de beneficiamento proposta durante a análise de viabilidade ambiental do empreendimento", informou o Ibama. 'Maior mina do mundo' A mina está localizada em Canaã dos Carajás, no Sudeste do Pará. Está prevista a produção de até 90 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. O empreendimento entrará em operação comercial em janeiro de 2017. Em comunicado ao mercado, a Vale informou que o conjunto de mina e planta do projeto alcançou 96% de avanço físico em 30 de outubro de 2016 e os testes com carga estão progredindo com sucesso. "O start-up do S11D acontecerá em 2016 com o primeiro embarque comercial em janeiro de 2017", disse a empresa. Os investimentos totais anunciados são de US$ 14,3 bilhões, sendo US$ 6,4 bi aplicados na implantação da mina e da usina e US$ 7,9 bi referentes à construção de um ramal ferroviário de 101 quilômetros, à expansão da Estrada de Ferro Carajás (EFC) e à ampliação do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís (MA). A estrutura da mina e da usina de processamento de minério de ferro conta com 3 linhas de produção - cada uma com capacidade de processamento de 30 milhões de toneladas/ano. O empreendimento recebeu o nome S11D em razão da sua localização. Na Serra Norte, está a Mina de Carajás, em operação desde 1985, situada em Parauapebas, município vizinho a Canaã. Para fins geológicos, o S11D é apenas um bloco do corpo que foi dividido em quatro partes: A, B, C e D. A vida útil da mina está estimada em 48 anos. O potencial mineral do corpo S11 é de 10 bilhões de toneladas de minério de ferro, sendo que só o bloco D possui reservas de 4,24 bilhões de toneladas. "O minério será lavrado a céu aberto e levado da mina até a usina por meio de um Transportador de Correia de Longa Distância (TCLD). A usina, os pátios de estocagem e regularização de minério, as pilhas de estéril e canga (minério de ferro com teor mais alto de contaminantes) e a área de manobra e carregamento de trens estão localizados em antigas áreas de pastagem, fora da Floresta Nacional de Carajás (FLONACA), uma unidade de conservação que a Vale ajuda a proteger desde a sua criação, em fevereiro de 1988", informou a Vale.

Aviões de empresa responsável por acidente com Chapecoense são apreendidos na Bolívia

09 de Dezembro de 2016 - 16:20

O Ministério Público da Bolívia apreendeu na última quarta-feira (7) dois aviões da empresa LaMia, empresa aérea responsável pelo acidente com a delegação da Chapecoense na semana passada. De acordo com o jornal boliviano “El Deber”, o recolhimento das aeronaves, que estavam desde 2014 em um hangar militar na cidade de Cochabamba, faz parte das investigações contra a empresa no país. Segundo a publicação, os coproprietários da LaMia e uma funcionária do órgão de controle de voos do país, que questionou o plano de voo antes do acidente, são investigados. A operação de confisco foi comandada pela promotora Jacqueline Ponce, que atuou como o auxílio da acompanhada por militares da Força Aérea Boliviana (FAB). "Estas aeronaves estão agora à disposição do Ministério Público, dentro da investigação. Os aviões foram confiscados como elementos relacionados com o crime ou como produto do crime, e é provável que sirvam para o pagamento de prejuízos", disse a procuradora à publicação.

Perícia refuta tese de que cuspe de Jean Wyllys em Bolsonaro foi premeditado

09 de Dezembro de 2016 - 15:40

Uma perícia da Polícia Civil do Distrito Federal desmonta a tese defendida pelo deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) de que o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) teria premeditado cuspir na sua cara. O episódio ocorreu em abril, durante a votação sobre o pedido de abertura do processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff. No centro dessa polêmica está um vídeo divulgado nas redes sociais pelo filho do parlamentar do PSC, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), que traz uma legenda em que Jean Wyllys aparece dizendo para o deputado Chico Alencar (PSOL-SP) que iria cuspir na cara do Bolsonaro. A leitura labial feita pela perícia, porém, apontou que o vídeo ocorreu depois da ação e que Jean Wyllys disse, na verdade, “eu cuspi na cara do Bolsonaro, Chico” e não “eu vou cuspir” como sugeria a legenda do vídeo divulgado pelo filho de Bolsonaro. Jean Wyllys é alvo desde outubro de um processo disciplinar no Conselho de Ética da Câmara que apura se o episódio configura quebra de decoro parlamentar. O deputado do PSOL sempre alegou que nunca premeditou cuspir em Bolsonaro e que o ato foi uma reação aos insultos de cunho homofóbico por parte do deputado do PSC.

Moro diz ser ‘lamentável’ ação de Lula contra PF

09 de Dezembro de 2016 - 15:30

“Lamentável que autoridades públicas, no exercício de seu dever legal, fiquem sujeitas a retaliações por parte de investigados ou acusados que confundem o exercício do dever funcional com ilícitos.” Assim o juiz federal Sérgio Moro, dos processos em primeira instância da Operação Lava Jato, deferiu acesso à Advocacia Geral da União, em despacho desta quinta-feira, 8, para que ela defenda a Polícia Federal em ação movida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, contra a equipe de investigações do caso Petrobrás. O próprio Moro é alvo de uma ação movida pela defesa de Lula por abuso de autoridade. Lula foi indiciado pela PF em julho e é alvo de pelo menos outros quatro inquéritos da Lava Jato em Curitiba. Sua defesa moveu ação de indenização contra o delegado Filipe Hille Pace, em que cobra R$ 100 mil por danos morais. O petista pede reparação pela associação de seu nome ao ‘Amigo”, identificado nas planilhas de propinas da Odebrecht. No despacho, o juiz da Lava Jato informa que a autoridade policial comunicou o juízo que Lula, por meio de seus advogados de defesa, moveram ação de indenização contra um delegado “em decorrência de atos praticados no exercício de sua função”. A ação nº 1027158-14.2016.8.26.0564 tramita na 5ª Vara Cível, em São Bernardo do Campo (SP). A AGU, que assumiu a defesa da equipe da Lava Jato, pediu acesso a dois procedimentos criminais sob a guarda de Moro. “O interesse público reclama o deferimento do requerido para que a defesa da autoridade policial não fique prejudica, já que a demanda não é apenas contra ela, mas também contra o serviço policial federal”, registra Moro, em seu despacho, em que deferiu acesso à AGU, aos autos.

ACM Neto defende o nome de Imbassahy para articulação de Temer

09 de Dezembro de 2016 - 15:20

“Antônio Imbassahy é um nome importante e pode ajudar muito o presidente Temer na articulação com o Congresso, empresários, trabalhadores, governadores e prefeitos”, disse o prefeito ACM Neto (DEM) ao defender o nome do líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, para ocupar a Secretaria Geral de Governo, que tem status de Ministério, em lugar do ex-ministro Geddel Vieira Lima. “A habilidade política do deputado Imbassahy e a sua capacidade de articulação com o Congresso e diversos setores da sociedade são importantes para ajudar o governo neste momento difícil que o país atravessa”, analisou Neto. O prefeito de Salvador lembrou ainda que o momento é de diálogo e que essa é uma das principais virtudes de Imbassahy. “A capacidade de conversar, ouvir e apontar o melhor caminho. Isso será importante no trato com os prefeitos e governadores que têm que ajustar as suas agendas com o governo”.

Santaluz: Polícia prende suspeitos de participação em mortes de professores

09 de Dezembro de 2016 - 12:50

A Polícia Militar no município de Santaluz, Sisal, prendeu na manhã desta quinta-feira (8) Gleice da Costa Anjos, de 19 anos, e um adolescente de 17 anos por envolvimento na morte dos professores Edivaldo Silva de Oliveira, 32 anos, conhecido como Nino, e Jeovan Bandeira, 39, em junho deste ano (relembre). A dupla foi detida por agentes da 5ª Companhia do 16º Batalhão, com apoio do delegado titular do município, João Farias, após uma denúncia anônima. A reportagem do Bahia Notícias apurou que a dupla foi encaminhada para a delegacia de polícia da cidade após a prisão para prestar depoimentos. Contudo, a ameaça de invasão do local por parte de um grupo de populares fez com que as declarações fossem transferidas para as instalações policiais de uma cidade próxima, que não foi divulgada, para garantir a integridade dos suspeitos e realização do trabalho da polícia. Os corpos de Nino e Jeovan foram encontrados no porta-malas de um carro carbonizado, às margens da rodovia BA-120, na saída para Queimadas, no dia 10 de junho , causando comoção na comunidade .

Voto vencido na ação sobre Renan no STF, ministro se diz satisfeito por ‘sair bem na foto'

09 de Dezembro de 2016 - 12:40

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, relator da ação para afastar Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado, afirmou nessa quinta-feira (8) que atuou de acordo com suas convicções na sessão da ultima quarta-feira (7) que analisou o caso. Aurélio foi voto vencido no julgamento que determinou a permanência de Renan no cargo, mas sem a possibilidade de suceder o presidente da República em caso de vacância do Palácio do Planalto. "Estou satisfeito por sair bem na foto", avaliou em entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Nesta terça-feira (6), quando começou a circular a informação de que poderia estar sendo costurado um acordo para manter Renan no cargo, o ministro decidiu adiantar seu voto. “Quando começaram a veicular que essa seria a solução, fiz um aditamento tratando sobre a importância do julgamento e da Constituição", contou. Ele ainda disse que não participou de nenhuma reunião que tratasse de uma saída para o caso e que o resultado do julgamento deve ser respeitado. "Maioria é maioria", concluiu.

Coité: População contesta versão da PM sobre morte de adolescentes em suposto confronto

09 de Dezembro de 2016 - 12:30

Dois adolescentes foram mortos a tiros na noite desta quarta-feira (7), em Conceição do Coité, na região do Sisal baiano. De acordo com policiais da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar, a dupla, de 16 e 17 anos, morreu em confronto com policiais, após reagir a uma abordagem que buscava autores de assaltos às localidades de Salgadália, Serrote e Goiabeira, em Coité. Ainda segundo os agentes, os adolescentes estavam em uma motocicleta com as mesmas características descritas pelas vítimas dos assaltos. Eles informaram ainda terem sido recebidos a tiros, o que iniciou o suposto confronto. A dupla chegou a ser levada para o Hospital Português, na cidade, mas veio a óbito durante a madrugada. A versão, no entanto, é contestada por familiares e amigos dos mortos. Eles afirmam que a dupla não tem envolvimento com atos ilícitos, não possuem passagem pela polícia e levantam a possibilidade de os jovens terem sido mortos por engano. Em nota, a comunidade de Salgadália diz que os adolescentes eram “meninos de reputação ilibada, de condutas morais inquestionáveis e muito bem quistos pela comunidade como um todo”. “A revolta é muito grande em ver a tentativa de manipular os fatos na tentativa de encontrar um álibi que justifique a barbárie cometida. Não ficaremos omissos e buscaremos que a justiça da terra seja feita e que Deus com seu julgamento preciso faça com que a justiça divina permita que paguem com rigor seus atos aqui na terra. Estamos em profundo luto, e suas memórias se imortalizarão em nossa comunidade”, traz o comunicado enviado à imprensa. Os policiais apresentaram também dois revólveres calibres 32 e 38 - um com cinco cartuchos deflagrados e um picotado, e outro com quatro cartuchos deflagrados, um picotado e outro intacto, - além de uma motocicleta Honda 150 Titan KS, cor azul e placa de Conceição do Coité-Ba, três aparelhos celulares, um pino de cocaína e dois papelotes de maconha encontrados com a dupla. A Polícia Civil afirmou que uma perícia será realizada nas armas para constatar se disparos foram feitos pela dupla. "Os laudos técnicos serão indispensáveis para esclarecer o caso", afirmou o titular em exercício da Delegacia Territorial de Coité, Hildebrando Alves da Silva. Além da apuração da Polícia Civil, o caso será investigado pelo Comando de Policiamento Regional Leste e pela Corregedoria da Polícia Militar, que vai instaurar um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar a conduta dos agentes.

À Lava Jato, Odebrecht delata caixa 2 em dinheiro vivo para campanhas de Alckmin

09 de Dezembro de 2016 - 12:20

Em delação à Operação Lava Jato, a Odebrecht declarou que fez pagamento de caixa dois, em dinheiro vivo, para as campanhas de 2010 e 2014 do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Segundo a Folha, executivos da empresa citaram duas pessoas de convívio do governador que intermediaram a entrega do dinheiro. Os diretores disseram que não conversaram diretamente com o governador paulista. Ainda segundo a delação, cerca de R$ 2 milhões em espécie foram entregues ao empresário Adhemar Ribeiro, irmão da primeira-dama, Lu Alckmin. O repasse teria sido feito no escritório de Ribeiro, na capital paulista. Nas eleições de 2010, o tucano se elegeu no primeiro turno com 50,63% dos votos válidos. Já em 2014, o caixa dois para a reeleição de Alckmin teve como um dos operadores o atual secretário de Planejamento do governo paulista, Marcos Monteiro, o MM para funcionários da Odebrecht. Em 2014, Alckmin foi reeleito com 57% dos votos. Ainda segundo a Folha, um dos executivos que delataram o caixa dois ao governador de São Paulo é Carlos Armando Paschoal, o CAP, ex-diretor da Odebrecht em São Paulo. Paschoal, ou CAP, faz parte do grupo de 77 funcionários da empreiteira que assinaram há duas semanas um acordo de delação premiada com investigadores da Lava Jato. CAP também fez afirmações sobre o suposto repasse de R$ 23 milhões via caixa dois para a campanha do atual ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), em 2010. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indica que não há doações diretas da Odebrecht à conta da candidatura de Alckmin em 2010 e 2014.

Alagoinhas: Motorista sofre com Hérnia Isicional

09 de Dezembro de 2016 - 08:

Esteve presente na redação do Aragão Notícias o senhor Wilson da Silva Filho de 54 anos, o qual vem sofrendo a cerca de 10 meses de Hérnia Isicional, em estado avançado. Ele vem sentindo muitas dores, dificuldades para se locomover, falar, ir ao sanitário etc. Segundo Wilson conseguiu marcar diretamente no hospital Irmã Dulce em Salvador, para o próximo dia 27 deste a cirurgia, porém teme pela sua vida, pois se a hérnia estrangular, ele corre risco de morte. Wilson esta encostado pelo INSS e não tem condições de fazer a cirurgia particular.

,

Fica ai o apelo deste pai de família as autoridades do município, para que ele possa ter a sua saúde restabelecida o quanto antes. Contatos: 9 8232 4146

Ocorrências dia 09-12-16

. Assalto:

 06:30 Vitima homem passava próximo do ginásio de esportes, momento que se deparou com dois elementos de bicicleta. Um deles passou a lhe ofender com palavras de baixo calão e se disse armado. Entregou o celular.

. Assalto:

10:30 Rua Novo planeta Petrolar, vitima um jovem de 17 anos. Ele relatou na delegacia que fora abordado por dois elementos que estavam em um carro de cor prata. Que o carona portava um revolver, onde fora levado o seu aparelho celular.

. Assalto:

15:00 Vitima duas mulheres, elas contaram que estavam no estabelecimento comercial que trabalham, uma loja de sandálias, momento que entrou um elemento estatura baixa dentes estragados, o qual munido de revolver anunciou o delito. Foi subtraído um celular e a quantia de R$ 250,00 reais da empresa.

. Assalto:

12:00 Vitima homem e uma mulher (patrão e secretária). Eles contaram que estavam no escritório que trabalham no Silva Jardim, momento que surgiram dois elementos um deles careca, que armados anunciaram o delito. Primeiro foi a secretaria rendida a qual foi com os algozes a sala do patrão. Levaram os celulares das vitimas além de relógio e um tablet. Depois da ação os meliantes deixaram as vitimas detidas no banheiro.

. Assalto:

 19:20 Vitima um jovem de 16 anos, segundo ele foi abordado por um elemento que estava de bicicleta. Sob ameaça perdeu sua carteira com documentos diversos e cartões. Fato se deu no Quintino Bocaiúva.

. Assalto:

20:15 Local Santa Terezinha estabelecimento comercial uma farmácia. Vitima homem, ele contou que estava comprando um remédio quando chegaram dois elementos armados e anunciaram o delito. Um apontou a arma pro queixoso que perdeu celular carteira com documentos e dinheiro, enquanto o outro foi direto pro caixa, subtraindo valores em espécie também.

. Assalto:

19:40 vitima homem, ele contou que foi abordado por dois elementos onde sob ameaça teve de entregar a sua mochila a qual continha celular, roupas documentos e cartões. Que um dos elementos ainda lhe aplicou um soco que atingiu o seu rosto. Fato se deu na praça do 8 Parque Alagoinhas.

. Assalto: 19:30 vitima homem, estava saindo de casa pilotando a sua moto uma Yamaha Lander 250 azul laterais brancas, placa OUY 9631, quando foi surpreendido por um elemento armado de revolver, o qual anunciou o delito, levando a moto. Fato se deu na rua José Onório em Alagoinhas Velha.

. Maria da Penha\Crisópilis: Apresentado pela PM a pessoa de Gilberto Malaquias o qual agrediu fisicamente a esposa colocando-a para fora de casa. Quando a Policia chegou a vitima estava na rua em estado de choque, com vários hematomas pelo corpo devido as agressões. O agressor Gilberto estava dentro de casa, mas depois resolveu abrir e se entregou aos militares. Em alagoinhas ficou custodiado a disposição da Justiça.

Professor processa livraria e cliente por intolerância religiosa

09 de Dezembro de 2016 - 08:

O professor de sociologia do Instituto Federal de Educação da Bahia Leonardo Rangel processou a Livraria Vozes, no Rio de Janeiro, e uma cliente do estabelecimento por intolerância religiosa que sofreu dentro da livraria, na Rua Gonçalves Dias, no centro, na sexta-feira passada (2). Em viagem a trabalho na capital fluminense, o professor baiano lamentou ter sido vítima desse tipo de crime em uma cidade que considera a “mais linda do mundo, com pessoas hospitaleiras e acolhedoras”. Rangel contou que estava na livraria quando uma senhora começou a agredi-lo ao descobrir que era adepto do candomblé. “Quando viu minha conta de Ogum no pescoço, ela disse: ‘Cruz-credo’ e saiu de perto de mim. Mas continuou falando por uns 10 minutos que esta religião não prestava, que era coisa do diabo”, contou ele. Rangel disse que nunca tinha sofrido esse tipo de preconceito e que ficou quieto esperando para pagar o livro que tinha escolhido. “Finalmente, ela disse que gente como eu deveria ser proibida de entrar na loja. Vá ao lugar onde eles ficam para ver como será tratada”, narrou a vítima. O professor ressaltou ter informado à senhora que intolerância religiosa é crime. “Ela debochou dizendo que estava morrendo de medo e até tremendo”. Leonardo Rangel destacou que os funcionários da livraria pareciam conhecer a cliente, que os tratava com intimidade, e que em nenhum momento ela foi interpelada por alguém do estabelecimento para que parasse com as agressões. Segundo o professor, a decisão de denunciar o crime às autoridades não foi fácil. “No dia, fiquei sem reação. Só fiz o boletim de ocorrência no dia seguinte. Sou tímido, resguardado, mas não poderia me calar.” No sábado (3), ele procurou o advogado Hélio Silva, especialista nesse tipo de crime. Silva solicitou judicialmente que a agressora seja responsabilizada na área penal e que a Livraria Vozes seja cobrada administrativamente, com pedido de cassação do alvará de funcionamento, com base na Lei Estadual 6.483/13, e na área cível, com pedido de indenização por danos morais. A Polícia vai tentar identificar a cliente acusada de agressão examinando imagens das câmeras de segurança da livraria. Leonardo espera que seu ato sirva de exemplo para outras vítimas de intolerância religiosa e que as denúncias ajudem a inibir esse tipo de crime. “A intolerância tem crescido muito, inclusive, contra as religiões de matriz afro-brasileira. Se me calasse, estaria compactuando com isso. Estou fazendo minha função social enquanto educador, enquanto adepto do candomblé, e espero que a justiça seja feita para que os culpados arquem com as consequências do crime que cometeram.” A assessoria de imprensa da Editora Vozes lamentou que o caso tenha ocorrido em loja da empresa, e informou que tomará as devidas providências. “Reforçamos que o nosso trabalho vem sendo pautado pelos propósitos e valores expressos em nossa missão e todos os nossos produtos e serviços estão coerentes com a mesma”, diz a nota de posicionamento da Vozes.

Doping tira medalhas de dois competidores da Rio-2016

09 de Dezembro de 2016 - 07:

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) anunciou, nesta quinta-feira (8), que vai retirar medalhas de dois atletas que participaram dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O halterofilista romeno Gabriel Sincraian e o boxeador russo Misha Aloyain tiveram susbtâncias proibidas Agência Mundial Antidoping (Wada) encontradas em seus exames de sangue. De acordo com a revista Veja, Sincraian testou positivo para testosterona exógena logo após o encerramento dos Jogos. Bronze da categoria até 85kg, ele perderá a medalha para Denis Ulanov, do Casaquistão. Já Aloyan (foto), que ganhou prata na categoria até 52kg, foi flagrado pelo uso de um estimulante proibido, em teste feito após a final contra o campeão Shakhobidin Zoirov, do Uzbequistão.

Risco de faltar energia em 2017 é de 0,9% no Sudeste/Centro-Oeste, diz CMSE

09 de Dezembro de 2016 - 07:

O risco de faltar energia no País no ano que vem continua em 0,9% no Sudeste/Centro-Oeste e 0,1% no Nordeste. Para este ano, o risco continua zero. O indicador continua dentro do risco máximo aceitável pelo sistema, de 5%. As informações constam da nota divulgada pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), órgão presidido pelo Ministério de Minas e Energia. De janeiro a dezembro, 9.130,3 megawatts (MW) de energia foram adicionados ao sistema elétrico, além de 4.334 quilômetros de linhas de transmissão, de acordo com o CMSE. Somente em novembro, foram adicionados 1.385,10 MW e entraram em operação 196 quilômetros de linhas de transmissão. No mês de novembro, as chuvas ficaram abaixo da média história em todas as regiões. Segundo o comitê, elas atingiram 89% da média do Sudeste/Centro-Oeste, 72% no Sul, 52% no Norte e 30% no Nordeste. Já o nível dos reservatórios no fim do mês passado atingiu 71% de sua capacidade no Sul, 33,4% no Sudeste/Centro-Oeste, 21% no Norte e 10% no Nordeste. A previsão, para o fim de dezembro, é que o nível dos reservatórios atinja 66% de sua capacidade no Sul, 38,7% no Sudeste/Centro-Oeste, 17,1% no Nordeste e 13% no Norte. De acordo com o CMSE, o fenômeno La Niña, que gera resfriamento das águas no Oceano Pacífico, deve ter fraca intensidade e curta duração, até fevereiro. "Nessas condições, é pouco provável que a situação oceânica no Pacífico exerça influência sobre as precipitações da atual estação chuvosa do Sudeste/Centro-Oeste", diz a nota do CMSE. O fenômeno é conhecido por provocar chuvas no Norte e Nordeste e seca no Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Nordeste : A usina de Sobradinho vai continuar a operar com uma vazão reduzida, a 750 metros cúbicos por segundo. A hidrelétrica já tem autorização para operar até o limite de 700 metros cúbicos por segundo, mas a possibilidade dessa nova redução será avaliada em 12 de dezembro, em reunião de um grupo de trabalho que acompanha o tema. A usina de Três Marias também vai continuar a operar com vazão reduzida, a 165 metros cúbicos por segundo, e novas reduções serão avaliadas pelo mesmo grupo. O objetivo é preservar os reservatórios e priorizar o abastecimento de água no Nordeste. A previsão é que os reservatórios da região comecem a se recuperar no fim deste mês. A geração de energia na região será garantida por outras fontes, informou o CMSE.

Reservatórios de hidrelétricas do Nordeste devem chegar a 17% no fim do ano

09 de Dezembro de 2016 - 07:

O nível dos reservatórios das hidrelétricas da Região Nordeste deve começar a se recuperar com o início do período chuvoso e chegar 17,1% até o fim do mês. A previsão é do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que se reuniu nesta quinta-feira (8/12), em Brasília. Atualmente, o nível dos reservatórios na região está em 11,22% e no fim do ano passado chegou a 5,15%. Além do aumento de chuvas na região, contribui para a recuperação dos reservatórios a redução da vazão mínima da barragem de Sobradinho, no Rio São Francisco, medida que começou a ser adotada no fim de novembro. Segundo o comitê, na próxima semana serão apresentados os resultados finais do teste. Em Sobradinho, o nível do reservatório está atualmente em 7,48% de sua capacidade máxima de armazenamento e a expectativa é que até o fim do ano esse índice chegue a 13,1%. Também foi recomendada a redução gradual da vazão da Usina Hidrelétrica Três Marias, também no Rio São Francisco. De acordo com o comitê, novas reduções poderão ser avaliadas na barragem, com o objetivo de estocar o maior volume possível de água no reservatório da usina Com base nos dados atuais, o risco de déficit de energia em 2016 é zero para os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste. Já para 2017, estes riscos são de 0,9% e 0,1%, para estes subsistemas, respectivamente. A margem de risco considerada tolerável pelo governo é de 5%.

'Chifre' na capa da Time com Donald Trump chama atenção

09 de Dezembro de 2016 - 07:20

A escolha da revista "Time" do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, como personalidade do ano de 2016 dividiu as pessoas nas redes sociais e foi motivo de brincadeira em programas de TV americanos. Um detalhe curioso também chamou atenção: na diagramação da capa da revista, Trump parece estar com chifres. Não se sabe se foi uma brincadeira intencional, mas esta não é a primeira vez que o "M" tem este efeito e a própria revista já reagiu com sentido de humor à teoria, divulgando uma galeria com "35 vezes que as capas da Time pareceram pôr chifres às pessoas". A capa de Trump foi incluída em uma atualização. Donald Trump gostou de ser eleito a personalidade do ano, mas também fez críticas. “É uma tremenda honra”, disse o presidente-eleito, que também chamou a publicação “de uma revista muito importante”. “Tive sorte suficiente de estar na capa da revista muitas vezes neste ano e no ano passado”, completou Trump. As críticas ficaram para a chamada da capa, "Presidente dos Estados Divididos da América”. “Quando você diz estados divididos da América, eu não os dividi. Ele estão divididos agora. Tem um monte de divisão, e a gente vai unir tudo de novo e vamos ter um país que ficará bem curado”, disse Trump. (Correio)

Governo desiste de nomear Imbassahy

09 de Dezembro de 2016 - 06:50

As resistências de grupos aliados do governo, especialmente do chamado Centrão, fizeram com que o Planalto desistisse de nomear o deputado federal tucano Antonio Imbassahy para assumir a Secretaria Geral do governo em substituição a Geddel Vieira Lima. Como precisa aprovar no Congresso propostas que exigem bastante apoio, como a reforma da Previdência, o governo avaliou que era melhor negociar com mais calma a escolha do novo titular da pasta. Alguns nomes já começam a ser falados como opções para o posto, como os senadores Antonio Anastasia (PSDB-MG) e José Aníbal (PSDB-SP). Mas essa escolha precisaria ser articulada com o Centrão ou repetiria o problema ocorrido com Imbassahy.

Após recusar atender liminar, Renan diz que decisão do STF ‘é para se cumprir

09 de Dezembro de 2016 - 06:40

Após se negar a cumprir uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenava seu afastamento, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse nesta quinta-feira (8) que determinação da Suprema Corte "é para se cumprir". "Decisão do STF fala por si só. Não dá pra comentar judicial. Decisão judicial do Supremo Tribunal Federal é para se cumprir", disse Renan nesta quinta. A declaração foi dada dois dias após o senador se recusar a atender uma liminar do ministro do STF Marco Aurélio Mello que, na segunda (5), o afastou do cargo de comando do Senado. Após intensas movimentações para voltar ao cargo, o STF decidiu nesta quarta que ele poderia permanecer no comando da Casa, mas não pode fazer mais parte da linha sucessória da Presidência da República.

Jovem se joga do 2º andar para fugir de estupro na Argentina

09 de Dezembro de 2016 - 06:30

Uma argentina de 23 anos se jogou do segundo andar do edifício em que mora para fugir de um homem que tentou estuprá-la. O agressor foi preso. A estudante de medicina Nadia Sepúlveda voltava para casa quando, na porta do edifício onde vive em La Plata, capital da província de Buenos Aires, encontrou um desconhecido, que pediu para entrar. “Ela pensou que era um vizinho e o deixou entrar, mas uma vez dentro do prédio ele deu um soco nela”, contou à imprensa argentina um irmão da vítima. Segundo ele, o agressor quis arrastar a vítima para o apartamento dela pelos cabelos, mas ela conseguiu se soltar e escapar. “Ela não pensou, se jogou por instinto”, disse o rapaz. Vizinhos a encontraram no chão e seguraram o agressor, posteriormente detido pela polícia. Segundo o jornal La Nacion, Nadia segue internada na unidade de terapia intensiva. O incidente ocorreu na segunda-feira, pouco após Nadia ter voltado a La Plata, onde estuda, da cidade natal, Bahía Blanca, na mesma província. (EFE)

Escuna fica à deriva com 30 passageiros na Baía de Todos os Santos

09 de Dezembro de 2016 - 06:20

Um passeio de escuna entre amigos e familiares terminou de forma indesejada nesta quinta-feira (8), na Baía de Todos os Santos. Isso porque a embarcação Santa Maria 2 teria sofrido uma pane em alto mar, por volta das 16h, enquanto retornava com aproximadamente 30 pessoas da Ilha dos Frades. O passeio saiu da Ribeira, em Salvador, às 8h. Ao Bocão News, o analista de sistemas Lucas Fonseca, de 30 anos, relatou os momentos de aflição vividos por crianças, adultos e idosos. "No momento estamos sendo rebocados por outra embarcação, com cerca de 40 pessoas a bordo, que passou e viu nosso problema e resolveu ajudar", disse. Segundo ele, o marinheiro da embarcação e o proprietário alegaram que a barra de direção tinha partido. "Ficou sem poder fazer curva, ficamos à deriva, com motor desligado e rádio quebrado ", contou, reclamando de omissão do proprietário da embarcação. Segundo ele, os pedidos de ajuda feitos ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram em vão. "Logo que houve o problema, ligamos e não fomos atendidos", afirmou. Enquanto conversava com a reportagem, Lucas recebeu a informação que uma equipe da Capitania dos Portos se dirigia para o local. No entanto, o analista relatou problemas de localização. "A Capitania já me ligou três ou quatro vezes e ainda não achou a gente", reclamou, informando que um segundo barco, agora só com a tripulação, passou a rebocar o Santa Maria 2. A equipe da Capitania dos Portos encontrou a embarcação por volta das 19h55, conforme relatado ao site pelo passageiro. (Bocão News)

Lava Jato monta esquema especial para ouvir delatores da Odebrecht

08 de Dezembro de 2016 - 18:20

A força-tarefa da Operação Lava Jato se organiza e procura novos integrantes para agilizar o trabalho de ouvir os depoimentos dos executivos e ex-executivos da Odebrecht, que fecharam o maior acordo de colaboração premiada das investigações de cartel e corrupção na Petrobrás. Os procuradores se subdividiram em equipes para formalizar no papel e em vídeo os termos de delação das 77 pessoas ligadas ao grupo empresarial, entre eles, o presidente afastado Marcelo Bahia Odebrecht e o patriarca Emílio Odebrecht. A meta dos procuradores é começar ainda nesta sexta-feira, 9, – na quinta é feriado do Dia da Justiça -, ou na segunda-feira, 12. Os depoimentos começam nove meses após o início das negociações e serão realizados em pelo menos cinco estados. A pulverização em diversas localidades tem como objetivo agilizar o processo. Além de Curitiba (PR), estão previstos depoimentos em Brasília (DF), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA). Para dar conta da quantidade de depoimentos, a força-tarefa tem procurado novos integrantes para atuar nos casos relacionados à delação da Odebrecht. A força-tarefa se subdividirá em equipes de procuradores da Procuradoria-geral da República, que é quem fez o acordo de delação premiada, e da Procuradoria em Curitiba, origem das investigações da Lava Jato, e que ficará responsável pelo acordo de leniência (espécie de delação para empresas). A expectativa era conseguir tomar os depoimentos até o dia 19, quando começa o recesso do Judiciário. Investigadores da força-tarefa e advogados ouvidos pelo Estado, no entanto, admitem que devem conseguir concluir tudo apenas em janeiro. Desse modo, no retorno do recesso o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), deve receber o conteúdo do acordo para deliberar sobre sua homologação. Só após a homologação da Justiça, as delações poderão ser utilizadas para abertura de inquéritos ou na solicitação de medidas cautelares, como busca e apreensão e prisão de pessoas citadas. A leniência será apresentada para homologação para o juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba. Tanto a Justiça em primeira instância, como o Supremo os trabalhos serão retomados em fevereiro de 2017. Até lá, a força-tarefa quer ter concluído todos os depoimentos a serem apresentados para homologação.

Combate à corrupção ‘é evolução do processo civilizatório’, diz Janot

08 de Dezembro de 2016 - 17:50

O procurador-geral da República Rodrigo Janot disse que o combate à corrupção representa ‘um importante instrumento da evolução do nosso processo civilizatório’. “O desenvolvimento da nossa sociedade se dará de maneira mais aprimorada se incorporarmos, não só na agenda das instituições, mas no cidadão brasileiro, o combate à corrupção”, declarou Janot nesta quarta-feira, 7, durante debate sobre as 10 Medidas do Ministério Público Federal (MPF), no Dia Internacional de Combate à Corrupção. Durante o evento, promovido pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF, em Brasília, o procurador-geral enfatizou a importância do trabalho cooperado entre todas as instituições e órgãos de controle ‘para atingir os objetivos de aprimorar o combate à corrupção’. De acordo com Janot, ‘a transparência é fundamental para que seja demonstrada uma atividade profissional, não ideológica e destinada única e exclusivamente ao combate à corrupção’. Em relação às 10 Medidas contra a Corrupção, o procurador destacou que ‘todos esses instrumentos constam de tratados ou de convenções internacionais, ou já foram provados em países cujo o desenvolvimento do processo civilizatório está além do nosso’. Ao destacar ‘a importância’ do Legislativo no combate à corrupção, Janot declarou que ‘sem uma base legal eficaz e moderna, que coloque à disposição dos órgãos de controle os instrumentos necessários para a atuação de cada um, nada disso seria ou será possível’. Segundo ele, a aprovação da Lei da Ficha Limpa, da Lei de Acesso à Informação, da Lei de Combate ao Crime Organizado – que possibilitou a colaboração premiada -, e da modernização da Lei de Lavagem de Dinheiro foi fundamental para atingir aos resultados atuais. Ao final de sua exposição, o procurador-geral da República anunciou detalhes do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado pela Câmara de Combate à Corrupção com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.



 
 
 
linha190

 
linha190 
 
 
 
 
 
 
 
 

Semana do tênis lympikus na MERSAN , tênis masculinos e femininos apartir de 59,90 venha conferir, Mersan e você é mais tudo. 

 

 

RRua Rua Bahia Petrolar tel: (/span>75) 3422- 2912

  98805-8021/3423-3378/98190-1576
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Contatos 
Marcus Aragão
Erica Manoela
Paulo Pinto

Liliane Pimenta
Colunas
Pau na preá
Falando direito

Tecnologia

Notícias
Relatório policial
Alagoinhas


Mundo
Saúde
Esporte
Beleza