Com Geilson na base, governo traça estratégia com duas candidaturas para Feira em 2020


A chegada de Carlos Geilson (PSDB) na base do governador Rui Costa (PT) antecipou as discussões que irão escolher o candidato a prefeito de Feira de Santana do grupo em 2020. Além do tucano, que não se reelegeu deputado estadual neste ano e agora deseja o apoio do governo para ganhar a prefeitura, Zé Neto (PT), eleito deputado federal, também é cogitado para disputar o Paço Municipal Maria Quitéria como fez em outras três eleições municipais.

Otimista com o resultado positivo nas urnas de quem elegeu as maiores bancadas em 2018, o governo vê espaço para Geilson e Zé Neto disputarem a prefeitura com a bênção de Rui Costa (PT). Os dois políticos são consideradas lideranças no município com potencial eleitoral.

A estratégia repetiria a dobradinha feita por Alice Portugal (PCdoB) e Sargento Isidório (Avante) no pleito municipal de Salvador em 2016. Naquele ano, ACM Neto (DEM) foi reeleito prefeito da capital no primeiro turno.

Na opinião de interlocutores da base, Geilson e Zé Neto têm seus próprios eleitores, o que poderia multiplicar e não dividir o número de votos com a dobradinha. Apesar da possibilidade ventilada, nem o tucano e nem Zé Neto ainda tratam publicamente o assunto.

O líder da maioria na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) já tentou outras três vezes se eleger prefeito da Princesa do Sertão, sem obter sucesso em 2004, 2012 e 2016. Já Geilson, em 2018, não conseguiu se reeleger deputado estadual.

 

DO OUTRO LADO
Na oposição, que ainda tenta se reorganizar após as eleições do início do mês, o assunto é evitado. O atual prefeito, Colbert Martins (MDB), pode disputar a reeleição. Os nomes de Targino Machado (DEM) e Irmão Lázaro (PSC) também aparecem entre os cotados.

Terra da deputada federal Dayane Pimentel, Feira ainda também não está nos planos do PSL por agora. “Nosso foco é, por hora, o governo de Jair Bolsonaro” , declarou a presidente estadual Dayane Pimentel sobre a organização da legenda para o pleito municipal em 2020.

Foto: Reprodução / Bahia na Política

Preso cria ‘setor de telefonia’ na cadeia e publica selfie na web para comemorar


SAP confirmou que presos tentavam burlar bloqueio de sinal de celular. Após revista, 17 celulares foram apreendidos e 14 presos foram transferidos do litoral para outros locais.

Uma ‘selfie’ tirada por um preso que está no Centro de Detenção Provisória (CPD) de São Vicente, no litoral de São Paulo, e se espalhou rapidamente pelas redes sociais, ajudou a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) do Estado a identificar um grupo que fraudava o bloqueio de sinal de celular na unidade. Pelo menos 14 detentos envolvidos na ação foram transferidos.

Detentos com celulares dentro do CDP — Foto: G1 Santos

Segundo apurado pelo G1, o ‘setor de comunicação’ era comandado de dentro de uma das celas da unidade. Os presos se revezavam entre as gambiarras e celulares para burlar o sistema e trocar informações de dentro para fora do CDP.

Por meio de nota, a SAP confirmou, nesta terça-feira (23), que a partir de informações obtidas pelo Núcleo de Inteligência da pasta fez uma revista geral na última segunda-feira (22) na unidade. “Um grupo de presos estaria tentando fraudar o sistema de bloqueio de aparelhos de celular na unidade”, informou.

Ainda de acordo com a secretaria, os detentos não conseguiam fazer ligações, mas havia “vazamento eventual de sinal de internet”. Durante a revista, os agentes apreenderam 17 aparelhos celulares. Eles também conseguiram identificar 14 detentos envolvidos na ação. O grupo foi isolado e depois transferido para outras unidades.

Reforço no bloqueio

O CDP de São Vicente fica às margens da rodovia Padre Manoel da Nóbrega, no Samaritá. A unidade é reservada apenas para presos provisórios, com prisão preventiva ou temporária decretada. O local não abriga condenados.

Centro de Detenção Provisória de São Vicente, SP — Foto: Fernanda Luz/A Tribuna de Santos

A SAP também informou ao G1 que depois da descoberta da fraude, técnicos do sistema de bloqueio de sinal de celular estiveram na unidade para reforçar o sistema. “Está sendo instalada uma tela de 16 metros ao lado da rodovia para evitar arremessos de novos aparelhos”, finaliza a nota.

G1 Santos

Marina Silva declara ‘voto crítico’ em Fernando Haddad


Ex-candidata afirmou que a campanha de Jair Bolsonaro (PSL) é um perigo à democracia

A candidata derrotada à Presidência Marina Silva (Rede) declarou, em comunicado divulgado nesta segunda-feira (22), “voto crítico” no presidenciável Fernando Haddad (PT). Uma pesquisa Datafolha divulgada no dia 10 de outubro mostrou que os eleitores de Marina eram mais favoráveis a um apoio dela a Haddad -37% escolheram o petista e 18%, o capitão reformado. Outros 33% votariam branco ou nulo e 11% não souberam dizer.

No primeiro turno, Marina teve cerca de 1% dos votos válidos (1.069.577). “Sei que, com apenas 1% de votação no primeiro turno, a importância de minha manifestação, numa lógica eleitoral restrita, é puramente simbólica. Mas é meu dever ético e político fazê-la”, disse. Marina Silva ficou em oitavo lugar na corrida presidencial. Foi a pior derrota nos três pleitos que disputou.

No comunicado de apoio ao petista, ela afirmou que a campanha do candidato Jair Bolsonaro (PSL) é um perigo à democracia, ao meio ambiente, ao respeito à diversidade e aos direitos civis.

“Vejo no projeto político defendido pelo candidato Bolsonaro risco imediato para três princípios fundamentais da minha prática política: primeiro, promete desmontar a estrutura de proteção ambiental conquistada ao longo de décadas. Chega ao absurdo de anunciar a incorporação do Ministério do Meio Ambiente ao Ministério da Agricultura. Segundo, é um projeto que minimiza a importância de direitos e da diversidade existente na sociedade, promovendo a incitação sistemática ao ódio, à violência, à discriminação. Por fim, em terceiro lugar, é um projeto que mostra pouco apreço às regras democráticas, acumula manifestações irresponsáveis e levianas a respeito das instituições públicas e põe em xeque as conquistas históricas desde a Constituinte de 1988”, disse Marina.

O capitão reformado já informou que pretende unir dois ministérios: Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário. Se eleito, o cotado para assumir a pasta é o amigo Luiz Antonio Nabhan Garcia, 60. Após o resultado do primeiro turno, Marina chegou a dizer que tinha “fortes críticas” a Haddad, mas via no candidato do PSL um perigo para grupos vulneráveis.

Foto: Sérgio Lima/PODER 360

 

Plantão de polícia – 23/10/18


Vários assaltos registrados entre Disep e Delegacia sede da 2ª Coorpin

Loteamento Santa Terezinha próximo da creche

Vítima mulher eram por volta das 9 da manhã quando foi abordada por um elemento a pé porém armado de revólver.  Teve de entregar a bolsa com celular, R$ 57,00 reais mais documentos.

Central de Abastecimento

Imagem ilustrativa

Segundo a vítima estava em seu estabelecimento comercial, quando entraram dois elementos um deles carregava uma mochila preta nas costas porém amos empunhavam revólveres.  Teve de entregar dois celulares e cerca de R$ 400,00 reais.  O roubo se deu as 8:30 .

BR 110 Riacho da guia região das torres

Vítima homem pedalava sua bike marca TSE aro 29 preta com adesivos vermelho, quando foi surpreendido por dois marginais numa moto modelo Twister vermelha da antiga, quando o carona armado ordenou que este entregasse a bicicleta e o celular.  Fato se deu por volta das 7:30 .

Rua Dr João Dantas

Vítima homem segundo relato tinha estacionado o carro mas estava falando ao celular, quando foi surpreendido por dois marginais que estavam de moto. Sob a mira de um revólver teve de entregar o aparelho. O roubo foi as 11:30.

Rua do Sossego Santa Terezinha

Eram por volta das 17:30 quando a vítima disse que estava chegando em casa e naquele momento foi abordada por dois marginais em uma moto alta.  Que o carona se disse armado e o tempo todo ficou com a mão por debaixo da blusa. Teve de entregar o seu aparelho um J5 prime rosa.

Fazenda Pindobal Buracica

Imagem ilustrativa

Vitima homem segundo ele teve o seu estabelecimento comercial um barzinho que também funciona como açougue arrombado, onde levaram as seguintes mercadorias: 33 quilos de carne de boi fresca que estavam no freezer, uma pistola de aplicar injeção em animais avaliada em R$ 400,00 reais, e mais R$ 30,00 reais em dinheiro trocado.

Pindobal II

Vítima homem relatou que sua casa foi arrombada pelo telhado, sendo levado 5 sacos de semente de amendoim de 80 litros cada, um botijão de gás e um rádio automotivo.

Central de abastecimento

Imagem ilustrativa

Vítima mulher, segundo seu relato foi atacada por um marginal próximo da entrada do Dois de Julho, sendo roubado a sua bolsa contendo o seu passe do SMTT mais a quantia de R$ 36,00 reais.  Que o malandro puxou com força e saiu correndo.

 

CNT/MDA: Bolsonaro tem 57% das intenções de voto; Haddad aparece com 43%


Entre os eleitores de Bolsonaro, 8,9% afirmou que ainda pode mudar de voto; 8,7% podem mudar o voto em Haddad

Na primeira pesquisa CNT/MDA de intenções de votos para o segundo turno do instituto, o candidato Jair Bolsonaro, do PSL, aparece na liderança das intenções de votos com 57% dos votos válidos. O candidato do PT, Fernando Haddad, aparece com 43% de intenção de votos válidos.

A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Nos votos gerais, o candidato do PSL também aparece na liderança, com 48,8% das intenções, e o candidato do PT marca 36,7%. Brancos e nulos somaram 11% e 3,5% dos entrevistados não souberam ou não opinaram.

Dos entrevistados que declararam voto em Bolsonaro, 91,1% afirmaram que a decisão é definitiva e 8,9% afirmaram que ainda podem mudar. Dos que afirmaram votar em Haddad, 91,3% afirmaram que a decisão é definitiva e 8,7% falaram que ainda podem mudar de ideia. A pesquisa entrevistou 2.002 eleitores neste final de semana.

Varela Notícias

 

Em Paris, Ciro Gomes fala que o Brasil “está doente” e se diz cansado: “Não dá mais”


Ciro disse que “realmente está muito difícil”

Foto: Reprodução / Youtube

O candidato que ficou em terceiro lugar nas eleições presidenciais, Ciro Gomes (PDT), foi abordado por uma brasileira na estação Chatelet de metrô em Paris. Ele estava acompanhado da namorada Gisele.

Na Europa desde que terminou o primeiro turno, Ciro não tem data para voltar ao Brasil. A brasileira, Érika Campelo, que é diretora de uma associação cultural, questionou o pedetista o motivo dele ter deixado o país.

Ciro disse que “realmente está muito difícil” e que o Brasil “está doente”, segundo o jornal Folha de São Paulo. “Mas eu estou muito cansado. Estou batalhando há três anos. E não dá mais”, falou.

Ele acrescentou que o PT “errou” ao preferir “disputar com Bolsonaro no segundo turno”. Com 12 milhões de votos, Ciro ainda elogiou Haddad, mas afirmou que a esquerda deveria ter debatido para saber quem seria o melhor candidato para o momento.

Varela Notícias