Homem é preso após estuprar filha de 11 anos no interior do estado


Um homem, cuja identidade não foi divulgada, foi preso suspeito de estuprar a própria filha, de 11 anos, na noite desta quarta-feira, 16, na cidade deTremedal, no sudoeste do estado.

Foto: Luciano Carcará

O suspeito foi desmascarado  após levar a criança para o Hospital Municipal, afirmando que ela estava muito agitada. Segundo a polícia, durante avaliação, os médicos descobriram que a criança havia sido abusada sexualmente.

A Polícia Militar foi acionada e agentes da 80ª CIPM estiveram na unidade de saúde para  efetuar a prisão.

A Tarde

Prefeito Joaquim Neto sanciona Lei da Ficha Limpa Municipal


O prefeito Joaquim Neto sancionou, na última sexta-feira (11), a lei que dispõe sobre a vedação para a ocupação de cargos comissionados na Prefeitura, Câmara legislativa, autarquias e fundações de Alagoinhas, a chamada “Lei da Ficha Limpa”.

Entre os impeditivos para o preenchimento de cargos em comissão no âmbito municipal, estão a proibição da nomeação de pessoas que tiverem representações julgadas procedentes pela Justiça Eleitoral, direitos políticos suspensos por improbidade administrativa ou que foram condenadas em decisão transitada em julgado ou proferida em órgão colegiado, desde a condenação até o transcurso prazo de 8 anos, após o cumprimento da pena por crimes: contra a vida e dignidade sexual, economia popular, administração pública, o sistema financeiro, meio ambiente e saúde pública, tráfico de entorpecentes e participação em organizações criminosas.

A Ficha Limpa Municipal também será exigida para as empresas contratadas pelo município e para os dirigentes de entidades sem fins lucrativos que recebem auxílio público e membros de conselhos municipais.

Os servidores comissionados deverão comprovar anualmente que estão em condições de exercer o cargo, e no  caso dos servidores efetivos, a comprovação será feita no ato da admissão.

“A nossa gestão preza por uma administração responsável e transparente e a Lei da Ficha Limpa é mais uma medida que vem para proteger o setor público, garantindo a integridade e a moralização”, destacou o prefeito.

O texto diz, ainda, que caberá ao Poder Executivo e ao Poder Legislativo a fiscalização dos atos em obediência à lei, com a possibilidade de requerer aos órgãos competentes informações e documentos necessários para o cumprimento das exigências legais. O poder executivo terá o prazo de sessenta dias, contados a partir da publicação da lei, para se adaptar e regularizar a situação dos funcionários já nomeados.

Confira a Lei na íntegra:https://doem.org.br/ba/alagoinhas?dt=2019-01-11

Secom/Prefeitura de Alagoinhas

Redes Sociais: ‘Desafio dos 10 anos’ levanta debate sobre reconhecimento facial


Jogo que viralizou no Facebook e Instagram levantou discussão entre especialistas

Se você é usuário da rede social Facebook ou Instagram, dificilmente ainda não viu na sua linha do tempo alguma publicação de um amigo com duas fotos, uma de 2009 e outra de 2019. O jogo, apelidado de “desafio dos 10 anos” (ou #10yearchallenge, na hashtag do termo em inglês), viralizou desde ontem (16) e tornou-se a principal “brincadeira” do momento na plataforma.

O desafio ganhou toda forma de adaptação, desde pessoas postando fotos comparando suas imagens nos últimos dez anos até um gancho para comparação de artistas, políticos, locais e situações. O meme tornou-se um recurso para debates desde a evolução pessoal dos usuários até discordâncias políticas no site.

Foto: Reprodução

Contudo, a popularidade do desafio provocou também debate por parte de especialistas em segurança da informação e proteção de dados pessoais. A consultora e autora de livros em tecnologias digitais norte-americana Kate O’Neill publicou questionamentos nas redes sociais e na mais importante revista de tecnologia do mundo, Wired, apontando até que medida as imagens publicadas não poderiam estar sendo usadas para “treinar” o sistema do Facebook que realiza o reconhecimento facial dos usuários.

Marcação automática
Quando uma imagem é publicada, a rede social realiza essa identificação. Essa funcionalidade aparece, por exemplo, quando ela “sugere” a marcação do usuário ou de amigos em fotos. Anteriormente, apenas o usuário realizava tal marcação.

Contudo, a plataforma passou a realizar esses “escaneamento” em toda as imagens e “avisar” a pessoa quando uma foto foi publicada. O argumento foi que o usuário tivesse maior controle sobre conteúdos relacionados a si circulando no site. Contudo, a implantação deste recurso gerou críticas. O Facebook reagiu e configurou a funcionalidade como uma opção que pode ser desativada pelo usuário.

O reconhecimento, mesmo com esse dispositivo de regulagem, é feito por meio de uma tecnologia que “aprende” como melhorar esse procedimento a medida que ela recebe mais dados ou mais fotos. Daí surgiu o questionamento de Oneil e de outros especialistas acerca de como tais imagens de 10 anos atrás poderiam estar “alimentando” o banco de dados do Facebook e “treinando” seus sistemas.

“Isso pode acontecer. É uma métrica bem objetiva para os sistemas aprenderem. A grande dificuldade é fazer padrões universais e isso é um padrão objetivo, uma vez que possui anos definidos. Isso poderia ser utilizado para treinar esses sistemas”, avalia o pesquisador em privacidade e professor na consultoria DataPrivacy Brasil Renato Leite.

Facebook
Com a repercussão das dúvidas, o Facebook se posicionou sobre o assunto. “Esse é um meme criado pelos usuários das nossas plataformas e que viralizou espontaneamente. O Facebook não começou essa onda e o meme geralmente usa fotos que já estão no Facebook. Nós não ganhamos nada com esse meme (além de nos lembrar das tendências questionáveis de moda de 2009). Como lembrete, vale dizer que as pessoas no Facebook podem escolher se querem deixar o reconhecimento facial ativo ou não a qualquer momento”, explicou a empresa, em nota.

Contudo, Leite diz que as fotos postadas pelos usuários, pelo tempo (10 anos atrás), não necessariamente estavam disponíveis ou haviam sido publicadas na rede social. “Se as fotos são postadas na linha do tempo e o Facebook vai fazer análise porque faz parte do algoritmo, então eles estariam se beneficiando. Por mais que o Facebook diga que é iniciativa de terceiros, a questão chave é se realmente a empresa está utilizando as fotos para treinar os seus algoritmos com essas métricas”, disse o professor.

Essa dúvida, acrescenta o especialista, levanta uma reflexão sobre a necessidade de mais transparência pela companhia em relação aos seus usuários para que estes saibam de que maneira suas imagens são usadas e para quais finalidades. Ele acrescenta que o impacto vai além dos próprios usuários, uma vez que os sistemas mapeiam inclusive pessoas fora da rede social quando uma foto é publicada, gerando uma identificação única, ou um “perfil fantasma”.

Criar debate
A analista de políticas da organização mundial de direitos digitais Eletronic Frontier Foundation Veridiana Alimonti, pondera que independentemente da empresa se beneficiar ou não a respeita da brincadeira, a polêmica em torno do desafio foi benéfica por colocar em debate os riscos do reconhecimento facial.

Sua entidade, a EFF, realizou estudos apontando as ameaças, como o uso malicioso de dados biométricos, o compartilhamento sem transparência entre poder público e empresas privadas ou até mesmo prejuízo a pessoas por uma identificação errada de quem ela é.

Veridiana acredita que debates como esse podem ajudar o cidadão a ficar mais consciente de como disponibiliza suas informações em redes sociais como o Facebook. “Se essa discussão chama a atenção para isso, que seja um alerta para como as pessoas estão lidando com as plataformas em relação às informações que elas possuem e quais usos elas fazem”, disse.

Agência Brasil

Detento volta de saída temporária com nove celulares e 52 objetos no estômago em SC


Um detento da Colônia Agrícola Penal de Palhoça, em Florianópolis, voltou de uma saída temporária com nove celulares e outros 52 objetos, entre cabo USB, isqueiro, drogas, e outros, dentro do estômago. O homem de 24 anos foi flagrado ao passar  por um scanner de revista corporal. Ele foi submetido a uma cirurgia para retirada dos objetos.

Foto: Divulgação

Os agentes penitenciários desconfiaram do comportamento do detento assim que ele entrou na unidade, de acordo com o G1. O homem é portador de necessidades especiais e usa muletas e quando foi submetido ao detector, o equipamento sinalizou a presença de metal.

Os agentes levaram o preso até o Complexo Penitenciário do Estado, em São Pedro de Alcântara, onde realizaram nova inspeção de imagens com o aparelho de scanner e detectaram os objetos metálicos no estômago.

Ainda conforme apurado pelo G1, o detento passou por um procedimento cirúrgico, e nesta quarta-feira (16) segue internado e passa bem. A Secretaria de Justiça e Cidadania de Florianópolis informou que o preso, que já respondia por porte ilegal de arma, roubo e tráfico de drogas, também vai responder criminalmente pelo caso.

Bahia Notícias

Gasto mínimo para ter uma arma em casa é de R$ 3,7 mil


Despesas incluem a compra do armamento, da munição e regularização

O cidadão que decidir adquirir um revólver ou pistola após a entrada em vigor das novas regras para a posse de armas desembolsará, no mínimo, cerca de R$ 3,7 mil para regularizar sua situação, cumprindo a todos os pré-requisitos exigidos por lei. O valor inclui a aquisição do armamento escolhido e a obtenção dos documentos necessários.

Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Agência Brasil consultou a empresa brasileira Taurus sobre a sugestão de preço médio para a venda de armas de calibres permitidos (.38 / .380 / .22 / .36), mas como não obteve respostas até a publicação desta reportagem, consultou a sites de diferentes lojas que oferecem seus produtos na internet.

O revólver mais barato encontrado, um .38 de cinco tiros, custa a partir de R$ 3,1 mil. As mesmas lojas oferecem revólveres .22 a partir de R$ 4 mil. A pistola de mesmo calibre custa a partir de R$ 6 mil.

Um revólver .36 pode ser adquirido por R$ 4 mil e a pistola .380 a partir de R$ 5 mil. Conforme explicou, por telefone, o vendedor de um dos estabelecimentos, os preços são para a venda online, podendo variar na loja física.

Despesas
A aquisição de uma arma ainda envolve outros custos. É preciso, por exemplo, pagar R$ 88 para a Polícia Federal (PF) a fim de obter o registro necessário para manter o revólver em casa ou no local de trabalho. Com a publicação do Decreto nº 9.685, ontem (15), a validade do Certificado de Registro de Arma de Fogo aumentou de cinco anos para dez anos.

O decreto também estipula que, ao solicitar o registro, o interessado que vive ou trabalha em local com crianças, adolescentes ou pessoa com deficiência mental deve declarar possuir cofre ou local seguro com tranca para armazenar a arma.

O Estatuto do Desarmamento, de 2003, prevê pena de detenção de até dois anos, além de multa, a quem permitir que crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência mental apanhem a arma.

Avaliação
O candidato que comprar um revólver ou pistola também precisa se submeter a uma avaliação psicológica que confirme que ele está apto a possuir uma arma em casa ou local de trabalho. Para ser aceito, o laudo deve ser emitido por um profissional devidamente habilitado e credenciado pela Polícia Federal (PF).

A relação de psicólogos credenciados em todo o país está disponível no site da PF. O custo da avaliação, no entanto, é referenciado pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP). A tabela de honorários ainda disponível no site do conselho sugere os preços mínimo (R$ 280,87) e máximo (R$ 655,36).

A legislação estabelece a obrigatoriedade de o candidato comprovar capacidade técnica para manusear uma arma de fogo. A relação de instrutores de armamento e tiro credenciados também está disponível no site da PF, que afirma que o valor cobrado pela aplicação do teste não pode exceder R$ 80.

No entanto, dois instrutores ouvidos pela Agência Brasil explicaram que, a este valor, devem ser acrescidos os custos com a munição gasta e, se necessário, despesas com o aluguel de uma arma e do estande de tiros. Somadas, todas estas despesas podem variar entre R$ 240 e R$ 300, dependendo da localidade.

Os demais documentos exigidos, como as certidões negativas de antecedentes criminais e de que o interessado não está respondendo a inquérito policial ou a processo criminal, podem ser obtidas pela internet, sem custos, nos sites da Justiça Federal, Estadual, Militar e Eleitoral.

Bahia.ba

Catu: Decisão da Coelba de retirar equipamentos de Provedores de Internet dos postes pode causar caos na cidade


Funcionários da Coelba iniciaram na manhã da última segunda-feira (15) a retirada dos equipamentos das empresas Provedoras de Internet instalados nos postes da cidade de Catu, localizada a 78 km de salvador. A ação revoltou os proprietários das empresas que se reuniram e impediram a continuidade da mesma, as quais chamaram de arbitrária e desrespeitosa.

Segundo os empresários, a ação da Coelba aconteceu após os mesmo se recusarem a pagar uma taxa imposta pela concessionária de R$7,14 por cada poste usado. Para Robson Gonçalves, proprietário da Filnet, essa taxa acabaria resultando no aumento final aos consumidores. “Essa taxa é um absurdo, a minha empresa, por exemplo, utiliza 2.027 postes e esse valor se confirmando teríamos que pagar um valor absurdo à Coelba e o pior, o consumidor final é quem acaba pagando esta conta”, pontuou Robson.

Para Geanderson de Jesus Batista, proprietário da Primmusnet e presidente da Associação dos Provedores de Internet do Brasil (APIEB) os valores impostos pela Coelba é um absurdo e pode até levar a falência alguns provedores da cidade. “Nós já entramos com uma ação na justiça para que a Coelba informe os valores cobrados às operadoras Oi, Claro, Tim e Vivo, pois suspeitamos que seja um valor bem menor que os cobrados aos provedores, mas até o momento a Coelba não revelou esse valor. O que queremos é que sejam cobradas taxas justas para que não seja necessário repassá-las para os consumidores final. Através da Prefeitura de Catu (intermediadora) nós conseguimos agendar para terça-feira (23) uma reunião com alguns diretores da Coelba, onde discutiremos um valor mais justo e com os prazos necessários”, disse Geanderson.

Segundo alguns empresários, ações como estas tem sido tomadas pela Coelba em cidades do interior, a exemplo de Olindina onde a Coelba retirou de forma arbitrária os equipamentos das empresas de Provedores instalados em seus postes.

Catu Notícias

Jogadores do Vitória estão há até três meses sem receber salário


O décimo terceiro, os direitos de imagem e a quantia referente às férias também estão atrasadas

Os jogadores do Vitória continuam sem receber salário, valores dos direitos de imagem, quantia referente às férias e até mesmo o décimo terceiro.

De acordo com o ATarde, uma fonte ligada ao rubro-negro, que preferiu não se identificar, informou que alguns jogadores da equipe principal estão com as quantias atrasadas por até três meses.

Ainda segundo o jornal, a assessoria do Leão explicou que a falta de pagamento se deve ao atraso no repasse do valor das transmissões internacionais do Campeonato Brasileiro e afirmou ainda que a diretoria do clube baiano se reuniria na tarde de hoje (16) para tentar reverter o quadro.

Metro1

De olho em 2020, Rui e Neto vão ao Bonfim como cabos eleitorais


A eleição para a prefeitura de Salvador acontece em 2020, mas o termômetro já começa a aferir a popularidade dos possíveis candidatos na Lavagem do Bonfim deste ano de 2019.

Foto: Arquivo/BNews

Considerados os principais cabos eleitorais para o pleito do ano que vem, o prefeito ACM Neto (DEM) e o governador Rui Costa (PT) confirmaram a participação no cortejo que começa após a missa realizada em frente à Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, às 8h. A caminhada com destino à Colina Sagrada deve começar por volta de 9h30.

O prefeito ACM Neto busca viabilizar ao menos dois nomes do seu grupo político para a sua sucessão. Até o momento, o nome do vice-prefeito Bruno Reis (DEM) e o do vereador e deputado estadual eleito Leo Prates (DEM) despontam como principais apostas.

No campo do governador Rui Costa, o cenário se encontra pulverizado com a especulação apontando diversos nomes. Até o momento, já foram ventilados o deputado federal Cacá Leão (PP) e o deputado estadual Pastor Sargento Isidório (Avante). Há ainda uma sinalização para o nome do presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, que já integrou a gestão de ACM Neto. Walter Pinheiro, senador no fim do mandato eletivo, também já demonstrou interesse em concorrer ao Executivo soteropolitano.

BNews

Criança de dois anos morre engasgada com pedaço de carne no sul da Bahia


Caso aconteceu no povoado de Mundo Novo, no município de Eunápolis.

Uma criança de dois anos morreu após se engasgar com um pedaço de carne, enquanto almoçava, na tarde de terça-feira (15), no povoado de Mundo Novo, no município de Eunápolis, no sul da Bahia.

Foto: Arquivo Pessoal

Segundo informações da Polícia Civil, a menina, identificada como Hadassa Gomes Reis, almoçava com a mãe, quando se engasgou. Os familiares da vítima tentaram retirar o alimento da boca da menina, mas não conseguiram.

De acordo com a polícia, a criança foi levada para o posto médico do povoado, mas ela já estava morta. O pedaço da carne só foi retirado quando uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou de Eunápolis, cerca de 10 km do local do acidente.

O corpo de Hadassa foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Eunápolis. O velório e o sepultamento da criança acontecem na tarde desta quarta-feira (16), no Cemitério de Mundo Novo.

G1

Bahia fica no 1 a 1 com o CRB em estreia no Nordestão dentro de casa


O time alagoano saiu na frente, mas Gilberto arrancou um empate para o Esquadrão

O Bahia empatou por 1 a 1 com o CRB na noite de hoje (16), em partida na Fonte Nova, válida pela fase de grupos da Copa do Nordeste deste ano. O jogo marcou a estreia do clube baiano na temporada.

Foto : Felipe Oliveira/EC Bahia

O time alagoano saiu na frente logo no começo do primeiro tempo, aos seis minutos. Em lance de escanteio, o volante Matheus Silva invadiu a grande área e mandou a bola para o fundo das redes.

O empate do Esquadrão veio logo depois, aos oitos minutos ainda do primeiro tempo, quando o atacante Gilberto aproveitou o cruzamento de Paulinho e cabeceou para o fundo das redes.

Metro1

 

TV Aratu coloca mulher para comentar ‘beleza’ de jogadores no intervalo do Nordestão e revolta internet


Na internet, as reações não foram positivas. “Que quadro ridículo, desnecessário e estigmatiza a mulher como uma imbecil”

Não pegou nada bem a ideia da TV Aratu de colocar uma mulher para comentar a “beleza” dos jogadores da dupla BA-VI durante o intervalo do Nordestão. O quadro, que foi ao ar ontem (15), só traz observações sobre as novas contratações da dupla.

Foto : Divulgação

Até mesmo o “volume peniano” de um dos jogadores foi alvo de observações. “Você pode me atacar em casa. Só vem”, pede a apresentadora que não tem o nome revelado.

Na internet, as reações não foram positivas. “Que quadro ridículo, desnecessário e estigmatiza a mulher como uma imbecil que é incapaz de saber sobre futebol”, diz. “Lamentável, TV Aratu! O torcedor quer informação, e não essa babaquice travestida de cobertura da Copa do Nordeste”, observa outro.

No Twitter, o diretor de jornalismo da emissora Pablo Reis se manifestou a favor da atração. “Os fundamentalistas do futebol ainda conseguirão um grande objetivo: disfarçar seus QIs de anelídeos usando análises táticas, fraudes estatísticas e burrices embaladas em expressões clichês. Com isso, terminarão rebaixando o jogo a algo tão divertido quanto suas vidas cartoriais”, escreveu.

Metro1