MEC libera R$ 406 milhões para escola em tempo integral


O governo federal liberou R$ 406 milhões para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) para todas as 27 unidades de federação. A liberação, assinada  pelo presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Educação, Mendonça Filho, nesta quarta-feira (17), em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, vai ampliar de 516 escolas financiadas pelo MEC, em 2017, para 967 em 2018, representando um aumento de 87% de escolas atendidas em todo o país.

Os recursos destinados ao programa este ano ultrapassarão R$ 700 milhões. No total, o MEC apoiará progressivamente 500 mil matrículas nas Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral.

Foto: Reprodução

Segundo o MEC, o programa é inspirado em uma experiência do Estado de Pernambuco, que foi um dos primeiros na implantação desse perfil de escola. As notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dessas escolas tiveram média 1,1 superior, além de menores taxas de evasão e de reprovação – de 90% e 40% menores, respectivamente.

Além do Programa de Fomento às Escolas de Tempo Integral do Ensino Médio, as mudanças  nessa etapa de ensino incentivam as formações técnicas e a flexibilização do currículo do ensino médio. Isso permitirá aos estudantes optarem pelas áreas do conhecimento e itinerários formativos que estejam de acordo com suas vocações. A carga horária anual também vai aumentar de 800 para 1000 horas, obrigatoriamente.

Adesão 

Para participar do programa, as secretarias de educação dos Estados e do Distrito Federal devem apresentar um plano de implementação ao MEC, que fará a avaliação seguindo critérios, tais como o número mínimo de 60 matrículas em tempo integral por ano escolar e carga horária de nove horas diárias – conforme dados oficiais do censo escolar do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A exceção serão as escolas de tempo integral em dois turnos, cuja carga horária deverá ser de sete horas diárias.

As escolas deverão oferecer infraestrutura mínima que disponha de biblioteca ou sala de leitura com no mínimo 50 metros quadrados; oito salas de aula com no mínimo 40 metros quadrados cada; quadra poliesportiva de 400 metros quadrados; vestiários masculino e feminino com 16 metros quadrados cada; cozinha de pelo menos 30 metros quadrados; e refeitório. Os recursos liberados pelo MEC também podem ser investidos na melhoria dessa infraestrutura.

Distribuição

Em 2017, foram beneficiadas 516 escolas com 148.760 mil matrículas apoiadas pelo MEC, que contaram com investimentos de R$ 298.820.199,92. Desse total, R$ 128 milhões foram para aquisição de equipamentos e disponibilização de infraestrutura, conforme os critérios exigidos pelo MEC. Os outros R$ 170 milhões financiaram despesas de custeio, como pagamento de contas de água e luz.

Para este ano, a previsão é chegar a 967 escolas, com 284.728 matrículas e investimentos de R$ 406.500.000,00, liberados nesta quarta-feira. Do total de recursos, cerca de R$ 173 milhões serão destinados para investimentos e os outros R$ 233 milhões para custeio.

O MEC repassa, anualmente, R$ 2 mil por aluno para os Estados ofertarem até 500 mil vagas de Ensino Médio em Tempo Integral. O valor é calculado pelo número de alunos atendidos no ano anterior e a previsão para término do curso.

Bocão News

Ex-goleiro do Vitória é preso em flagrante por suspeita de roubar alunas em academia de Salvador


O ex-goleiro da categoria Fut7 do Vitória, Bruno Matos, foi preso em flagrante suspeito de ter roubado dinheiro de alunas de uma academia em que trabalha como personal trainer. A situação aconteceu no condomínio Greenville, em Pituaçu, na terça-feira (16). De acordo com testemunhas, o homem teria levado cerca de R$ 2 mil da carteira de uma jovem.

(Foto: reprodução/Google Street View)

Segundo o delegado que está à frente do caso, Antônio Carlos Magalhães Santos, 12ª DP (Itapuã), em entrevista ao jornal Correio, o suspeito pegava a chave das alunas e entrava em seus apartamentos enquanto elas estavam se exercitando.

Por não ter passagens pela polícia, o personal prestou depoimento e foi liberado.

Varela Noticias

Gustavo Carmo não será candidato a deputado e declara apoio a Geraldo Melo e Paulo Azi na Digital FM 96,3


Foto: Reprodução

ENTREVISTADO: Gustavo Carmo (Advogado)

TEMA: Assuntos diversos

DATA: 17/01/2018

HORÁRIO: 07:00 HS

RÁDIO: Digital FM 96,3

PROGRAMA: Jornal Digital News

APRESENTADOR: Ailton Borges

OUÇA A ENTREVISTA NA INTEGRA :

 

 

Pauta Livre

Com apoio da Prefeitura, 1ª Caminhada do PROERD é realizada em Alagoinhas.


Quem passou pelo centro de Alagoinhas na manhã desta terça-feira (16) pôde acompanhar a Caminhada do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), realizada pela primeira vez no município.

A iniciativa é do 4º Batalhão da Polícia Militar, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) e, segundo organizadores, o objetivo principal era conscientizar a população, estimulando hábitos saudáveis entre crianças e adolescentes e alertando sobre o risco das drogas. “Na realidade, é uma forma de gerenciar mecanismos de proteção para eles. É muito fácil você dizer para o seu filho ‘droga faz mal’, mas poucas pessoas entram em detalhes. O Programa propicia que instrutores formados utilizem uma linguagem própria na hora da comunicação com essas crianças e adolescentes”, explicou o Tenente Coronel Jarbas.

O PROERD foi criado no Departamento de Polícia de Los Angeles, em 1983, e só chegou ao Brasil em 1992, através da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Na grade, estão previstas aulas ministradas por policiais militares treinados e fardados, que se voluntariam a participar e desenvolver atividades junto às escolas.

Em Alagoinhas, as atividades são realizadas para alunos do 5º ano de 13 escolas municipais e, apesar do amplo funcionamento no âmbito municipal, essa é a primeira vez que a caminhada é realizada na cidade. “Após 10 anos do PROERD em Alagoinhas, a 1ª Caminhada aconteceu na gestão de Joaquim Neto, com o apoio integral e indiscutível que o prefeito tem dado à Educação”, ressaltou o Secretário Fabrício Faro.

A Caminhada terminou na Praça Rui Barbosa e reuniu cerca de 600 estudantes. Segundo o Tenente Coronel Jarbas, a ação desenrola reflexos positivos para todos os envolvidos. “É um conjunto de coisas favoráveis. O policial fardado e equipado que atua como instrutor na escola ajuda a quebrar o paradigma de que o policial está ali apenas para reprimir e ajuda a mostrar a outra face da polícia. Ao mesmo tempo, a linguagem adotada pelos instrutores capacitados e o diálogo direto com os alunos se transformam em agentes multiplicadores, porque tudo o que esses estudantes aprendem, eles reproduzem, seja para a família, seja para os amigos”, pontuou.

Para representantes da Secretaria de Educação, essa relação tem se desdobrado de maneira positiva. “Abraçamos o projeto nessa gestão”, destacaram os envolvidos. Os policiais enfatizaram que o tripé pedagógico do programa é estruturado no trinômio “família/escola/polícia”, e a SEDUC informou que a turma do segundo semestre de 2017, que participou do Programa e da Caminhada, se forma nesta quinta-feira (18). A Secretaria também divulgou que, a partir de março, as atividades do PROERD serão retomadas, com início previsto junto ao calendário escolar.

 

Secom/PMA

Prefeito discute acessibilidade e mobilidade urbana durante reunião nesta terça-feira (16).


A manhã desta terça-feira (16) foi de muita discussão a respeito dos avanços em mobilidade e acessibilidade que serão promovidos na cidade. O prefeito Joaquim Neto esteve com o secretário municipal de infraestrutura, André Carvalho, equipe técnica da SECIN e com o superintendente da SMTT, Luiz Fernando, além de representantes das empresas que vão realizar as obras de infraestrutura em Alagoinhas.

Um dos temas apresentados pelo prefeito como prioridade é aumentar os espaços de lazer no município, dando aos cidadãos opções para melhorar o convívio social, oportunizar ambientes saudáveis para crianças e jovens brincarem e se exercitarem. Isto será possível com a finalização da reforma da Praça Frei Leão, em Alagoinhas Velha que já sinais de mudança. “Estamos trazendo um novo conceito de praça, queremos as pessoas ocupando as ruas, os espaços urbanos e por isso a praça não é só mais um banquinho, agora vai ter brinquedo para as crianças, equipamentos de ginástica, paisagismo e até ciclofaixas”, comenta Joaquim Neto.

Foto: Reprodução

Além da Frei Leão há previsão para reforma das praças Ruy Barbosa, que já tem projeto para execução, a Praça Kennedy também passará por reforma. Já na Avenida Luis Viana, próximo à Policlínica será construída a Praça da Juventude, que ainda passará pela fase de desenvolvimento de projeto. “Estamos pensando em algo mais moderno e diferente, por isso vamos fazer umas pesquisas e pegar umas referências antes de desenvolver o projeto”, disse André Carvalho.

Outra novidade que vai proporcionar mais lazer e fomento ao esporte será a instalação de ciclofaixas em pontos estratégicos da cidade, “estamos estudando a melhor forma para implementar as ciclofaixas. Esta ação dará vida e cara nova para Alagoinhas que vai respirar mais esporte e lazer, melhorando a autoestima da população”, conta Luiz Fernando. O sistema de ciclofaixas deve ser experimentado ao redor das praças Frei Leão e Ruy Barbosa, também na Avenida Josefh Wagner, Luis Viana e trechos da Rua Dantas Bião.

“Nós já estamos fazendo um ótimo trabalho com a colocação de piso podotátil nas ruas em que estamos realizando obras de requalificação, possibilitando às pessoas com necessidades especiais o acesso às ruas da sua cidade com conforto e segurança. Agora estamos avançando em alternativas de mobilidade que possibilitem meios de transporte zero poluentes, como a bicicleta”, pontua o prefeito.

 

Secom/PMA

Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia abre 10 vagas para auditor.


As chances são para auditor estadual de controle externo e auditor estadual de infraestrutura. O salário é de R$ 11.317,17.

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia divulgou um novo edital de concurso público para 10 vagas de auditor. O salário é de R$ 11.317,17.
As chances são para auditor estadual de controle externo (8) e auditor estadual de infraestrutura (2). No primeiro cargo é necessário ter nível superior em administração, ciências contábeis, ciência da computação e informativa, direito ou economia, em instituições reconhecidas pelo MEC.  Já para o segundo, os candidatos devem possuir curso superior em engenharia civil ou arquitetura, também reconhecidos pelo MEC.
Foto: Reprodução
Os interessados poderão se inscrever no certame a partir de 19 de janeiro até 19 de fevereiro, por meio do site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), organizador do certame.
O concurso será composto por prova objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos. Os exames objetivos serão realizados, na data provável de 8 de abril de 2018, no turno da tarde e a prova discursiva, em 13 de maio, no turno da manhã, em Salvador/BA.
As vagas poderão ser solicitadas na sede do Tribunal ou nas inspetorias regionais de controle externo do Tribunal, a critério da administração.
O prazo de validade do concurso é de dois anos, contados a partir da data de publicação  da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.
Correio Web