Aprovação do presidente Trump cai de 43% para 38%, diz pesquisa.


A aprovação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, caiu de 43% em setembro para 38%, de acordo com a nova pesquisa do The Wall Street Journal e da NBC News, divulgada neste domingo. O número representa o menor nível desde o início do mandato. A pesquisa revela também que 58% dos americanos desaprovam o desempenho de Trump no cargo até agora. Em contrapartida, 42% dos entrevistados aprovam o trabalho do republicano na condução da economia. Mais de oito de cada dez republicanos continuam a reconhecer positivamente o trabalho de Trump como presidente. A pesquisa identificou ainda uma queda do apoio ao presidente entre políticos independentes e sinais de erosão da aprovação por alguns dos principais grupos de apoio ao republicano. A aprovação de mulheres brancas sem diploma universitário, por exemplo, caiu para 40%, enquanto 54% desaprovam Trump. Em setembro, 50% delas aprovavam o presidente dos EUA e 46% o reprovavam. “Podemos estar vendo sinais de onde há um pouco de desgaste da base de apoio a Trump”, disse Fred Yang, pesquisador democrata que conduziu a pesquisa junto com o republicano Bill McInturff. A pesquisa ofereceu algum consolo à Casa Branca, que vem pressionando pela aprovação de uma reforma tributária, um das promessas de campanha de Trump. O presidente costuma destacar a baixa taxa de desemprego do país e o crescente mercado de capitais, mensagem que parece estar sendo assimilada: 42% dos americanos ouvidos na pesquisa aprovam a condução da política econômica por Trump, apontou o levantamento.

Luciano Huck tem até 8% das intenções de voto em pesquisa Ibope para presidente.


 

Caso as especulações em torno da candidatura do apresentador Luciano Huck à presidência da República se concretizem, ele pode ter uma quantidade significativa de votos nas eleições do próximo ano. Uma pesquisa Ibope divulgada neste domingo (29) pelo jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, indica que Huck teria até 8% das intenções de voto em um cenário sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocupando a terceira colocação entre os possíveis concorrentes ao Palácio do Planalto. Ele fica atrás apenas de Jair Bolsonaro e Marina Silva, ambos com 15%. Em um cenário com a presença de Lula, o apresentador da TV Globo fica com 5% das intenções de voto, empatado com Geraldo Alckmin e atrás de Bolsonaro, Marina e Lula.

Novo pacote contra corrupção pode incluir lei de abuso.


 

A Fundação Getulio Vargas e a Transparência Internacional planejam um amplo pacote anticorrupção que poderá incluir, entre outras medidas, a responsabilização dos partidos, novas regras para o fundo eleitoral e uma alternativa à lei de abuso de autoridade. Ao todo, 351 entidades civis e organizações foram convidadas a elaborar propostas que visam influenciar as eleições em 2018. A iniciativa foi anunciada na terça-feira passada pelo procurador da República, Deltan Dellagnol, como um pacote de “100 medidas contra a corrupção”. Segundo o coordenador do projeto, Michael Mohallem, da FGV Direito, as propostas estão em fase de discussão e serão mais amplas que as “10 Medidas Contra a Corrupção” redigidas pelo Ministério Público Federal. “Nós vamos tentar entrar na questão da responsabilização dos partidos que enfrentam problemas com suas figuras, vamos tentar criar regras para o Fundo Partidário e eleitoral e discutir a regulamentação do lobby.” Um dos temas em debate é uma alternativa ao projeto de lei sobre abuso de autoridade que voltou a tramitar na Câmara dos Deputados. A proposta é da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), uma das entidades convidadas a participar da elaboração do pacote. Segundo o presidente da instituição, Roberto Veloso, a medida quer retirar trechos polêmicos que estão presentes no texto do Congresso. “A base da nossa proposta é a retirada dos crimes de hermenêutica (interpretação distorcida das leis) e a retirada do cerceamento da condução coercitiva e da prisão preventiva”, disse Veloso. Outro ponto incluído na proposta é o fim da prerrogativa que garante a inviolabilidade dos escritórios de advocacia. A garantia está prevista no Estatuto da OAB. “Tornar esses ambientes imunes às investigações criminais pode ser um caminho para a impunidade.”

Líder do MSTS, Boulos é visto pela cúpula do PT como possível sucessor de Lula.


Dirigentes do PT perceberam sinais de que o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MSTS), Guilherme Boulos, prepara caminho para ocupar o lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando ele deixar o cenário político. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, Boulos tem deixado explícito que não pretende disputar a próxima eleição presidencial se Lula estiver concorrendo – no entanto, a cúpula do partido acredita que não existem atualmente sucessores na legenda que se adequem tão bem à imagem de líder das massas. Internamente, as discussões apontam a senadora Gleisi Hoffmann, que é presidente nacional da sigla, ou senador Lindbergh Farias (RJ), líder no Senado. No entanto eles não são unanimidade no PT e enfrentam problemas na Justiça. A projeção de Boulos é vista a longo prazo – os petistas não o veem, por exemplo, como alternativa imediata caso Lula não possa concorrer à Presidência da República em 2018. Avalia-se que ele poderá, já no próximo ano, entrar na corrida presidencial pelo Psol.

Integrantes da New Hit que estavam foragidos se entregaram à polícia no domingo (29)


Na noite do último domingo (29) os três músicos da Banda New Hit, que eram considerados foragidos, se apresentaram a polícia, na sede do Departamento de Polícia Interestadual (Polinter). São eles: Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho, conhecido como Dudu Martins, cantor da banda, Guilherme Augusto Campos Silva e Edson Bonfim Berhends dos Santos.

O Ministério Público Estadual (MP-BA) condenou, em 29 de agosto deste ano, oito músicos da banda pelo estupro de duas adolescentes, no município de Ruy Barbosa, em 2012.

Os outros cinco integrantes do grupo: Willian Ricardo de Farias, Weslen Danilo Borges Lopes, Michael Melo de Almeida, John Ghendow de Souza Silva e Alan Aragão Trigueiros foram presos na última terça (24) e seguem aguardando encaminhamento ao sistema prisional na sede da Polinter, no Complexo dos Barris, em Salvador.

Geddel Vieira Lima era crítico ao ‘zelo pela fortuna’


BRASÍLIA – Nos idos de 1981, o então formando em Administração Geddel Vieira Lima proferiu um discurso que poderia enquadrar e constranger o atual ex-ministro e cacique do PMDB, apontado como líder de organização criminosa e encarcerado na Papuda após a Polícia Federal ter apreendido R$ 51 milhões atribuídos a ele.

Estado leu o único livro escrito por Geddel, Visão Contemporânea da Sociedade. A obra registra a fala do peemedebista no dia de sua colação de grau na Universidade de Brasília (UnB). Orador da turma, Geddel criticou governantes zelosos com a própria fortuna ao discorrer sobre as “tormentas” da “exasperante” crise brasileira na época, última fase da ditadura militar e ano do atentado do Riocentro.

“Quase sempre é a organização política, social e econômica, implantada à revelia da vontade popular, com o desprezo dos mais comezinhos princípios democráticos, ensejadora do surgimento de ditadores que se arvoram em juízes dos destinos do povo, quando na verdade não passam de advogados de grupos e oligarquias, que integram e representam, e zelam pelas suas fortunas, esquecendo-se de cuidar do bem-estar da vida na terra”, disse na cerimônia que reuniu também os bacharéis em Ciências Contábeis.

 

 

Passados 36 anos, Geddel é acusado de receber propinas milionárias no cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, que ocupou no governo Dilma Rousseff. Está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, suspeito de obstruir a Justiça e ser o guardião do que a Polícia Federal batizou como um “tesouro perdido”, a maior apreensão da história. Os peritos encontraram fragmentos de digitais de Geddel na fortuna de R$ 51 milhões, ocultada em malas e caixas num apartamento usado pelo ex-ministro em Salvador.

O título Visão Contemporânea da Sociedade sugere mais profundidade analítica do que as 10 páginas da obra literária de Geddel guardam. Sem editora conhecida, o livreto é raro. Um dos exemplares jaz esquecido na Biblioteca Pedro Aleixo, da Câmara dos Deputados. Divide a prateleira com livros de autores que traçam análises sociológicas bem mais complexas, como Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda. O livro de Geddel nunca despertou muito interesse. Foi emprestado a um único leitor, em julho de 1998, pelo que se depreende do registro de devolução na última página.

No livro-discurso, Geddel fala sobre a redemocratização, quando o general João Baptista Figueiredo reestabeleceu o pluripartidarismo, globalização, escassez e sobre a destruição de recursos naturais, os riscos da expansão demográfica “que em uma década tornaria incontrolável a demanda por alimentos, serviços, transportes e espaços”.

“A anarquia e o desespero ameaçam o futuro da humanidade”, refletiu. “É chegado o momento da afirmação democrática… Urge restaurar a nossa democracia (…) efetivá-la e realizá-la, purificando-a e extirpando do seu seio a incompreensão, a violência, o arbítrio e a intolerância que não a vivificam nem a fecundam, porém a negam e sepultam”, escreveu.

Por mais de uma vez, Geddel, então com 22 anos, aborda com desconfiança os interesses das classes dominantes. Hoje, o ex-ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer e da Integração Nacional de Luiz Inácio Lula da Silva possui patrimônio de R$ 6 milhõesdeclarados à Justiça Eleitoral, entre fazendas, cabeças de gado, imóveis de luxo, incorporadora, posto de gasolina, restaurante e um título do Iate Clube soteropolitano.

 

 

Derrocada. Notabilizado pela instabilidade emocional, Geddel é considerado um dos últimos riscos judiciais ao amigo Temer, pela possibilidade de formalizar uma delação premiada. A derrocada dele começou depois de perder o cargo, acusado por outro ministro de Temer de advogar por interesses pessoais no governo, tentando liberar a construção de um prédio de luxo em Salvador.

Aos colegas de UnB, Geddel afirma que os formandos tinham dever de “administrar conflitos” e a “responsabilidade de auxiliar na administração dos países”. Por fim, ainda elogia a escolha do paraninfo da turma, que se tornaria seu maior adversário político, o ex-governador da Bahia e ex-senador Antônio Carlos Magalhães. Nas palavras de Geddel, ACM era “aquele que inspirará pela vida afora”. “A sua vida é um exemplo de dedicação à atividade política, um perfil de sabedoria administrativa.”

Anos mais tarde, ACM acusaria Geddel de se eleger com dinheiro de caixa 2 e divulgaria a fita Geddel Vai às Compras, em que acusa o peemedebista e familiares de enriquecimento ilícito por comprarem fazendas e apartamentos “sem ter recursos”. O ex-ministro, por sua vez, disse ter sido vítima de grampo ilegal, entre centenas de alvos, por ordem do ex-governador, morto em 2007. Mais tarde, depois de romper alianças com o PT, Geddel se reaproximaria do Carlismo por meio do atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Prazo para vacinação contra febre aftosa tem início nesta quarta-feira (1)


Tem início na próxima quarta-feira (1), a segunda etapa de vacinação contra febre aftosa no estado da Bahia. As vacinações seguem até o dia 30 de novembro.

A campanha tem como objetivo imunizar cerca de 3,5 milhões de bois e búfalos de até dois anos contra a doença.

A vacina deve ser adquirida em uma revendedora autorizada ou através de lojas de produtos agropecuárias cadastradas na Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).  A não compra pode implicar em autuação do responsável.

 

Varela Noticias

Criança morre após ser atingida na cabeça por um tamanco.


Dávila Chaylane Duarte, 8 anos, morreu na tarde desta sexta (27), no Hospital Santo Antônio, no estado do Ceará, após ser atingida por um tamanco, arremessado pela sua prima de 11 anos. O caso aconteceu na tarde de terça-feira (24) e, segundo a polícia, a menina brincava com a prima dentro de casa, no bairro Malvinas, na periferia de Barbalha. De repente, as duas meninas se desentenderam e a de 11 anos arremessou um tamanco contra a de 8 anos.

A garota desmaiou após a pancada e sofreu um traumatismo craniano encefálico (TCE). Os pais a levaram imediatamente para o hospital da cidade, onde ficou constatado que a pancada com um calçado de madeira provocou o traumatismo de crânio. Desde então, Dávila Chaylane permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nesta sexta, por volta das 14h30, a equipe médica constatou a morte da menina.

De acordo com informações do site Macaubense Life, o corpo de Dávila foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense de Juazeiro do Norte, por se tratar de uma morte considerada violenta. A Delegacia Regional de Polícia Civil de Barbalha deverá instaurar um inquérito para apurar o fato com base no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), já que a autora da agressão é ainda uma criança de acordo com a lei.

 

Bocao news

Saiu o Resultado da Licitação que Vai Ligar Alagoinhas e Região ás Praias.


O Idealizador e Coordenador do maior movimento popular da história de Alagoinhas e região Marcio Gomes, conhecido carinhosamente como Márcio da Linha Verde teve muito  o que comemorar nesta manhã de sábado (28) após sair o resultado no diário oficial do estado (28/10) da  CONCORRÊNCIA Nº 029/2017 para Implantação da Rodovia BA-504, trecho Itanagra – BA-099 (Linha Verde), extensão de 20,32 km,  ligando assim, definitivamente Alagoinhas e região as praias do Litoral Norte, com um investimento de R$ 24.276 milhões. O próximo passo agora é o governador Rui Costa dá a Ordem de serviço para iniciar as obras ainda este ano. A empresa ganhadora foi a CONTEK ENGENHARIA S/A ( conforme segue anexo )

O Movimento Popular acesso a Linha Verde nasceu no dia 01 de outubro de 2007 quando Márcio da linha verde e sua esposa Silvia de Moura começou a coletar as assinaturas inicialmente entre familiares e amigos e depois buscou o apoio do comercio, associações de bairro e do Radialista Ailton Borges em seu programa de grande audiência e em apenas dois meses conseguiu atingir a marca de 30.690 assinaturas que foi entregue ao  ex Governador da Bahia Jaques Wagner no dia 11/12/2007.

O ex Governador Wagner inaugurou a primeira etapa da obra de Araçás a Itanagra de 22 km no dia 28/09/2013 e o atual Governador Rui Costa autoriza a licitação para construir a última etapa de 20,32 km entre Itanagra a Linha Verde, concretizando um sonho de décadas de Alagoinhas e região de ficar mais próxima das praias.

Márcio da Linha Verde foi incansável na luta pelo acesso ás praias, porque além de arrecadar  30.690 assinaturas ele percorreu 25 prefeituras para pedir o apoio dos prefeitos tirando fotos com cada prefeito com uma placa que dizia: “eu apoio o movimento linha verde”,  entregue em 2008 ao ex governador Wagner. Levando o apelido de carrapato da linha verde, márcio continuou a sua saga marcando presença em 14  municípios, quando o governador inaugurava obra na região lá estava Márcio ao lado de sua esposa e uma  faixa pedindo a ligação para linha verde em nome do referido município .

Só tenha a agradecer primeiramente a Deus, a minha esposa e parceira do movimento, minha querida mãe que sempre me incentivou, aos governadores Rui e Wagner que apostou no projeto tornando-o uma realidade, aos 25 prefeitos da região na pessoa de Joaquim Neto que na época nos apoiou como prefeito de Sátiro Dias , a imprensa na pessoa de Ailton Borges ( Programa Pauta Livre ), Vanderley Soares ( jornal Gazeta ) e Edgar Torres ( voz da cidade ) e as 30.690 pessoas que assinaram o abaixo assinado apostando nesse importante projeto que vai fortalecer muito a indústria do turismo local com um acesso mais rápida e seguro as praias. Afirma emocionado Márcio da Linha Verde.

 

 

www.movimentolinhaverde.com.br – Essa conquista é de todos nós

VEJA ALGUNS VÍDEOS  DO MOVIMENTO LINHA VERDE

GOVERNADOR RUI COSTA AUTORIZA LICITAÇÃO QUE VAI LIGAR ALAGOINHAS ÀS PRAIAS.

MOVIMENTO POPULAR ACESSO À LINHA VERDE VEJA COMO TUDO COMEÇOU

Alagoinhas: Marido e Mulher foram assassinados dentro de barzinho.


 

Por volta das 22:00 horas de ontem domingo, dois elementos em uma motocicleta de dados não anotados,  praticaram um duplo homicídio, ao casal  Julio de Souza de 35 anos e sua esposa Meirelane de Jesus Cruz de 29 anos, eles residiam na rua Padre Araguaia mais conhecida como beco da Gilete, porém possuíam um estabelecimento comercial, denominado de Bar do Gado, que fica no conjunto residencial Vila de São Pedro.

Populares ao escutarem os disparos,  se dirigiram ao estabelecimento, mas o casal já agonizava nos últimos suspiros, não restando muita coisa a fazer.  Polícia Militar se fez presente preservando a área, logo depois chegou a equipe do DPT  e da delegacia ao comando do  Dr Marcel, onde  foi realizado o levantamento cadavérico, e que posteriormente ele dará seqüência as investigações.

O casal deixa um filho, os corpos das vitima foram encaminhados ao IML.