Empresário baiano é preso em operação contra sonegação fiscal em Pernambuco


Ação, deflagrada hoje pela manhã, prendeu outros dois envolvidos

Três pessoas foram presas, hoje (5), em uma operação deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco. Segundo o G1 Recife, a ação é de combate a uma quadrilha envolvida com sonegação fiscal no setor de combustíveis. Um empresário baiano foi preso na ação.

Foto : Paulo Abreu/Polícia Civil de Pernambuco

De acordo com a publicação, as prisões ocorreram após mandados expedidos pela única Vara da Comarca de Glória do Goitá. Foram detidos dois empresários de distribuição de combustível e outro de transporte. De acordo com o delegado-chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral, a estimativa é que a sonegação de impostos chegue a R$ 16 milhões.

“As distribuidoras não existiam de fato. Então, entre a usina que produziu o etanol e os postos de combustíveis deveria haver o distribuidor, que recolheria esse ICMS para o estado. Isso não existia, então ia direto da usina para as bombas que iam para os veículos e, com isso, havia a sonegação fiscal”, detalhou o delegado ao G1 Recife.

As investigações tiveram o apoio da Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária (Deccot) e do recém-criado Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco), vinculados a Diretoria Integrada Especializada (Diresp). A execução dos mandados envolve 40 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães.

Metro1

 

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.