Facebook exclui um bilhão de perfis falsos em cinco meses para impedir interferência eleitoral


O Facebook removeu um bilhão de perfis falsos em cinco meses a fim de evitar interferências eleitorais por desinformação e este tipo de contas falsas. As exclusões aconteceram entre outubro de 2017 e março de 2018. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (13), pelo fundador e CEO da empresa, Mark Zuckerberg, através de uma publicação em seu perfil na rede social.

Foto: Agência Brasil

Zuckerberg afirmou que, no Brasil, 196 páginas administradas por 87 perfis falsos, que estariam disseminando notícias mentirosas e desinformação, foram removidas pelo Facebook. Entre os conteúdos excluídos estão páginas ligadas a apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL), ao Movimento Brasil Livre (MBL) e a Flávio Rocha, ex-candidato à Presidência pelo PRB, que disseram que as remoções são censura à opinião política dos perfis que as mantinham.

A nota escrita por Zuckerberg é a primeira de uma série que o executivo pretende publicar até o fim do ano.

Agência Brasil

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.