Geddel ameaça ‘fazer escândalo’ caso o tirem da Papuda


Mesmo diante do isolamento a que está submetido no Presídio da Papuda, o ex-ministro Geddel Vieira Lima permanece indisciplinado, relata a jornalista Andréia Sadi em seu blog, no G1. Segundo a publicação, as informações acerca do comportamento de Geddel foram confirmadas pela juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal

Segundo a juíza, o ex-ministro tem se recusado a receber todas as refeições diárias e a sair para o banho de sol.

Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Cury destacou que a equipe da unidade prisional tentou encaminhá-lo para atendimento médico em rede hospitalar externa, mas que ele também se recusou “e ainda ameaçou fazer escândalo caso o retirassem de lá”.

O isolamento começou em 27 de junho e durou dez dias em razão da prática de desacato. Além disso, Geddel também já foi alvo de suspeitas de uso de remédios não prescritos dentro do presídio, o que está sob apuração. No fim de junho, uma supervisora da vara de execuções cobrou, de ordem de Cury, o presídio sobre as medidas tomadas.

A respeito do isolamento de Geddel, Cury citou um relatório psiquiátrico, do fim de junho, que aponta o ex-ministro “um pouco irritado e impulsivo, o que é compatível com o período de mudança da medicação antidepressiva”.

Geddel cumpre prisão em Brasília desde o ano passado, após investigação sobre fraudes na Caixa Econômica Federal. Ele foi preso depois de a Polícia Federal ter apreendido, na Operação Cui Bono, R$ 51 milhões em dinheiro que estavam distribuídos em malas, em um apartamento supostamente utilizado pelo ex-ministro em Salvador.

Bocão News

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.