Justiça marca depoimento da mãe de Geddel no caso dos R$ 51 milhões


Marluce Vieira Lima é ré por lavagem de dinheiro e associação criminosa

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O depoimento de Marluce Vieira Lima, mãe do ex-ministro Geddel (MDB), foi marcado pela Justiça Federal de Brasília para 15 de fevereiro. Ela, Geddel e o deputado Lúcio Vieira Lima (MDB) são réus pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso dos R$ 51 milhões encontrados em malas de dinheiro em um apartamento no bairro da Graça, em Salvador.

De acordo com a Procuradoria Geral da República (PGR), o dinheiro pode ter vindo de propinas da construtora Odebrecht, repasses do operador financeiro Lúcio Funaro e desvios de políticos do MDB.

Varela Notícias

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.