Minha Casa Minha Vida: Casas e apartamentos continuam sendo oferecidos na internet


Denúncia enviada ao Zap do Aragão Notícias, dão conta do comércio ilegal de casas e apartamentos, neste caso um apartamento, o qual estaria sendo comercializado pela quantia de R$ 17.000,00 (dezessete mil reais).

Tal imóvel pertence ao conjunto Urupiara no bairro Rua do Catu.  Infelizmente a grande realidade, é  que pessoas que realmente NÃO TÊM ONDE MORAR, não foram contempladas e outras, cuja realidade deve ser bem diferente, acabaram sendo contempladas.

Por não gostarem da localidade, preferem comercializar de forma clandestina os imóveis em redes sociais, e neste caso da denúncia, a pessoa que quer vender o apartamento, ainda diz que “só interessados realmente entrem em contato”.

Que os órgãos competentes realmente façam uma fiscalização mais rigorosa quanto a essas práticas, dando de fato as casas e apartamentos a quem realmente precise.

Vale salientar que à pouco tempo mais um conjunto foi entregue, na região do bairro da Calú, e que irregularidades também quanto ao quesito de venda ilegal, já foi observado.

Nós da imprensa acompanhamos todo esse processo, feito pela Caixa Econômica Federal, através dos documentos enviados pela SEMAS, onde a transparência foi TOTAL, mas infelizmente pessoas inescrupulosas, ainda insistem nessas práticas.

Fiscalização nelas.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.