“Que o estagiário de hoje seja o prefeito de amanhã”, diz Joaquim Neto em evento do Programa de Qualificação Profissional


Priorizando a educação como um dos principais pilares de desenvolvimento, a Prefeitura de Alagoinhas realizou na manhã desta terça-feira (31) o primeiro evento do Programa de Qualificação Profissional para os estagiários da administração municipal. O projeto prevê o investimento no capital intelectual dos jovens que fazem parte do quadro de colaboradores e, principalmente, incentivo para o crescimento individual e coletivo, na intenção de preparar melhor novos profissionais para o mercado de trabalho.

O secretário de administração, Jean Ander aposta na iniciativa como poder de transformação, “os estagiários são profissionais iniciantes e precisam dessa experiência para entrar no mercado de trabalho, que é um ambiente extremamente competitivo. Nós como poder público temos a obrigação de oferecer oportunidades de desenvolvimento para viabilizar a possibilidade de novas perspectivas”, comentou.

O projeto faz parte de uma série de ações ligadas ao investimento no potencial dos servidores e funcionários, visto que são eles que ministram as palestras, workshops e cursos, cada um conforme sua especialidade, de acordo com a formação técnica e/ou acadêmica. Segundo o secretário de planejamento, Tácio Lobo, a Prefeitura de Alagoinhas está valorizando as potencialidades individuais e promovendo evolução profissional coletiva a partir da troca de experiências.

O anfiteatro do IFBaino estava lotado de estudantes atentos para assistir as palestras sobre “Como desenvolver e a importância dos objetivos de carreira”, ministrada pela diretora administrativa da Secretaria Municipal de Agricultura (SEMAG) e coach, Lívia Matos. Finalizando a manhã de troca de experiências o secretário de saúde, Moacir Lira palestrou sobre “Ética, relações humanas e proatividade na experiência do estágio”.

“É muito importante para nós a capacitação porque isso nos auxilia no nosso trabalho no dia a dia, na nossa postura profissional e também na vida. Isso faz com que a gente fique mais focado no trabalho”, acredita Vinicius Ferreira, estudante de engenharia sanitária e ambiental e estagiário do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

Empolgando a plateia, o prefeito Joaquim Neto contou suas experiências profissionais como estagiário do SENAI e da própria Prefeitura de Alagoinhas e motivou os jovens, “a experiência do estágio é fantástica, percebo que vocês trabalham duro e me sinto orgulhoso, por isso estamos investindo em qualificação, acredito que o estagiário de hoje pode ser o prefeito de amanhã, assim como eu. Outro ponto importante é a remuneração que deve ser reavaliada pela gestão, iremos analisar junto com a equipe de planejamento e orçamento a alteração da bolsa estágio”, afirmou.

Secom / Prefeitura de Alagoinhas

Exclusivo: Delegacia “virou” por conta da suspensão da visita


Ocorrências policiais

Exclusivo: Delegacia “virou” por conta da suspensão da visita

No dia de ontem ainda pela manhã houve uma rebelião na delegacia, sede da 2ª Coorpin por conta da suspensão da visita que acontece toda terça feira.

O Diretor do Depin estava até presente, o Dr Flavio Góes, quando chegou à informação de mais uma possível fuga, momento esse em que a visita foi suspensa, onde entrou apenas os alimentos trazidos pelas famílias.

Ai com a decretação deste “castigo” deu-se início a rebelião.

Cadeados quebrados, muita gritaria e xingamentos, e com a penúltima grade que dá acesso ao corredor no chão, não restou outra alternativa que não fosse a chamada urgente do CETO.

Bombas de efeito moral foram ouvidas por quem estava na parte externa, o que deixou a todos apavorados.

É notório o sucateamento do prédio, onde desde a construção do DISEP, que já se deveria ter pensado na desapropriação daquele espaço, uma vez que o tempo se encarregou de degradá-lo.

Claro que quem está privado de liberdade, se tiver uma oportunidade de voltar às ruas mesmo que de forma clandestina vai tentar, nem todos preferem a fuga, uns preferem a saída da forma adequada, ou seja pela porta da  frente, mas nos últimos tempos não é isso que se tem enxergado.

Á área do 4º Batalhão é imensa e ali já se poderia ter feito a nova carceragem, faltou às autoridades políticas de nossa cidade IMPOR ao governo o que realmente deveria ser feito ali.

Com toda essa problemática no dia e ontem, o que mais recebemos foram reclamações do POVO que mora no entorno da delegacia, todos insatisfeitos coma presença ainda ali daquele prédio, que tem se mostrado frágil e totalmente vulnerável no quesito segurança.

Agora é aguardar os próximos capítulos, as vagas em Feira de Santana já estão garantidas, mas pra quando? O problema de Alagoinhas referente à delegacia já era pra ter sido resolvido “ONTEM”, mas digo um “ONTEM”  há muito tempo atrás.

Depois de contido os ânimos, foi feito uma revista minuciosa, onde drogas celulares, carregadores, armas improvisadas foram encontrados.

Lembrando que suspensão da visita, é uma prática natural adotada pela administração toda vez que há fuga ou tentativa. Nesses casos recolhe-se os alimentos que são repassados aos detentos.

Rua São Bento Praça Kennedy

Por volta das 7h30 da manhã um cidadão caminhava em direção ao trabalho, quando foi abordado por um meliante que estava pilotando uma moto modelo Biz vermelha, onde armado de revólver anunciou o assalto.

Levou relógio, aliança de ouro, carteira, celular e a quantia de R$ 200,00 reais.

 

Desacordo

Uma pessoa esteve presente no Disep, contando que trocou o seu veículo um Chevrolet Captiva por uma moto, recebendo de volta R$ 6.000,00 em seis parcelas.

Acontece que o vendedor que intermediou a transação, passou o carro para outra pessoa a qual até o momento, não transferiu a propriedade do veículo ou seja, se algo acontecer a responsabilidade vai recair sobre ele.

Pediu providências.

Rua Dantas Bião

Imagem ilustrativa

Eram por volta das 7 da manhã quando uma senhora foi abordada por um elemento o qual pilotava uma moto preta, onde com a mão por debaixo da blusa, se disse armado anunciando o delito, subtraindo assim o celular da vítima.

Irará: Homem que espancou a companheira foi conduzido a delegacia

A PM se fez presente depois de uma denuncia na Fazenda Crioulo povoado de Lagoa Velha zona rural da cidade, onde deu voz de prisão na pessoa de João de Deus Felix Cerqueira de Macedo de 46 anos.

Ele espancou a esposa a senhora JPDS, a qual lhe restou acionou o 190.

Ainda segundo ela toda vez que ele bebe se torna agressivo e passa a lhe ameaçar e agredir.  No dia de ontem ela tomou coragem e deu um basta nesta rotina de agressões.

João de Deus ficou custodiado com base na lei Maria da Penha.

Avião com mais de 100 pessoas cai em Durango, no México


Havia 97 passageiros e quatro tripulantes e, segundo o governador de Durango, José Aispuro, não houve mortes no local

Um avião da Aeroméxico caiu no fim da tarde de hoje (31), por volta das 6h da tarde no horário de Brasília, nas imediações do Aeroporto Internacional Guadalupe Victoria, em Durango, no norte do México.

Informações divulgadas pelas agências de notícias locais dão conta de que o acidente aconteceu após cinco minutos de o aparelho ter levantado voo, que tinha como destino a Cidade do México.

Havia 97 passageiros e quatro tripulantes e, segundo o governador de Durango, José Aispuro, não houve mortes no local, informação ratificada pela Defesa Civil. No entanto, a mídia local fala em possíveis vítimas. A secretaria de saúde declarou que 18 feridos foram atendidos no “Hospital General 450”.

O voo AM2431 era operado pela subsidiária Aeroméxico Connect, em um avião modelo Embraer 190 – fabricado no Brasil em 2008 – com capacidade para 100 passageiros. A duração do percurso seria de uma hora e 20 minutos.

Metro1

 

SAAE 53 anos: O segredo da energia inesgotável


Olhos atentos e mãos firmes. Os passos vão certeiros, apressados, como se o próprio funcionamento da autarquia dependesse da velocidade daqueles pés que já circulam por ali há mais de duas décadas. Quem trabalha ou passa pela sede do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), no Largo da Independência, no Centro de Alagoinhas, não consegue ser indiferente a presença de Carmélia Almeida de Andrade, uma servente de 72 anos, com fama de possuir uma energia inesgotável.

Onde quer que ela esteja, está sempre em busca de uma ocupação: “eu sempre fui uma pessoa disposta. Aqui eu limpo a área, varro a área, limpo a cozinha, varro, faço café e distribuo para os amigos”, diz com a voz altiva, num sorriso constante e toda orgulhosa do seu trabalho.

Dona Carmélia também pode ser definida como a personificação da felicidade. Ela passa o dia num contentamento tão grande que seu entusiasmo se tornou inspiração para os colegas, sobretudo os mais jovens. É alegria genuína de quem fez do SAAE o seu segundo lar, descobriu o prazer em servir o outro e transformou os colegas de trabalho em membros da família. Quando questionada sobre o que gosta de fazer na autarquia, responde de bate pronto: “oxe, minha filha! A minha felicidade é viver trabalhando, com meus colegas. Eu fico mais feliz aqui do que em casa. Em casa eu fico triste, sozinha, só vejo televisão mesmo e vou dormir. Aqui eu tô o dia todo trabalhando e quando vejo o dia já passou”.

Natural de Itabuna, antes de vir para Alagoinhas, Dona Carmélia morou em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, onde passou por diversas empresas do Pólo Petroquímico. Já em Alagoinhas, lembra que, ainda jovem, trabalhou na extinta Churrascaria Boiadeiro. E em todas as empresas desenvolveu sempre a mesma função de servente. “Eu gosto de trabalhar limpando. Eu tenho prazer”. Mas foi no SAAE que ela verdadeiramente se sentiu em casa e concluiu seu ciclo na criação dos filhos: “Hoje eu tenho 5 filhos e 12 netos. Fui mãe e pai dos meus filhos e tudo que tenho foi conquistado com o meu próprio trabalho. Como é que eu não vou gostar de trabalhar, né?”.

Para o aniversário de 53 anos do SAAE, faz pedidos coletivos. Diz que quer que a autarquia prospere muito e que todos os funcionários vivam em paz, fazendo gozo do seu trabalho. “Quero todo mundo alegre e trabalhando”. O segredo dessa energia e alegria sem fim? Dona Carmelia resume bem, certa de que não haverá nenhuma outra resposta possível: feijão, arroz e Ômega 3.

ASCOM
Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE Alagoinhas
E-mail: [email protected]
Telefone: (75) 31826031

Redes Sociais
Facebook: www.facebook.com/saaedealagoinhas
Instagram: www.instagram.com/saaealagoinhas
Site: www.saae.alagoinhas.ba.gov.br

Ponte Salvador-Itaparica: projeto sofre alteração e orçamento tem redução de R$ 1,6 bi


No imaginário do povo baiano há 50 anos e idealizado pelo governo estadual a partir 2010, a ponte Salvador-Itaparica ainda parece longe de ganhar contornos de realidade. Os trâmites burocráticos caminham lentamente. O último passo efetivo aconteceu com a conclusão do chamamento público em maio desde ano após ter sido aberto em 2017.

Se antes somente grupos chineses efetivamente demonstraram interesse na construção da estrutura viária, agora há uma empreiteira brasileira na briga pelo contrato de construção: a OAS. A construtora integra o grupo formado por mais duas construtoras, essas sim de origem chinesa, a  CR20 e CREC4, que participaram do chamamento público. Mas até o início da licitação da obra, uma Parceria Público Privada (PPP) que será em concessão de 35 anos, ainda há muito chão a ser percorrido.

Com o chamamento, projeto básico da ponte foi parcialmente refeito, o que deve reduzir, teoricamente, o orçamento da obra. Procurada pelo BNews, a Secretaria de Planejamento da Bahia (Seplan) explicou que foram estabelecidos novos parâmetros para a ligação Salvador-Ilha de Itaparica: redução da altura no vão central de 125m para 85m; redução do comprimento do vão central de 550m para 450m; redução, por conseguinte, dos vãos laterais e da altura dos mastros do trecho estaiado; redução do comprimento dos vãos de aproximação, e diminuição da largura do tabuleiro, que passou de oito faixas para seis.

O governo espera, com essas mudanças e mais algumas alterações nos trechos rodoviário, reduzir o custo do projeto em pelo menos R$ 1,6 bilhão. O projeto de PPP estava orçado inicialmente em R$ 8,3 bilhões em valores atualizados. Com o ajuste, deverá ser licitado por R$ 6,7 bilhões, segundo a Seplan.

O órgão explica ainda que os próximos passos são a transferência, já iniciada, da coordenação do projeto para a Secretaria de Infraestrutura, que será responsável pelo processo licitatório e lançamento da consulta pública, marco inicial do processo licitatório.

Atualmente, o trajeto entre Salvador e a ilha de Itaparica pode ser feito de três formas: por lanchas rápidas, pelo sistema ferryboat ou por rodovia, em um percurso de cerca de 250 quilômetros e que pode levar até quatro horas.

De acordo com Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), somente pela via marítima são transportadas 17 mil pessoas e 1.700 veículos diariamente.

Polícia Militar auxilia Polícia Civil durante rebelião na carceragem da Delegacia de Alagoinhas


Na manhã desta terça-feira (31/07), o Centro Integrado de Comunicação – CICOM – foi informado de que estava acontecendo uma rebelião na carceragem da Delegacia de Polícia, em Alagoinhas. Cerca de 60 encarcerados estouraram os cadeados de todas as grades e, em forma de protesto, mantiveram-se fora das celas.

O oficial coordenador de área do 4° BPM foi acionado e, prontamente, mobilizou 3 guarnições policiais da CETO e equipe de controle de distúrbio civil, a fim de averiguar a situação e tomar as medidas cabíveis. Constataram que os detentos já estavam ultrapassando a última contenção, objetivando a fuga em massa.

Devido às ações integradas entre PMBA e PC, os intentos dos rebelados foram barrados. Após as ações policiais de controle e retomada do controle, foram realizadas vistorias, revistas e contagens na carceiragem, constatando-se, desta forma, que não houve fuga.

Por conta da rápida resposta, os encarcerados não obtiveram êxito em seus intentos. Não houve reféns, tampouco fuga. Assim, não restam dúvidas de que os policiais do 4° BPM agem em todas as circunstâncias que os diplomas legais lhes autorizam, levando em conta as técnicas e táticas policiais e equipamentos necessárias à atuação.

PMBA e comunidade juntos na corrente do bem