Maia critica alta da gasolina e defende zerar Cide e diminuir PIS-Cofins


Pré-candidato ao Palácio do Planalto, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu neste domingo (20) que o governo federal avalie a possibilidade de zerar a Cide e diminuir o PIS-Cofins para ajudar a diminuir o preço da gasolina no País. Ele também prometeu convocar uma comissão geral na Casa para debater, em 30 de maio, outras sugestões para reduzir os preços dos combustíveis. “No curto prazo, o governo federal deve avaliar a possibilidade de zerar a Cide e diminuir o PIS-Cofins. Os Estados podem avaliar o mesmo para o ICMS. São ideias de políticas compensatórias para enfrentar o momento atual. E estão distantes do congelamento de preços que vimos no passado”, escreveu Maia em sua conta oficial no Twitter. Cide, PIS-Cofins e ICMS são tributos que incidem sobre o preço dos combustíveis.

Foto: Alan Santos / PR

Dados divulgados na última sexta-feira (18) pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) mostraram que o preço médio da gasolina nas bombas terminou a semana em alta. O aumento, segundo a instituição, foi de 0,63%, para R$ 4,284 por litro na média nacional. O valor representa uma média calculada pela ANP, que verifica os preços em diversos municípios. Eles, portanto, podem variar de acordo com o local. “A alta da gasolina me leva a chamar, na Câmara, uma Comissão Geral no dia 30 de maio para debater e mediar saídas que atendam aos apelos da população. O preço dos combustíveis, no nível em que se encontra, começa a impactar negativamente o dia a dia dos brasileiros. Convidarei Petrobras, distribuidoras, postos, governo e estudiosos para buscarmos ações diante da crise geopolítica global que encarece os combustíveis”, afirmou Maia. No primeiro semestre do ano passado, a equipe econômica chegou a estudar elevar a Cide sobre os combustíveis para ajudar no cumprimento da meta fiscal de 2017, mas acabou não fazendo por temer desgaste político. A elevação da contribuição era uma das alternativas avaliadas porque depende apenas de um decreto do Executivo para que passe a valer. O aumento, porém, só passa a valer três meses após a assinatura do decreto.

Bahia Notícias

Caminhoneiros planejam paralisação a partir de segunda-feira


Agência Brasil – A Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) convocou paralisação geral nacional a partir da próxima segunda-feira (21). A entidade cobra do governo federal medidas para mitigar o impacto do aumento do diesel, como a isenção de tributos. O anúncio foi feito ontem (18) em nota após o governo federal não atender às demandas apresentadas.

“O aumento constante do preço nas refinarias e dos impostos que recaem sobre o óleo diesel tornou a situação insustentável para o transportador autônomo. Além da correção quase diária dos preços dos combustíveis realizada pela Petrobrás, que dificulta a previsão dos custos por parte do transportador, os tributos PIS/Cofins, majorados em meados de 2017, com o argumento de serem necessários para compensar as dificuldades fiscais do governo, são o grande empecilho para manter o valor do frete em níveis satisfatórios”, diz o comunicado.

Foto: Reprodução – A categoria reivindica isenção em impostos sobre o diesel

No início da semana, a ABCam enviou ofício ao governo federal. Nele, apontou que os caminhoneiros vêm sofrendo com aos aumentos sucessivos no diesel, o que tem gerado aumento de custos para a atividade de transporte. Segundo a associação, o diesel representa 42% dos custos do negócio. Citando dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), a organização afirma que 43% do preço do diesel na refinaria vem do ICMS, PIS, Cofins e Cide.

No documento, a entidade reivindicou a isenção de PIS, Cofins e Cide sobre o óleo diesel utilizado por transportadores autônomos. A associação também propõe medidas de subsídio à aquisição de óleo diesel, que poderia ser dar por meio de um sistema ou pela criação de um Fundo de Amparo ao Transportador Autônomo.

No ofício, a entidade estabeleceu o prazo até hoje, às 18h, para receber uma resposta do governo. Como não houve retorno, anunciou a paralisação a partir das 6h do dia 21. Procurada pela Agência Brasil, a Casa Civil da Presidência da República respondeu que “o governo recebeu o ofício e mantém diálogo com os representantes da associação”, mas não detalhou se atenderia às demandas apresentadas ou se adotaria alguma medida sobre o tema.

Comandante do Quarto Batalhão participa do lançamento do São João 2018 de Alagoinhas


O São João de Alagoinhas entra oficialmente no calendário junino do estado, sendo os dias oficiais do evento de 22 a 24 de junho, na Avenida Joseph Wagner, com atrações como, Luan Santana, Simone e Simaria, Del Feliz, Santana O Cantor, Zé Duarte, Xote Mania, Zé Ribeiro, Chiquinho Forró Pesado, Gil Mourão, André e Mauro, Xinelo Baiano e Zé Tonha.

A estrutura será montada na Avenida Joseph Wagner para receber mais de 50 mil pessoas, de acordo a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo.

O Comando do Quarto Batalhão, juntamente com a Seção de planejamento operacional, já iniciou os trabalhos com vistas a atuação do seu efetivo neste evento, assegurando a prevenção de ocorrências policiais durante os festejos.

Se liga Alagoinhas

Alagoinhas: Mais um foi executado dentro da central de abastecimento


Charles de Souza Pucino de 35 anos foi assassinado dentro da Central de Abastecimento ontem por volta das 19h30.

A PM recebeu a informação via Cicon de que havia uma pessoa baleada no local, sendo deslocada uma guarnição, e ao chegarem comprovaram a veracidade da informação. Como sempre a lei do silêncio prevaleceu no local.


Charles que tinha 36 anos, era morador do Barreiro e quando mais novo já vendeu frutas na central. O disparo atingiu a sua cabeça, o corpo foi removido ao IML por volta das 21 horas.

Posto vai vender gasolina por R$ 1,91 no sábado em Salvador


A Petrobrás anunciou, nesta sexta-feira (18), mais um aumento na gasolina (1,34%) e no diesel (0,80%) nas refinarias de todo o Brasil, a partir de sábado (19). Indo contra o aumento de impostos, um posto de Salvador irá fazer uma promoção no mesmo dia do reajuste, a partir das 7h.

O posto Gameleira, que fica na Avenida Suburbana, vai vender 5 mil litros de gasolina com 60% de desconto em cima do preço do dia. Com isso, o valor vai sair a R$ 1,91. No dia serão disponibilizadas 240 fichas de R$ 50 para carros e 60 fichas de R$ 15 para motos.

A iniciativa é da Petrobahia S.A. e faz parte da Feira do Imposto, mobilização da Associação dos Empreendedores da Bahia (Aje Bahia).

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Varela Notícias

Boeing cai após decolar de Havana e deixa mais de 100 mortos


Mais de 100 pessoas morreram na queda de um avião de passageiros Boeing 737 em Cuba nesta sexta-feira, informou a emissora local CubaTV. Havia ao menos três sobreviventes, gravemente feridos, entre os 114 passageiros e tripulação, disse o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel.

A aeronave, que estava em voo doméstico para Holguín, no leste de Cuba, caiu pouco tempo após decolar de Havana, reportou a imprensa estatal. Havia 105 passageiros, incluindo cinco crianças.

O fogo do acidente foi apagado e autoridades estavam identificando corpos, disse o presidente Díaz-Canel, acrescentando que autoridades estavam investigando a causa do acidente.

Os destroços estavam espalhados pela área, e ambulâncias e carros de bombeiros estavam no local, disse uma testemunha à Reuters . O fogo já havia sido apagado e partes escurecidas da fuselagem podiam ser vistas.

“Ouvimos uma explosão e então vimos uma grande nuvem de fumaça preta subir”, disse Gilberto Menéndez, dono de um restaurante perto do local do acidente na área agrícola de Boyeros, 20 quilômetros de Havana.

Carlos Alberto Martínez, diretor do hospital Calixto Garcia, em Havana, disse à Reuters que quatro vítimas do acidente tinham sido levadas ao local. Uma morreu e outras três, todas mulheres, estavam em condição grave, segundo ele.

“Ela está viva mas muito queimada e inchada”, disse um parente de uma das sobreviventes no hospital.

O voo era arrendado pela companhia aérea Cubana de uma pequena companhia mexicana chamada Damohj ou Global, disse a mídia estatal cuabana. Holguín tem algumas das praias mais primitivas do país e atrai muitos turistas.

A Cubana não quis comentar. Um representante da Damojh no México disse: “estamos reunindo o que podemos para dar a informação correta”.

A nacionalidade dos passageiros do voo não estava clara ainda. A mídia estatal disse que os comissários eram estrangeiros, mas não deu mais detalhes.

Sites de rastreamento de voos indicaram que o voo era o CU972, tendo partido de Havana às 11h locais.

Exterior do aeroporto José Martí, em Havana / Foto: Reuters

Reclamações sobre cubana

O governo mexicano disse em seu site que o avião era um Boeing 737-201 construído em 1979.

A Boeing informou em um post no Twitter: “Estamos cientes de reportagens sobre Cuba e estamos monitorando de perto a situação”.

As aeronaves Boeing 737 usam motores feitos pela CFM International, fornecedora dos motores mais usados do mundo, construídos por uma joint venture da GE com a francesa Safran.

Na quinta-feira, o primeiro vice-presidente de Cuba, Salvador Valdés Mesa, se reuniu com executivos da Cubana para discutir reclamações públicas sobre o seu serviço, segundo a imprensa estatal. Problemas incluiam o cancelamento de diversos voos domésticos neste ano e longos atrasos, que segundo a companhia, foram causados por problemas técnicos com a sua aeronave.

O último acidente aéreo fatal em Cuba havia ocorrido em 2017, disse a Rede de Segurança de Aviação. Foi um voo militar que matou todas as oito pessoas a bordo. Em 2010, um avião comercial da Aero Carribean caiu na região central de Cuba. Todas as 68 pessoas a bordo morreram.

Com informações da Ansa.