João de Deus é preso no interior de Goiás


Dois dias atrás, após pedido do Ministério Público (MP-GO) e da Polícia Civil de Goiás, a Justiça decretou o mandado de prisão

O médium João de Deus foi preso ontem (16), em Abadiânia, no interior de Goiás, após se entregar à polícia do município goiano. Ele é suspeito de praticar abusos sexuais durante tratamentos espirituais. Até o momento, mais de 300 mulheres apresentaram denúncias contra o líder religioso. João de Deus era considerado foragido pela polícia.

Foto: Cesar Itiberê/Fotos Públicas

Dois dias atrás, após pedido do Ministério Público (MP-GO) e da Polícia Civil de Goiás, a Justiça decretou o mandado de prisão. Até ontem (15), a polícia havia feito buscas em mais de 30 endereços em busca do médium sem sucesso, segundo o delegado-geral de Goiás, André Fernandes.

Metro1

 

Valorização da Cultura e preservação da memória: Prefeitura inicia festejos natalinos com uma programação diversificada em Alagoinhas


Há poucos dias do Natal e fechando o ano com um saldo positivo de obras, projetos e ações, a Administração Pública Municipal reúne sociedade civil, representantes das instâncias municipais, artistas locais, produtores culturais e entusiastas para uma programação diversificada que mescla atrações musicais, reconhecimento à documentação histórica, homenagens, exposições, arte, performance e dança.

Os festejos começam neste sábado (15), com a realização da 2ª Virada Cultural de Alagoinhas, na Praça Rui Barbosa, quando sobem ao palco o cantor Gerônimo, a banda Quixabeira da Matinha e Turma do Bid, entre outros.

Na segunda-feira (17), a programação natalina continua, a partir das 19h, com a abertura da Exposição Comemorativa dos 40 anos do Movimento Cultural de Alagoinhas – que demarca também 3 décadas de existência da Secretaria de Cultura no município.

Para relembrar os tempos, grupos e iniciativas que, na década de 70, se tornaram precursores desse movimento, incentivando a valorização dos artistas da terra e das produções locais, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET) apresenta ao público materiais do Centro de Documento e Memória de Alagoinhas e exibe imagens das primeiras manifestações culturais realizadas na cidade.

A Exposição, que fica na Praça Conselheiro Rui Barbosa de 17 a 22 de dezembro, chama a atenção da comunidade para a importância dos resquícios históricos e da memória para a formação da identidade e a preservação da cultura.

A mostra acontece paralelamente à apresentação dos corais da cidade, que também estarão na praça pública durante os dias 18, 19, 20 e 21 de dezembro, das 18h30 às 19h30, como parte do projeto “Janelas Cantantes”, iniciado em 2017 no prédio da Prefeitura Municipal. Este ano, o coro natalino ganha a Praça, em um ambiente democrático de descontração, compartilhamento e lazer.

O encerramento da programação natalina fica por conta da apresentação do Balé Folclórico da Bahia, que traz, na dança, a magia, a religiosidade, a cadência e a ancestralidade das expressões artísticas afro-baianas. A única companhia de dança folclórica profissional do país se apresenta na Praça J. J. Seabra, no centro da cidade, às 20h do dia 22 de dezembro, como parte das comemorações aos 30 anos de espetáculos e realizações do grupo. A programação é gratuita.

Os festejos são uma iniciativa da Prefeitura de Alagoinhas, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), com apoio do Conselho Municipal de Cultura e do Fundo Municipal de Cultura.

Secom / Prefeitura de Alagoinhas

Congresso pressiona Bolsonaro a esclarecer repasses irregulares


Integrantes do Centrão, potenciais aliados do presidente eleito, manifestam preocupação com abertura de CPI por parte da oposição

Após a revelação da movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de um ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), integrantes do Centrão, potenciais aliados do governo de Jair Bolsonaro, cobram explicações do presidente eleito e de seu filho.

Foto : Wilson Dias / Agência Brasil

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, os deputados foram informados de que a oposição planeja coletar assinaturas, a fim de abrir uma CPI para tratar do assunto. A cobrança por parte dos aliados teria como pano de fundo insatisfações com a falta de espaço no primeiro escalão do novo governo.

“Se esse episódio (da movimentação de R$ 1,2 milhão) não ficar bem esclarecido durante o período de recesso, a oposição chegará em 2019 com um pedido de abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito)”, disse o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), integrante da bancada evangélica, ao Estadão. “Não quero nada do governo e terei independência para votar, mas acho que tudo precisa ser bem explicado o quanto antes”, acrescentou.

Agência Brasil

 

Mega-Sena acumula e prêmio deve chegar a R$ 48 milhões


A quina teve 72 apostas ganhadoras, cada uma levará R$ 46.944,97; para a quadra, 5.454 apostas levarão R$ 885,33 cada

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.107 da Mega-Sena, sorteado na noite deste sábado (15), em Criciúma (SC).

Foto: Rafael Neddermeyer

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o prêmio acumulado deve chegar R$ 48 milhões.

Os números sorteados foram: 08 – 38 – 44 – 50 – 56 – 60.

A quina teve 72 apostas ganhadoras. Cada uma levará R$ 46.944,97. Para a quadra, 5.454 apostas levarão R$ 885,33 cada.

O próximo sorteio acontece na terça-feira (18). As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Bahia.ba

 

 

João de Deus deve se entregar neste domingo, diz defesa


Prisão preventiva contra ele havia sido decretada no fim da manhã de sexta-feira (14); prazo para se entregar terminou às 14h de sábado

O médium João de Deus, acusado de cometer uma série de abusos sexuais contra mulheres, considerado foragido da Justiça e com o nome na lista da Interpol, deve se entregar neste domingo (16), segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

Reprodução: TV Globo

A prisão preventiva contra ele havia sido decretada no fim da manhã de sexta-feira (14). O prazo para se entregar terminou às 14 horas de sábado (15).

De acordo com a publicação, a Polícia Civil suspeita que ele esteja fora de Goiás. Nas negociações realizadas neste sábado, uma das hipóteses era de que agentes fossem até o local onde ele está para fazer a prisão e o transporte até Goiás.

Em virtude da idade (ele tem 76 anos) e da natureza do crime de que é acusado, a expectativa é de que ele fique em uma cela individual. Integrantes do grupo destacado para fazer a investigação e as negociações, no entanto, ainda colocam em dúvida se o acerto será de fato cumprido. Para eles, a defesa do médium deverá aguardar o resultado do pedido de habeas corpus.

Se a medida for concedida antes de ele se apresentar, seria possível evitar um desgaste ainda maior para o médium, que atrai anualmente para a cidade goiana de Abadiânia 120 mil fiéis – 40% deles estrangeiros.

O advogado de defesa de João de Deus, Alberto Zacharias Toron, no entanto, afirmou em entrevista que seu cliente vai se entregar antes da apresentação do habeas corpus. A ação será proposta na segunda.

Bahia.ba

 

Aposentado da Petrobrás mantinha de forma irregular em sua casa as araras pertencentes a Coopercar


Na manhã deste sábado dia 15, a Policia Militar recebeu uma denúncia e foi até uma casa no Parque Regente em frente da sede da Pestalozzi, onde conseguiu entrar no imóvel, recuperando assim duas araras que pertencem ao Grupo Coopercar, aves essas que vivem em seu cotidiano soltas junto com mais outras quatro, onde rodam toda a cidade e sempre retornam para o Zoológico que existe dentro da empresa na rua 15 de Novembro.

Com o sumiço delas o proprietário passou a procurar e graças a uma denúncia, as araras já estão em seu habitat natural.

Na residência foi encontrado também mais três papagaios e um animal que podemos classificar como um cachorro do mato ou outra espécie parecida, muita sujeira foi encontrado no local.

Tal imóvel pertence a um aposentado da Petrobrás de pré nome Valfredo que se intitula como terapeuta holístico e Xamã.

Ele não foi encontrado mas responderá por crime ambiental, e pelo furto das araras.

Segundo os militares o interior do recinto era muito sujo.

Ressaltamos que o proprietário da Coopercar o Erasmo foi quem nos acionou a cerca do ocorrido, onde me revelou que estava revoltado com a situação.

Comandante do 4° BPM realiza entrega dos kits da 1ª Corrida Falcão às autoridades convidadas


Nesta sexta-feira (14/12), o Ten Cel PM Reginaldo Moraes, comandante do 4° BPM, realizou a entrega dos kits da 1ª Corrida Falcão, que será realizada na cidade de Alagoinhas, no dia 16 deste mês, com largada às 7h00.

O Ten Cel PM Moraes entregou o kit ao Cel PM Anselmo Alves Brandão, comandante-geral da PMBA, e para o Cel PM Luziel Andrade, comandante do CPRL. Também receberam o kit diretamente das mãos do comandante o prefeito de Alagoinhas Joaquim Neto e Roberto Torres, presidente da Câmara de Vereadores, autoridades que representam os poderes executivo e legislativo.

A corrida é mais uma iniciativa de integração da Polícia Militar à comunidade, bem como o fomento à prática de atividades esportivas, tanto pelos policiais quanto cidadãos civis.

 

Apesar de ser o primeiro ano de realização, a sociedade demonstrou grande interesse e entusiasmo, preenchendo todas as vagas disponíveis.

*PMBA e comunidade na corrente do bem.*

Fux determina prisão de Battisti; decisão pode facilitar extradição


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux determinou nesta quinta-feira, 13, a prisão do italiano Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua em seu país. A íntegra da decisão ainda não foi divulgada.

A decisão de Fux poderá facilitar a decisão do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de extraditar Battisti para a Itália. No mês passado, Bolsonaro disse que fará “tudo o que for legal” para extraditá-lo.

Battisti foi condenado na Itália por quatro homicídios, cometidos quando integrava o grupo Proletariados Armados pelo Comunismo. Ele chegou ao Brasil em 2004, onde foi preso três anos depois.

O governo italiano pediu a extradição de Battisti, aceita pelo STF. Contudo, no último dia de seu mandato, em dezembro de 2010, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu que Battisti deveria ficar no Brasil, e o ato foi confirmado pelo STF.

Recentemente, a extradição de Battisti voltou a ser cogitada. Em novembro, após a divulgação de notícias sobre a possibilidade de se confirmar a extradição no futuro governo, Battisti reafirmou que confia nas instituições democráticas do Brasil e negou que tenha intenção de fugir de São Paulo, onde vive.

Em outubro do ano passado, o italiano foi preso na cidade de Corumbá, em Mato Grosso do Sul, perto da fronteira do Brasil com a Bolívia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele tentou sair do país com cerca de R$ 25 mil em moeda estrangeira. Valores superiores a R$ 10 mil têm que ser declarados às autoridades competentes, sob pena de enquadramento em crime de evasão de divisas. Após a prisão, Battisti teve a detenção substituída por medidas cautelares.

Fugas

Cesare Battisti, de 63 anos, condenado na Itália por homicídios, vive em São Paulo. Ex-membro do grupo Proletários Armados pelo Comunismo, um braço das Brigadas Vermelhas, ele foi condenado à prisão perpétua na Itália por quatro homicídios na década de 1970, dos quais se declara inocente.

Ele passou 30 anos como fugitivo entre o México e a França e, em 2004, veio para o Brasil, onde permaneceu escondido durante três anos, até ser detido em 2007.

Em 2009, o STF autorizou a extradição em uma decisão não vinculativa que dava a palavra final ao então presidente Lula, que a rejeitou em 2010, no último dia do segundo mandato.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, sinalizou que pretende extraditar o italiano.

PGR

Em novembro, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao Supremo que dê preferência ao julgamento do processo que trata da possível extradição de Battisti. Para a procuradora, a prisão é necessária para evitar o risco de fuga de Battisti e assegurar a extradição.

“Revela-se não apenas necessário, mas premente e indispensável a custódia cautelar, seja para evitar o risco de fuga, seja para assegurar eventual e futura entrega do extraditando à Itália, adimplindo, desse modo, com os compromissos de cooperação internacional assumidos pelo Brasil, nos termos do Tratado Bilateral firmado entre os países interessados”, argumentou a procuradora.

Raquel Dodge também sustentou que a decisão do ex-presidente Lula pode ser revista. No entendimento da procuradora, a entrega de estrangeiros é tarefa exclusiva e discricionária do presidente da República e não pode sofrer interferência do Judiciário.

No ano passado, em meio a informações de que o presidente Michel Temer teria aberto um processo administrativo para possível revisão da negativa de extradição de Battisti, a defesa dele entrou com pedido no STF para que fosse afirmada a impossibilidade de revisão da decisão.

A Tarde

Simone e Simaria adiam volta aos palcos para 2019; entenda


Simaria segue dando continuidade ao tratamento da tuberculose ganglionar, doença que a afastou de grande parte dos shows da dupla em 2018

Os fãs de Simone e Simaria terão que esperar mais um pouco para ver as coleguinhas de volta aos palcos juntas.

Reprodução: Facebook/ Arquivo Pessoal

As irmãs, que estavam com uma apresentação marcada para o Réveillon em Manaus, tiveram o show que aconteceria no dia 31 de dezembro, cancelado pelo contratante.

Através de um comunicado divulgado pela assessoria de imprensa da dupla, a empresa confirmou que o retorno das coleguinhas acontecerá no Carnaval 2019.

“A Social Music e a Áudio Mix, empresas responsáveis pelo gerenciamento de carreira de Simone e Simaria, comunicam que, para alegria dos fãs, está confirmada a data oficial do retorno da dupla aos palcos. Será no Carnaval de 2019 para animar ainda mais a folia! Com agenda aberta para shows a partir de março, Simaria manda seu recado: ‘Meus amores, em breve retornamos aos palcos para levar o melhor de Simone e Simaria para vocês. Já temos data marcada para este encontro. O ano de 2019 será muito especial e repleto de novidades que eu e minha irmã, Simone, estamos preparando para vocês. Vamos começar o ano com lançamento de música do nosso novo DVD ‘Aperte o play!’ Nos aguardem que estamos voltando com força total”.

Simaria segue dando continuidade ao tratamento da tuberculose ganglionar, doença que a afastou de grande parte dos shows da dupla em 2018. Já Simone se distanciou das redes sociais sem dar explicações para os fãs e pedido apenas orações.

Vale lembrar que apesar do afastamento dos palcos, as irmãs compõem o corpo de técnicos do The Voice Kids que será exibido em janeiro de 2019.

Bahia.ba

Médico confirma cirurgia de Bolsonaro para o dia 28 de janeiro


Profissional acompanha presidente eleito desde o ataque sofrido em Juiz de Fora (MG)

O médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo, do Hospital Israelita Albert Einstein, afirmou hoje (13) à reportagem da Agência Brasil que a cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia do presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi remarcada para o dia 28 de janeiro. Mais cedo, Bolsonaro esteve no hospital, na capital paulista, para uma consulta de rotina, que durou cerca de uma hora.

Inicialmente marcada para ontem (12), a cirurgia foi adiada em novembro após uma série de exames que apontaram uma inflamação do peritônio e processo de aderência entre as alças intestinais. A nova data também é uma adequação à agenda do próximo presidente, que participará do Fórum Econômico de Davos, na Suíça, entre os dias 22 e 25 de janeiro, em um dos seus primeiros compromissos internacionais após tomar posse no cargo.

“É a disponibilidade dele [Bolsonaro]. Agora não dá por causa da posse do dia 1º de janeiro, depois ele tem um compromisso fora do Brasil [Fórum de Davos], que ele não pode deixar de ir. Quando ele voltar desse compromisso, ele será operado”, afirmou Macedo, um dos maiores especialistas em cirurgia do aparelho digestivo no país.

Antônio Macedo acompanha Bolsonaro desde o ataque sofrido pelo então candidato à presidente, no dia 6 de setembro, em Juiz de Fora (MG), durante a campanha eleitoral. Bolsonaro foi esfaqueado no abdômen por Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos. O autor do ataque segue preso na penitenciária federal de Campo Grande.

Agência Brasil

 

 

Hospital Regional Dantas Bião Cadastro reserva PNE’s (Portadores de Necessidades Especiais) PARA DIVERSAS ÁREAS


No período de 12 a 20 de dezembro, o Hospital Regional Dantas Bião estará com processo seletivo aberto para cadastro reserva PNE’s (Portadoras de Necessidades Especiais).

Os interessados devem entregar o currículo com relatório médico na portaria principal do HRDB das 8hs as 16hs
As vagas são para diversas áreas.