Trabalhadores fazem ato no Polo Petroquímico de Camaçari contra a reforma da Previdência


Na manhã desta quarta-feira (20), os trabalhadores do Polo Petroquímico de Camaçari realizaram uma paralisação em protesto contra a reforma da Previdência. O texto deve ser enviado ao Congresso Nacional no dia de hoje pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Foto: Alfredo Santana/Sindiquimica/Divulgação

O ato dos trabalhadores químicos e petroquímicos faz parte do dia nacional de protesto contra as mudanças nas regras previdenciárias.

Desde as 6h, os funcionários das empresas do Pool 1 e do administrativo da Braskem estão concentrados na estação de transbordo, no Polo Petroquímico de Camaçari.

BNews

‘Bunker’ de operador ligado ao PSDB tinha o dobro do de Geddel, diz procurador


Paulo Preto foi preso preventivamente em São Paulo nesta terça-feira (19), na 60ª fase da Operação Lava Jato

Apontado como operador financeiro ligado ao PSDB, Paulo Preto tinha um “bunker” com o dobro de dinheiro encontrado no apartamento atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, de acordo com o procurador Roberson Pozzobon.

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, tinha cerca de R$ 100 milhões em espécie, em dois apartamentos em São Paulo. No “bunker” que seria usado por Geddel, em Salvador, foram encontrados R$ 51 milhões em setembro de 2017.

Paulo foi preso preventivamente em São Paulo nesta terça-feira (19), na 60ª fase da Operação Lava Jato. Agentes também cumpriram mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao ex-senador tucano Aloysio Nunes Ferreira Filho, que é suspeito de receber propina da Odebrecht.

“Adir Assad revelou que Paulo Preto possuía entre cerca de R$ 100 milhões ou 110 milhões no Brasil em espécie, em notas, então imaginem todos aqui o volume desse dinheiro. É muito volume. E esse dinheiro estava acondicionado em dois endereços. Estava acondicionado num endereço numa residência em São Paulo e também num apartamento que segundo revelado por Adir Assad era o local onde Paulo Preto tinha um bunker pra guardar as propinas”, disse Pozzobon, segundo o G1.

O procurador comparou o volume de dinheiro ao encontrado no apartamento ligado a Geddel Vieira Lima. “Se nós formos levar em consideração, talvez o bunker de Paulo Preto tivesse o dobro do dinheiro do bunker de Geddel. O escárnio era tão grande que Adir Assad revelou que não conseguiu buscar todos os valores por si, então mandou emissários buscarem dinheiro nesse endereço de Paulo Preto”, afirmou o procurador.

Bahia.ba

 

Presidentes de três federações das Indústrias e da CNI são detidos


Eles são suspeitos de fraude em convênios com entidades do Sistema S

Os presidentes das federações das Indústrias de Alagoas (Fiea), da Paraíba (Fiep) e de Pernambuco (Fiepe) foram presos hoje (19) em Brasília. José Carlos Lyra de Andrade (Alagoas), Francisco de Assis Benevides Gadelha (Paraíba) e Ricardo Essinger (Pernambuco) são alvo da Operação Fantoche, deflagrada pela Polícia Federal (PF), em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU).

Brasília – O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, divulga o balanço do desempenho da indústria e da economia brasileira em 2017 e traça as previsões para 2018 (Antônio Cruz/ Agência Brasil)

 

Na mesma operação, foi preso o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, além de seis investigados cujos nomes ainda não foram confirmados. Todos os 10, detidos em caráter temporário, são suspeitos de integrar uma organização criminosa acusada de fraudar convênios do Ministério do Turismo com entidades do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, Sebrae).

Além dos 10 mandados de prisão temporária, 40 mandados de busca e apreensão autorizados pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco estão sendo cumpridos nos estados de Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, da Paraíba, de Mato Grosso do Sul e Alagoas e no Distrito Federal.

Robson Andrade, Lyra de Andrade, Gadelha e Essinger foram detidos em Brasília, onde participariam da reunião mensal da CNI. Em notas, cuja redação é idêntica, a CNI e as federações afirmam que os dirigentes das entidades estão prestando depoimento à PF, na capital federal.

A Federação das Indústrias de Pernambuco diz ainda que todos os convênios assinados pela entidade “atendem, criteriosamente, às exigências licitatórias previstas em lei” e que está à disposição para colaborar com as autoridades responsáveis pela investigação. A Federação das Indústrias de Alagoas argumenta que não teve acesso à investigação e afirma acreditar que “tudo será esclarecido”.

De acordo com a PF, o grupo atua desde 2002 e pode já ter movimentado mais de R$ 400 milhões. O dinheiro era movimentado por meio de contratos e convênios que entidades de direito privado, sem fins lucrativos, assinavam com o Ministério do Turismo e com unidades do Sistema S. A maior parte dos contratos previa a execução de eventos culturais e de publicidade. Superfaturados, não eram integralmente executados e os valores desviados eram destinados a empresas controlados por uma mesma família – cujo nome não foi revelado.

Em nota, o Ministério do Turismo informou que já tinha determinado uma auditoria completa em todos os instrumentos de repasse antes mesmo de tomar conhecimento da investigação da PF. A auditagem resultou no cancelamento de um contrato no valor de R$ 1 milhão.

“O Ministério do Turismo, que não é alvo das buscas e apreensões da Operação Fantoche, está totalmente à disposição para colaborar com a investigação”, diz a pasta, destacando não ter firmado nenhum novo convênio este ano. “Todos os convênios investigados pela Polícia Federal são das gestões dos presidentes petistas Lula e Dilma Rousseff”, diz o texto.

Vivendo em Berlim, Jean Wyllys revela que recusou asilo na França


Em coletiva de imprensa realizada na Alemanha, o ex-deputado comentou sobre sua atual situação

O ex-deputado do PSOL, Jean Wyllys, revelou em coletiva de imprensa realizada em Berlim, na Alemanha, nesta segunda-feira (18), que recusou asilo político na França. Jean Wyllys atualmente está vivendo na capitão alemã, com ajuda de amigos.

Foto: M. Damasceno/RFI

Durante entrevista, Wyllys contou que ainda não tem onde morar, mas que busca uma bolsa de estudo para fazer doutorado na capital alemã.

“Não tenho moradia, conto com ajuda de amigos. Ainda não tenho um novo trabalho. Provavelmente vou me inscrever em um programa de doutorado. Existem conversas com instituições que podem me receber como pesquisador, como professor visitante”, afirmou o psolista.

Segundo Jean, o asilo político na França não seria algo ideal para ele.

“O asilo político é um instituto que demora um tempo. Há outras pessoas que precisam de asilo político. Para mim, permanecer aqui com um visto de estudante ou pesquisador é muito melhor do que um asilo político”, declarou.

Wyllys também fez duras críticas a Bolsonaro, que teria comemorado em uma rede social sua renuncia ao cargo de deputado federal.

“Não basta ser um imbecil e incompetente que nada sabe sobre economia, políticas de saúde, educação, moradia e infraestrutura. Tem que ser esse debochado, um moleque que trata a democracia dessa maneira. É o nível do presidente do Brasil”, ressaltou.

Varela Notícias

José Eduardo critica TV Bahia: ‘Baiano não entende a língua que eles falam’


O apresentador da RecordTV Itapoan José Eduardo fez duras críticas ao jornalismo da Rede Bahia, principal concorrente da emissora na Bahia. Em entrevista hoje (19), durante evento organizado pela Tv no Shopping Barra, em Salvador, o âncora do Balanço Geral negou que o canal apele para a violência e ainda comentou a estratégia da afiliada da Rede Globo no estado.

Foto : Alexandre Galvão/Metropress

“Isso é uma mentira. Parte de um mentiroso, é para enganar acionista. Eles não partem para a violência e nem a gente. A gente mostra o que está acontecendo. Não vou deixar de mostrar, como ontem eu mostrei uma empresa que foi arrombada na Barra, com câmera de segurança, e que abrem assim. O Jornal Nacional, o Jornal Hoje e o jornal de São Paulo abrem assim. Eles que são os bonitinhos e não fazem? É por isso que estão perdendo? Isso é mentira, é engodo”, disse José Eduardo.

Ainda de acordo com o apresentador, há um problema na linguagem e no estilo de jornalismo adotado pela Rede Bahia.

“O problema de lá não é a redação. Está no alto, em pessoas que não entendem o jornalismo que a Bahia entende. Como é que eu vou para o Rio Grande do Sul fazer jornalismo para gaúcho? Eu tenho que passar um ano estudando o que gaúcho gosta. Aqui meteram três gaúchos que não sabem fazer jornalismo para a Bahia popular. E não conseguir fazer, porque o baiano não entende a língua que eles falam”, destacou.

Metro1

Marta fala sobre tempo para família e fãs cogitam aposentadoria


A camisa 10 da Seleção Brasileira comemora 33 anos nesta terça-feira (19) e surpreendeu os fãs com uma mensagem enigmática

A jogadora Marta surpreendeu os seguidores com uma declaração um tanto quanto polêmica em meio a comemoração dos seus 33 anos.

A defensora da seleção brasileira e uma das mulheres mais bem-sucedidas no futebol mundial compartilhou em sua conta no Instagram uma mensagem dizendo que iria se dedicar à família este ano.

Reprodução: Instagram/ Arquivo Pessoal

O texto deixou muitos fãs intrigados com uma suposta aposentadora da jogadora, mas de acordo com o blog Dona do Campinho, hospedado pelo GloboEsporte.com, a mensagem não significa uma despedida dos campos.

Em contato com Vadão, afirmou que a camisa 10 da seleção garante que estará no torneio She Belives Cup, que acontece a partir do dia 27 de fevereiro nos Estados Unidos, e não há nenhum sinal de aposentadora. “Fala conosco todo dia. Ela é jogadora de futebol e vai largar tudo? Nada. Fala conosco todo dia e em nenhum momento falou sobre isso conosco. Tem mostrado os treinamentos. Vai estar conosco no torneio nos Estados Unidos”, disse.

A história começou a dar uma aliviada após o Orlando Pride entrar no jogo de Marta e compartilhar uma mensagem com o texto: “Nós sabemos que somos família para você”.

O coordenador de seleções femininas da CBF, Marco Aurélio Cunha, acredita que o post faz parte de uma ação de marketing e não tem nada a ver com o Brasil ou a seleção.

Que calor! Termômetros batem 34,3ºC e capital tem dia e madrugada mais quentes do verão


Segundo a meteorologista do Inmet, é normal que no mês de fevereiro e no início de março os dias fiquem mais quentes na cidade

Os soteropolitanos já suspeitavam do que os termômetros confirmaram: a capital baiana teve a madrugada mais quente do verão na segunda-feira (18), com temperatura de 26,7º C e sensação térmica de 29,7º C.

Foto: Reprodução/Seconar Service

De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o dia mais quente da estação foi registrado no domingo (17), quando a temperatura chegou a 34,3ºC, com sensação térmica de 37,3ºC.

Segundo a meteorologista do Inmet Cláudia Valéria, é normal que no mês de fevereiro e no início de março os dias fiquem mais quentes em Salvador.

“É uma característica do verão daqui [capital]. Nessa época a temperatura fica mais elevada e o ar fica mais seco”, diz Cláudia.

Ainda conforme a especialista, até agora a temperatura ainda não supera o dia mais quente registrado na capital baiana no verão de 2018, quando os termômetros chegaram à casa dos 35,8ºC.

Bahia.ba

Áudios revelam discussões entre Gustavo Bebianno e Jair Bolsonaro; ouça


O ex-ministro Gustavo Bebianno divulgou nesta terça-feira (19) uma série de áudios de conversas com o presidente Jair Bolsonaro. Eles relevam discussões e desentendimentos entre os dois nos dias que antecederam a saída de Bebianno do governo federal, confirmada nesta segunda (18).

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

De acordo com a revista Veja, que teve acesso às informações, parte das gravações aconteceram no último dia 12, indicando que o ex-secretário-geral da Presidência da República estava certo ao dizer na última quarta-feira (13) que havia falado com o presidente três vezes no dia anterior.

Na terça, Bolsonaro um áudio para Bebianno criticando uma reunião marcada entre o ex-ministro e o vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet Camargo, e outros dois para falar de uma viagem de Bebianno com dois ministros ao Pará.

Na quarta, Carlos Bolsonaro negou que Bebianno tenha falado com o presidente no dia anterior. No mesmo dia, Jair voltou a mandar um áudio para o ex-ministro questionando a declaração dele. “Você não falou comigo nenhuma vez no dia de ontem. Ele [Carlos] esteve comigo 24 horas por dia. Então não está mentindo, nada, nem está perseguindo ninguém”, disse o presidente.

“Capitão, há várias formas de se falar. Nós trocamos mensagens ontem três vezes ao longo do dia, capitão. Falamos da questão do institucional do Globo. Falamos da questão da viagem. Falamos por escrito, capitão. Qual a relevância disso, capitão? Capitão, as coisas precisam ser analisadas de outra forma. Tira isso do lado pessoal. Ele não pode atacar um ministro dessa forma”, respondeu Bebianno.

Em seguida, Bolsonaro acusou o então ministro de tentar envolvê-lo no esquema de candidaturas laranja do PSL, alegou que conversas pelo WhatsApp não representam “falar” com alguém e ameaçou não responder mais Bebianno. “Ô, Gustavo, usar da… Que usou do Whatsapp para falar três vezes comigo, aí é demais da tua parte, aí é demais, e eu não vou mais responder a você”, reclamou o presidente.

Bahia Notícias

Bolsonaro anuncia que leilão de 12 aeroportos acontecerá até março


O presidente da República, Jair Bolsonaro, informou que a previsão da realização do leilão de 12 aeroportos no Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) é para o mês de março. Através do Twitter, Bolsonaro disse que a estimativa de investimentos é de R$ 3.5 bilhões. Os ativos que vão ser leiloados foram divididos em três blocos Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Foto: Reprodução/ EBC

O primeiro bloco é composto pelos aeroportos de Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba. No segundo estão incluídos os terminais de Vitória (ES) e Macaé (RJ), enquanto o terceiro é composto pelos aeroportos de Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta, todos em Mato Grosso.

“Todos os leilões dos aeroportos citados estão previstos para serem realizados até março deste ano”, publicou Bolsonaro no Twitter. O presidente disse ainda que a medida oferecerá “qualidade no serviço específico, empregabilidade e economia”.

Bahia Notícias

Bolsonaro exonera Bebianno da Secretaria-Geral, confirma porta-voz da Presidência


Uma crise no governo foi gerada pela suspeita de que o partido de Bolsonaro e Bebianno teria usado uma candidatura “laranja” nas eleições de 2018

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno (PSL), anunciou hoje (18) o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

“O excelentíssimo senhor presidente da República decidiu exonerar nesta data do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República o senhor Gustavo Bebianno Rocha. O senhor presidente da República agradece sua dedicação à frente da pasta e deseja sucesso em sua nova caminhada”, declarou o porta-voz.

A decisão foi confirmada em meio a uma crise no governo gerada pela suspeita de que o partido de Bolsonaro e Bebianno, o PSL, teria usado uma candidatura “laranja” nas eleições de 2018. A crise se estendeu e envolveu também o vereador do Rio de Janeiro e filho do presidente, Carlos Bolsonaro (PSC).

Metro1

Vereador João Henrique Paolilo participou do protesto contra implantação da zona azul


Aconteceu nesta segunda feira dia 18 uma manifestação no estacionamento da prefeitura, onde parlamentares, gente do povo, comerciários e comerciantes e sindicalistas protestaram contra a implantação da zona azul  em Alagoinhas.

A maioria não é contra o ato do prefeito, e sim a forma como foi implantada.  O microfone esteve disponível para quem quis se manifestar, e no seu pronunciamento, o vereador João Henrique disse que o processo é explorador da prefeitura contra o cidadão.

Para ele o prefeito tem de refletir sobre suas ações, que os interesses particulares estão acima dos interesses públicos, que o diga o caso do Bob’s, e este o da zona azul.

Que ele como parlamentar esta atento a essas ações e espera que o prefeito reveja o seu ato e volte atrás.

Veja parte do discurso: