Trecho da BR-324 está entre os cinco que mais registraram mortes no país


Um estudo do Atlas da Acidentalidade no Transporte, organizado pelo Programa Volvo de Segurança no Trânsito, apontou que um trecho da BR-324 está entre os cinco que mais registraram mortes no país.

Apenas entre os Km 614 e 24, entre os bairros São Gonçalo do Retiro e Águas Claras, em Salvador, de 2007 a 2016 foram 1.428 ocorrências, com 167 mortes.

No topo do ranking letal está a BR-316, no Km 0 a 10, em Belém, no Pará, somando 3.370 acidentes com 188 vítimas.

“As caraterísticas em comum desses trechos são a proximidade a grandes cidades e o elevado número de mortes causadas por atropelamentos”, informa o estudo.

 

Fonte: Varela Noticias

É preciso planejar melhor Doutor


É preciso planejar melhor Doutor

Em seu discurso no dia 7 de Setembro o Dr Joaquim reafirmou, o “compromisso da administração municipal” com o planejamento  estratégico da ações da prefeitura  e a participação popular”.  Na pratica o que agente vê não é bem assim.

A cerca de 15 dias, a prefeitura asfaltou a praça da Bandeira palco anual dos festejos da independência, e para surpresa de todos, o serviço foi feito em plena luz do dia e com o trânsito na todo vapor, afinal foi em uma sexta feira o que deixou os usuários das vias contrariados.  Mas ainda ficaram insatisfeitas as pessoas que moram em ruas que “nunca” viram a cor do asfalto,  até por que a situação da própria praça da Bandeira era boa, e não havia para o momento a necessidade do asfalto ali, fica a pergunta baseada no que disse o prefeito no parágrafo anterior: Onde é que se encaixa ai a participação popular?

 

Outro feito aberrante no centro, foi ao lado da igreja matriz a limpeza do rio.  Uma maquina foi utilizada, e pasmem, por conta do peso, o chão ficou danificado, necessitando o interdição daquele local, o mesmo acontecendo  do outro lado na entrada do terminal de coletivos, resultado outra tão importante via, que hoje encontra-se fechada.

 

Um comerciante dono de uma loja mandou mensagem via aplicativo do whatsapp para a imprensa, onde expressou ali a sua indignação e ao mesmo tempo lembrou que por pouco a ação da maquina, não prejudicou a estrutura de seu comercio.  Quem estava operando esta maquina tinha conhecimento sobre o solo da cidade? Quem o orientava?

 

Para piorar  a situação do canal ao lado da loja, sentido terminal de coletivos, ainda jogaram diversas pedras no intuito de fazer uma contenção.  Conversei com quem entende do assunto que me disse que ali a água tem acesso, que a fundação é antiga, que  o correto seria concretar.

 

Tivemos também a interdição do terminal de coletivos para uma reforma, ato este comunicado a cerca de 15 dias antes do início das obras, aos comerciantes locais, o pronunciamento do prefeito foi em uma churrascaria no próprio terminal.  Tal reforma só vislumbra o prejuízo dos comerciantes, vindo por conseqüência e também a galope, o desemprego.  Mais uma pergunta: Era necessário agora esta reforma no terminal?

 

Ainda falando sobre planejamento, Uma  outra maquina que retira a camada de asfalto, foi utilizada para fazer um serviço na avenida Dantas Bião ligando o centro ao bairro de Alagoinhas Velha, e o que se observa hoje, é um enorme tabuleiro, lama, poeira, ou seja uma rua estragada.  Se não ia asfaltar de imediato, porque retirou o resto do asfalto que já tinha?

A Rua Oito de Dezembro cobrada por todos da imprensa, e um pouco mais por este que escreve, continua com obra a passos de tartaruga, só que o “bicho cascudo” esta com uma das pernas engessadas, o que deixa o serviço mais lento ainda.

 

Os morados do bairro reclamam que a prefeitura não deixou alternativas para eles se deslocarem ao centro.  Se vai pela Lagoa Cavada prepare o reboque, se for pela Antonio Conselheiro rua do vereador Gode, na porta da casa do edil a situação é periclitante, e agora?  Pelo nosso conhecimento ninguém se desloca ainda de drone.

Por fim quando é que as obras vão se encaixar com os reais planejamentos?  Existe uma pressa em mostrar serviço?  O próprio prefeito reconheceu que Alagoinhas era a cidade mais ESBURACADA de todo interior da Bahia, mas quando poderá ele dizer ao contrário? Doutor o senhor ainda tem tempo, e muito.

Continuo achando que sem ordem não tem progresso.

 

Em Petição, MPF Diz Que Geddel É Um “Criminoso Em Série”


Na representação policial do Ministério Público Federal pedindo a prisão preventiva do ex-ministro Geddel Vieira Lima, após a Polícia Federal achar malas e caixas com R$51 milhões em apartamento usado pelo pemedebista, o procurador classificou Geddel como um “Serial Criminal” ou mesmo um “criminoso em série”. Ele alegou que o político cometeu “diversos outros esquemas criminosos semelhantes”.

Na mesma linha disse o juiz que decretou o pedido de prisão do Vieira Lima, que afirmou na decisão que o político baiano reitera na prática de crimes “de forma sorrateira” e “em estado de permanência”. O titular da 10ª Vara Federal em Brasília lembrou no mandado de prisão que, em diferentes depoimentos dados, inclusive por ocasião da primeira prisão preventiva, em julho, Geddel não fez qualquer menção aos R$ 51 milhões apreendidos posteriormente em um “bunker” num edifício em Salvador.

Ele foi preso em Salvador pouco depois das 6h desta sexta-feira (8) e levado à Brasília. Em nota, a defesa de Geddel disse que somente se manifestará quando tiver acesso aos autos.

Programa Pauta Livre hoje Digital News completa 20 anos


A vinte anos atrás começava o maior programa de radio do interior baiano, o Pauta Livre. Primeira formação Ailton Borges dividia a bancada com Vanderlei soares e tinha os trabalhos de rua a cargo do repórter Miranda lima, a radio era a Alagoinhas FM.

Tempos depois com a venda ao empresário Antonio Lomes, a radio se passou a chamar Digital FM e o programa Digital News.

Indo ao ar de segunda a sexta feira das 6 ás 8:30 o programa é líder de audiência, trazendo sempre a notícias em tempo real, Alagoinhas e região acordam com seus rádio já sintonizados.

Uma queima de fogos marcou os 20 anos do programa no dia de hoje, a girândola doada pelo fogueteiro guardinha foi acesa no Largo da Independência.

Hoje a equipe é comporta por Ailton Borges, Marcus Aragão e Ednei santiago

Que venham mais 20 30 40 anos….Parabéns.

 

Alagoinhas: Setembro “vermelho” para os comerciantes do terminal de coletivos


Alagoinhas: Setembro “vermelho” para os comerciantes do terminal de coletivos

Foi anunciado tem poucos dias a reforma do terminal de coletivos por parte da prefeitura, e para agravar a situação dos comerciantes, uma maquina que fazia o assoreamento do rio Catu, causou um dano grave no solo, fazendo com que a contenção não suportasse o peso ficando danificada, conseqüentemente houve a necessidade do fechamento total da via.Foi anunciado tem poucos dias a reforma do terminal de coletivos por parte da prefeitura, e para agravar a situação dos comerciantes, uma maquina que fazia o assoreamento do rio Catu, causou um dano grave no solo, fazendo com que a contenção não suportasse o peso ficando danificada, conseqüentemente houve a necessidade do fechamento total da via.

 

Para os comerciantes do terminal, vai ser os piores meses dos últimos tempos. Imagine uma loja que tinha de costume fechar o dia no caixa, com uma media de vendas em “X” , e agora essa receita poderá cair em mais de 80% ?

É simples: Loja de seu “fulano” vendia diariamente cerca de R$ 2.000,00(dois mil reais), de ontem em diante passou a vender R$ 400,00(quatrocentos) reais, em um total de 26 dias, tirando os domingos, “seu fulano ” vendia R$ 52.000,00 (cinquenta e dois mil reais) agora a tendência é vender R$ 10.400(dez mil e quatrocentos reais), como é que ele vai fechar as suas contas? No VERMELHO.

Eu tive a informação que o prefeito Joaquim teria se reunido com os comerciantes do local em meados do dia 15 de agosto, lá mesmo em um ponto no terminal e comunicado a reforma ou seja, só a cerca de duas semanas do início da obra é que eles foram avisados.

O país já atravessa uma crise financeira à anos, se aproxima agora do final de 2017 restando apenas quatro meses, e ao chegar dezembro ainda como despesas, vem férias e décimo de funcionários, como esses comerciantes irão honrar seus compromissos??

Ontem primeiro dia de obras o que se viu foi um deserto só, nenhum funcionário trabalhando, o que a prefeitura pretende fazer na infra estrutura daquele terminal?

Existia a real necessidade para o momento? Queremos ver a cidade bonita, mas a qual preço? Não é justo a derrocada de comerciantes em prol de melhorias, a historia do ovo e do olemete não se encaixam mais. Se alguém errou no passado que fique por lá, vivemos novos tempos.

Lembrando que quando foi feito o ordenamento do solo, a prefeitura fez ampla divulgação, e não houve em nenhum momento o emprego da violência para devolver aos pedestre as calçadas, um ponto positivo da administração do Dr Joaquim.

Sacrifício, só mesmo para os adeptos de uma determinada religião, o que mais importa em tempos de crise é manter o que se conquistou, acho que ta faltando PLANEJAMEMTO, o governo esta em situação “BOA” em se falando do seu fluxo financeiro, mas os comerciantes do terminal, a grande maioria, eu diria que 95% não tem reserva em caixa, vivem do que vendem no dia a dia.

Já que começou a obra, que se acelere, que se trabalhe em turnos ininterruptos, até por que esses mesmos comerciantes tem dívidas em impostos a serem pagos mensalmente à própria prefeitura.

Queremos finalizar este texto, lembrando o que tem escrito em nossa bandeira maior: ORDEM E PROGRESSO, acreditamos no senhor Dr Joaquim, até por que o tempo esta a seu favor.

Marcus Aragão