PREFEITURA EM MOVIMENTO: Notícias do dia 15/09/2017


 

SESAU promove Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação Infantil, neste sábado (16)

Leia mais: https://goo.gl/A7k22c

SEMAS oferece consultas oftalmológicas gratuitas na Praça do CEU nesta segunda-feira (18)

Leia mais: https://goo.gl/kJR7T3

Dia D da vacinação antirrábica em Alagoinhas é neste sábado (16); saiba onde levar o pet

Leia mais: https://goo.gl/Bq6fLD

SEMAS promove capacitação sobre suicídio para assistentes sociais do CRAS de Nova Brasília

Leia mais: https://goo.gl/VzmkTr

Alunos da rede municipal participam de segundo aulão preparatório da Prova Brasil

Leia mais: https://goo.gl/g9mqkX

Membros do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência tomam posse durante ato solene

Leia mais: https://goo.gl/QcRCAc

Secretaria Municipal de Comunicação – SECOM

E-mail: [email protected]
Telefone: (75) 3423-8320
Whatsapp: (75) 99804-9338

Portal da Prefeitura de Alagoinhas:

www.alagoinhas.ba.gov.br

Redes Sociais:

www.facebook.com/PrefeituradeAlagoinhas

www.instagram.com/Prefeitura.Alagoinhas

www.twitter.com/PrefAlagoinhas

Idoso de 104 anos fica sem aposentadoria após ser dado como morto em Alagoinhas


Um idoso de 104 anos perdeu a aposentadoria após o cartório de Alagoinhas, atestar uma certidão de óbito no nome dele. De acordo com a TV Subaé, o documento só foi descoberto, após a mulher do aposentado tentou fazer uma nova identidade para ele, há 4 meses. O documento foi emitido em 2008. Na certidão, Belarmino Alves dos Santos está “morto” desde dezembro de 2003, há quase 14 anos.

O idoso e sua família precisam do dinheiro da aposentadoria, única fonte de renda da família, que tem duas crianças. Vizinhos e conhecidos ajudam como podem o idoso.

A Defensoria Pública da Bahia informou que o processo para regularizar a aposentadoria já foi encaminhado, com ofício à agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Alagoinhas. A agência confirmou o recebimento do documento, no entanto, o benefício segue suspenso.

FONTE: VARELA NOTICIAS

Apresentador Marcelo Rezende tem falência múltipla dos órgãos


 

O apresentador Marcelo Rezende enfrenta o maior desafio da sua vida, internado desde a última terça-feira (12) em um hospital de São Paulo. O ex-âncora do “Cidade Alerta” teve falência múltipla dos órgãos e respira com a ajuda de aparelhos. A informação foi confirmada pelo site Purepeople.

O câncer além de levar complicações no pâncreas e fígado, “comprometeu parte do aparelho digestivo”. Nesta sexta-feira (15), a namorada de Rezende, Luciana Lacerda, deu indícios de que a situação do apresentador é praticamente irreversível. “O vazio ocupa um espaço imenso”, escreveu em sua rede social.

Vale lembrar que mesmo lutando contra câncer no fígado e pâncreas, Rezende optou por fazer um tratamento considerado natural ao invés da quimioterapia. Rezende passou a seguir uma dieta extremamente rígida e vinha oscilando bastante na disposição física.

 

FONTE: VARELA NOTICIAS

PF apreende documento sobre compra de avião em casa da mãe de Geddel


 

A Polícia Federal (PF) apreendeu na casa da mãe do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) um envelope com a inscrição “compra de avião”, anotações sobre abastecimento de uma aeronave, registros sobre compra e venda de gado e atas de reuniões da Caixa Econômica Federal. De acordo com o site do jornal O Globo, a Justiça Federal em Brasília autorizou a PF a fazer uma busca no apartamento de Marluce Vieira Lima, em Salvador, no mesmo dia em que determinou a prisão de Geddel, na última sexta-feira (8). O ex-ministro e um aliado seu, o advogado Gustavo Ferraz (PMDB), estão presos preventivamente desde a descoberta de suas digitais em parte do dinheiro apreendido num “bunker” na capital baiana. A PF encontrou R$ 51 milhões num apartamento ligado a Geddel e ao irmão dele, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), naquela que é considerada a maior apreensão de dinheiro vivo da história do país. Além das prisões, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10ª Vara Federal em Brasília, autorizou que buscas e apreensões fossem feitas nas residências de Geddel, Gustavo e da mãe do ex-ministro. O pedido dos mandados de busca foi feito pela PF e reiterado pelo Ministério Público Federal (MPF).

 

 

FONTE: POLITICA LIVRE

Policiais de mais três cidades do interior desistem de trabalhar no Carnaval


Policiais civis das cidades de Jequié, Paulo Afonso e Itapetinga assinaram nesta semana o “Requerimento de Desistência”, para não trabalhar no Carnaval de Salvador, em 2018, devido aos baixos valores pagos pelo Governo do Estado. Na festa do ano passado, a diária foi de R$114,00 e a hora extra R$186,00. A categoria reivindica R$ 230,00 pelo pagamento da diária e R$ 450,00 equivalente a cada 12 horas extras. O SINDPOC esclarece que o Requerimento de Desistência não possui caráter de greve e paralisação. Os servidores vão cumprir a carga horária normal de trabalho de 40 horas semanais. O impasse gira em torno do cumprimento da escala do Carnaval.

 

FONTE: POLITICA LIVRE

Justiça Federal mantém prisão preventiva de Joesley


Em audiência de custódia realizada na tarde de hoje (15), em São Paulo, o juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Federal, decidiu manter o empresário Joesley Batista, da J&F, preso preventivamente. Em sua decisão, o juiz alegou que Joesley não teria nenhuma dificuldade para fugir do Brasil, caso desejasse.Ele também argumentou que o caso é de grande repercussão no país e que, por isso, é preciso “maior atenção que em outros casos que aconteceram”.A decisão do juiz é uma resposta à argumentação do advogado de Joesley, Pierpaolo Bottini, de que a prisão preventiva nesse caso é arbitrária e que seu cliente seria a única pessoa presa no país pelo crime de insider trading.Joesley Batista chegou por volta das 15h30 à Justiça Federal, onde foi ouvido em audiência de custódia. A audiência começou as 16h30 e durou cerca de meia hora, e se refere à investigação dos irmãos Batista no processo que apura o uso de informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro.A audiência de custódia não trata do processo em si, mas do ato de prisão, de que forma ela se deu. Durante a audiência, Joesley disse que não sofreu maus tratos durante a prisão e reafirmou inocência. Segundo o empresário, a empresa vendeu ações no mercado no dia após a divulgação dos áudios contra Temer “como faz naturalmente”. “Vendi porque precisava de caixa”, explicou, negando que a intenção tenha sido obter lucro.

 

 

FONTE: POLITICA LIVRE