Morador de Feira de Santana é preso em operação contra pedofilia na internet


Na casa do acusado, a polícia apreendeu várias bonecas infláveis infantis, duas pistolas calibre 380, nove projéteis calibre 380, além de DVDs, smartphones, computadores e pendrives com imagens de sexo com crianças.

Um morador de Feira de Santana foi preso e autuado em flagrante na manhã desta quinta-feira (17) durante uma operação contra os crimes de pornografia infantil na internet. A operação foi realizada em todo o Brasil. Foi preso Eugênio Figueiredo Barros, 44 anos, que é morador de Feira de Santana, no Conjunto ACM, Rua B. Ele trabalha como gerente de produção de uma empresa na cidade de Alagoinhas, onde foi preso.

A operação em Feira de Santana contou com policiais civis da Coordenadoria, DAI, e DRFR. Na casa do acusado, a polícia apreendeu várias bonecas infláveis infantis, duas pistolas calibre 380, nove projéteis calibre 380, além de DVDs, smartphones, computadores e pen drives com imagens de sexo com crianças.


O delegado Roberto Leal destacou que a operação foi desenvolvida de forma nacional com as polícias de todos os estados, após investigações feitas levando em consideração a troca de arquivos envolvendo crianças e adolescentes com pornografia. Segundo ele, através do rastreamento, foi possível fazer um grande estudo e chegou-se aos acusados.

“A partir das informações foi feito contato com a delegacia de Feira e foi representado pela busca e apreensão em virtude do material que nos foi encaminhado. Ele foi localizado na cidade de Alagoinhas e foi devidamente conduzido para Feira, onde foi autuado em flagrante”, afirmou.

Segundo o delegado, nas imagens armazenadas contém vários materiais eróticos e pornográficos mostrando crianças de até um ano de idade. Ele informou que a polícia vai averiguar se o acusado preso tem participação nos vídeos e se as armas apreendidas foram utilizadas em algum outro tipo de crime.

“As informações que temos inicialmente é que as imagens são baixadas e compartilhadas. Vamos tentar identificar se aqueles vídeos tem a participação dessas pessoas presas. Eugênio Figueiredo Barros vai ser automaticamente autuado, pois o fato de manter no computador esse tipo de imagem com sexo explícito com crianças já é considerado crime”, destacou Roberto Leal.

A delegada Daniele Mathias falou sobre a quantidade de bonecas infláveis encontradas no quarto de Eugênio Figueiredo Barros. Segundo ela, a quantidade chamou a atenção da polícia. Além disso, ela disse que o material apreendido é muito vasto e a polícia vai analisar todos eles.

“Ele falou para a polícia que armazena esse tipo de arquivo e nega qualquer tipo de participação em atos envolvendo crianças. A gente está analisando, pois o material é muito vasto, tem muita imagem e vamos investigar se ele teve participação em atos sexuais. Não tem como ele negar que armazena esse tipo de vídeo. São imagens chocantes com crianças de até um ano”, afirmou.

A polícia informou ao Acorda Cidade que o acusado não quis falar com a imprensa.

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

 

 

 

 

 

Conde: PM cerca pousada e dois bandidos vão a óbito


Após denúncias de que traficantes e homicidas da localidade de Barra do Pojuca, inclusive o indivíduo de vulgo “Bicão “, estariam homiziados na região do Conde/Ba, a SOInt da 53ªCIPM/Mata de São João, SOInt da 59ªCIPM/Vila de Abrantes e a SOInt do CPRMS passaram a unir esforços no levantamento de área para coibir a prática de delitos perpetrados pelos supostos meliantes.

Então, na data de 17/05/2018, a partir das 03h00, os supracitados Setores de Inteligência, com apoio da SOInt e Policiamento Ostensivo da 51ªCIPM/Conde e da equipe da 33ªDT/Monte Gordo, iniciaram as diligências. Durante o levantamento do local exato do homizio dos referidos meliantes, quando os policiais militares estavam próximos da Pousada de nome MARESIA, um indivíduo abriu a janela e passou a efetuar disparos de arma de fogo contra os policiais militares e civis ali presentes, sendo realizado o revide proporcional à injusta agressão. Ao cessar os disparos contra os policiais, foi dada continuidade à diligência, sendo encontrados 02 (dois) indivíduos alvejados sobre o solo. Com os mesmos foram encontrados armas de calibre restrito e porções de drogas, posteriormente contabilizadas e identificadas. Durante incursão no perímetro do local, ainda foi encontrado outro indivíduo alvejado sobre o solo.

Os indivíduos alvejados foram socorridos ainda com vida para Hospital Dr. Givaldo Fontes, no Conde, sendo constatado, pelo Dr. Djario Costa, CRM 27458, o óbito de dois indivíduos, sendo um de vulgo “Bicão” e outro de vulgo “Jackson”.

O terceiro indivíduo alvejado, J.S.A, foi atendido no hospital e encontra-se fora de risco de morte. O mesmo já encontra-se custodiado para a adoção das medidas legais cabíveis.

A situação está sendo formalizado na Delegacia Territorial da cidade do Conde/Ba.

CPRMS- RMS
Comando de Policiamento Regional Metropolitano de Salvador
Data: 17/05/2018
Local: Sítio do Conde
Horário: 06h10

Aposta única leva o prêmio de R$ 60 milhões da Mega-Sena


O Concurso 2.041 da Mega-Sena, com prêmio previsto de R$ 60 milhões, foi sorteado na noite desta quarta-feira, 16, em Campos Novos (SC). Um apostador de Brasília acertou os seis números. Confira as dezenas sorteadas: 10 – 12 – 22 – 25 – 42 – 54.

 

 

Cento e vinte ganhadores acertaram a quina e cada uma levará um prêmio de R$ R$ 34.570,08. Mais de 9,3 mil bilhetes acertaram quatro dezenas e levam um prêmio de R$ 636,55 cada.

O próximo concurso, que será sorteado no sábado, 19, tem um prêmio acumulado estimado em R$ 3 milhões. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas lojas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o País.

Agência Brasil

Procuradoria apresenta nova denúncia contra Joesley Batista


Denúncia é por corrupção ativa, violação de sigilo funcional, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro

A Procuradoria da República da Primeira Região (PRR-1) apresentou uma nova denúncia contra os ex-executivos do grupo J&F Joesley Batista e Francisco de Assis e Silva, por corrupção ativa, violação de sigilo funcional, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro.

Foram denunciados também o procurador da República Ângelo Goullart Vilella, o presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF), Juliano Costa Couto, o advogado Willer Tomaz e o publicitário André Gustavo Vieira.

A denúncia, que tramita sob sigilo, foi apresentada ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), com sede em Brasília, onde ficará sob relatoria da desembargadora Mônica Sifuentes.

Todos foram denunciados por uma suposta tentativa de Joesley e Francisco de pagarem uma “ajuda de custo” de R$ 50 mil mensais a Goulart para receber informações sigilosas em investigações contra os executivos. O procurador integrou a equipe da Operação Greenfield, que apura desvios em fundos de pensão.

Os demais acusados teriam participado como intermediadores do esquema, dividindo a propina que teria sido paga pelos empresários, com o objetivo de obter “resumos de informações e estratégias confidenciais e sensíveis da Força-Tarefa da Greenfield”.

Os crimes foram descritos pelo próprio Joesley e por Francisco de Assis em suas delações premiadas. No acordo de colaboração, a procuradoria-geral da República (PGR) havia se comprometido a não os denunciar, mas o órgão decidiu não cumprir mais o acordado após considerar que eles haviam ocultado informações importantes em seus depoimentos sobre outros casos.

Um primeiro pedido de rescisão do acordo foi feito ao Supremo Tribunal Federal (STF), em setembro do ano passado, pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sendo posteriormente reforçado por Raquel Dodge, atual PGR. A solicitação ainda não foi avaliada pelo relator, ministro Edson Fachin, o que significa que o contrato ainda vigora.

Defesas

Por meio de nota, o advogado André Callegari, que representa Joesley, disse não ter tido acesso à denúncia, mas que recebe a notícia “com estranheza”.

“Se confirmado o oferecimento de acusação usando fato denunciado pelo colaborador contra o próprio colaborador, verifica-se grave desrespeito à lei e às cláusulas do acordo de colaboração, firmado entre a PGR e Joesley Batista, que preveem a não denúncia”, diz o texto.

O defensor acrescenta ainda que há “menção expressa pela Procuradora-Geral da República de que, enquanto o STF não se manifestar sobre a rescisão do acordo, a denúncia não pode ser recebida contra o colaborador. Então é um contrassenso os procuradores da República oferecerem essa denúncia neste momento”.

A defesa de Ângelo Goulart negou com veemência o envolvimento dele em qualquer ato ilícito. “A defesa confia que, após a apresentação da resposta de Ângelo Goulart Villela, o Tribunal Regional Federal fará justiça e rejeitará essa acusação requentada, infundada e incoerente”, disse.

Por meio de nota, o advogado Willer Tomaz disse “não haver qualquer prova” de ato ilícito cometido por ele.  “Trata-se de um verdadeiro buffet, com perdão pelo estilo, no qual o MPF escolhe ao bel-prazer o que lhe interessa, tomando alguns trechos dos depoimentos como verdade absoluta, dogma solar que tudo toca, e outros como a mais absurda das mentiras”, acrescentou.

Também por meio de nota, o presidente da OAB-DF, Juliano Costa Couto, manifestou “surpresa” com a denúncia contra ele, afirmando não “ter cometido nenhuma ilegalidade”. “Ao mesmo tempo, manifesto minha indignação, em razão de nunca ter sido intimado a prestar esclarecimentos”, acrescentou.

Agência Brasil

Aposentadoria por idade só poderá ser pedida por telefone ou internet a partir de segunda


Segundo o INSS, a mudança deve diminuir o tempo de análise dos pedidos

O Instituto Nacional do Seguro Social vai deixar de agendar atendimento presencial para pedidos de aposentadoria por idade e salário-maternidade a partir da próxima segunda-feira (21). Os serviços deverão ser solicitados por telefone ou internet.

Foto : Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

A análise para a autorização da aposentadoria por idade e do salário-maternidade é feita automaticamente, desde setembro do ano passado, e considera os dados disponíveis nos sistemas do INSS e do governo.

Os benefícios poderão ser solicitados no site do INSS ou ainda pelo telefone 135. Com isso, o segurado vai receber um número de protocolo e só será chamado a uma agência da Previdência em casos excepcionais.

Segundo o órgão, a mudança deve reduzir o tempo de análise.

Metro1

Minha Casa Minha Vida: Casas e apartamentos continuam sendo oferecidos na internet


Denúncia enviada ao Zap do Aragão Notícias, dão conta do comércio ilegal de casas e apartamentos, neste caso um apartamento, o qual estaria sendo comercializado pela quantia de R$ 17.000,00 (dezessete mil reais).

Tal imóvel pertence ao conjunto Urupiara no bairro Rua do Catu.  Infelizmente a grande realidade, é  que pessoas que realmente NÃO TÊM ONDE MORAR, não foram contempladas e outras, cuja realidade deve ser bem diferente, acabaram sendo contempladas.

Por não gostarem da localidade, preferem comercializar de forma clandestina os imóveis em redes sociais, e neste caso da denúncia, a pessoa que quer vender o apartamento, ainda diz que “só interessados realmente entrem em contato”.

Que os órgãos competentes realmente façam uma fiscalização mais rigorosa quanto a essas práticas, dando de fato as casas e apartamentos a quem realmente precise.

Vale salientar que à pouco tempo mais um conjunto foi entregue, na região do bairro da Calú, e que irregularidades também quanto ao quesito de venda ilegal, já foi observado.

Nós da imprensa acompanhamos todo esse processo, feito pela Caixa Econômica Federal, através dos documentos enviados pela SEMAS, onde a transparência foi TOTAL, mas infelizmente pessoas inescrupulosas, ainda insistem nessas práticas.

Fiscalização nelas.