Três pessoas morrem após ônibus cair em ribanceira no Sul da Bahia


Três pessoas morreram e outras ficaram feridas após um ônibus se envolver em um acidente na manhã desta terça-feira, 17, no município de Arataca, no Sul baiano.

O veículo trafegava pela BR-101, com destino a Teixeira de Freitas, quando colidiu em uma árvore e caiu em uma ribanceira. Segundo informações do site Ilhéus Notícias, o ônibus transportava 19 passageiros, que trabalhavam como sacoleiros e haviam partido da cidade de Tobias Barreto, em Sergipe.

As vítimas foram socorridas por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foram encaminhadas para o Hospital de Base, em Itabuna.

As causas do acidente ainda são investigadas, mas a suspeita é que o veículo tenha apresentado uma falha mecânica.

Até o momento, somente cinco sobreviventes foram identificados: Rosimeire Queiroz Pereira, Givaldo Gonçalves Barbosa, Adevaldo Pereira Santos, Joselene Clemente Gonzaga, e Helena Maria dos Santos. Os outros passageiros não tiveram os nomes revelados.

A Tarde

Campanha de Vacinação Antirrábica segue em Alagoinhas


A Vacinação Antirrábica 2018 iniciou no dia 11 de julho e vai até dia 4 de agosto em Alagoinhas. A vacinação é gratuita e está sendo realizada nos bairros por agentes comunitários de Saúde até 4 de agosto, em pontos definidos pelas Unidades de Saúde de cada área, e desde esta segunda-feira(16) até dia 31 de julho, a vacinação será realizada pela Unidade Móvel em 11 localidades  da zona rural . Os donos de animais também podem se dirigir à Vigilância Sanitária, das 8h às 13h, para que recebam a vacina.Todos os animais a partir de três meses e fêmeas paridas há mais de 15 dias devem ser imunizados.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Claudine Ramos, explica que manter o animal com as vacinas em dia é umas das responsabilidades importantes de quem cria. “Isso se chama posse responsável. As pessoas precisam ter consciência de que para se ter um animal de estimação é preciso também ter responsabilidade sobre eles”, destacou.

A Raiva

A raiva é uma doença considerada incurável e a taxa de mortalidade é de quase 100%. Ela é causada por um vírus e é transmitida ao ser humano através do contato da saliva (mordida ou lambedura) de animais que estão contaminados, bastando que algum tipo de ferida já existente entre em contato com a saliva do animal doente.

Cuidados

Se a pessoa for agredida por qualquer animal, deve-se lavar imediatamente a ferida com água e sabão e procurar imediatamente um serviço de saúde para obter orientações sobre indicação de vacina ou soro.

Quando a agressão for por cães ou gatos, os animais deverão ser confinados por dez dias após a agressão, para observação de sintomas da doença. Se o animal morrer, deve-se informar o departamento de zoonoses do município, imediatamente.

Sintomas

Os principais sinais clínicos da raiva são: perda de apetite, alterações de comportamento, agitação e agressividade, sendo estes os primeiros; seguidos de agitação, agressividade extrema, falta de coordenação motora, paralisia de músculos da deglutição e da mandíbula, que resulta em salivação e dificuldade em engolir.

Caso seu animal de estimação apresente alguns destes sintomas, procure assistência veterinária o quanto antes para iniciar o tratamento, já que em questão de onze dias seu animal pode vir a óbito. A vacina antirrábica é ainda a única forma de prevenção contra a doença.

Secom / Pefeitura de Alagoinhas

Feira: Complexo de delegacias sofre com superlotação após interdição em presídio


O Complexo de Delegacias de Feira de Santana registra superlotação de presos. A situação decorre da interdição parcial do Conjunto Penal do município, ocorrida há 81 dias. No Complexo, as 5 celas que deveriam abrigar 20 presos, atualmente comportam 50, ou seja, mais do dobro da capacidade. A informação foi passada ao G1 pelo delegado Roberto Leal, coordenador regional da Polícia Civil em Feira. No dia 26 de abril, uma decisão da Justiça decretou a interdição parcial do presídio. A sentença do juiz Waldir Viana acatava ação movida pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) e pela Ordem de advogados da Bahia (OAB). Segundo os proponentes da ação, o Estado descumpriu um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em 2016.

 

Entre os itens previstos no TAC constam: ampliação do presídio, separação entre os presos do regime fechado dos do semiaberto, e entre os presos definitivos dos presos temporários, a contratação de mais agentes penitenciários, além da compra de scanners para fazer a revista corporal. Com a interdição, o presídio também ficou impedido de receber novos presos, que deveriam ser encaminhados para o Complexo de Delegacias. Por meio de nota, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap) disse ter cumprido 90% das recomendações do TAC. Entre elas, a separação dos presos, a instalação de monitoramento, aquisição de novos detectores de metal e o remanejamento de 11 agentes penitenciários.

 

Collor diz que fez ‘governo de sucesso’, mas errou ao ‘não saber exercer’ o poder


Senador diz que “equívoco” da administração dele foi não ter dado ao Congresso “a consideração e o apreço” que merecia

O presidenciável do PTC, Fernando Collor, disse que fez um “governo de sucesso”, mas errou ao “não saber exercer” o poder quando esteve no Palácio do Planalto.

Em entrevista à Rádio Metrópole, o senador afirmou que a gestão dele foi reconhecida pelos próprios adversários. “Na época, admitiram que o nosso governo foi um governo de ruptura com o retrocesso”, disse.

Para Collor, o “equívoco” da administração foi não ter dado ao Congresso, que aprovou o impeachment contra ele, “a consideração e o apreço” que merecia.

“Faltou a mim a capacidade e poder de entender de uma melhor maneira as expectativas e anseios do Congresso. Se tivesse pedindo coisas impossíveis, cabia a mim dar a explicação necessária. Infelizmente, não agi dessa maneira. Tem algo que o poder é extremamente cruel com quem não sabe exercer. E não sabendo exercê-lo, fui penalizado pelo Congresso Nacional”, admitiu.

No entendimento do senador, o Brasil precisa de uma reforma política “ampla, extensa e profunda”. Para ele, o presidencialismo de coalização gera crise no país a cada seis meses. “Enquanto não resolvermos um enfrentamento a essa questão, não sairemos desse ramerrão. […] Hoje, temos 40 partidos políticos em condições de lançar candidatos de presidente a vereador. Desses partidos, 27 deles têm representação na Câmara dos Deputados. Então, é impossível dentro do presidencialismo de coalizão, em que o presidente da República tem que se entender com uma Câmara dos Deputados, por exemplo, a cada medida provisória que edita, com 27 partidos diferentes”, avaliou.

O alagoano entende que é necessário se discutir o voto distrital e pode se avançar também no debate sobre a implementação do parlamentarismo no país.

Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

Alagoinhas: PF faz batida em condomínio e uma pessoa foi detida


Dando seqüência a operação deflagrada em vários estados do Brasil, em Alagoinhas os federais estiveram no condomínio Ouro Negro no bloco 01 bairro de Alagoinhas Velha, onde reside um comerciante, o qual foi levado enquanto outra equipe foi para sua loja que fica na área do Posto 5 Estrelas.

 

 

A PF esteve também em uma residência na Inocoop I cumprindo outro mandado, inclusive duas pessoas que passavam pela rua  foram abordadas  e ao mesmo tempo intimadas a ficarem junto com a equipe da PF, para serem testemunhas quando eles tiverem que entrar no imóvel.

Mais informações no decorrer do dia.

Plantão de policia – 17/07/18


Jovem foi baleado no Petrolar

A Samu foi acionada e a PM também acerca de uma tentativa de homicídio que aconteceu no Petrolar próximo do Centro Social Urbano, onde um jovem de iniciais MAS de 22 anos foi baleado nas costas por três disparos.

Imagem ilustrativa

A vítima procurou refúgio na casa de uma senhora enquanto aguardava a chegada do socorro.  No hospital conversou com os militares e informou que teria sido o autor dos disparos e o motivo.

Inhambupe: PM prende três envolvidos no tráfico de drogas

Os militares no bairro Novo Inhambupe avistaram três rapazes em atitude suspeita, onde resolveram fazer uma abordagem, sendo encontrado com eles um revólver calibre 38 com seis munições intactas, um tablete de maconha aproximadamente um 1 kg, uma máscara do tipo brucutu, dois celulares e uma pequena quantia em dinheiro R$ 113,00 reais.

Os envolvidos foram identificados como: Jackson Souza Carvalho de 18 anos, Bruno Santos de Oliveira também 18 anos e Lailson Felipe Queiroz Silva de 23 anos.

O Jacskon já responde processo por latrocínio, roubo seguido de morte.

Os três foram apresentados na delegacia onde as medidas cabíveis foram adotadas.

Dupla que  praticou assalto em Araçás foram detidos na BA 093

Dois elementos em uma moto modelo CG da cor vermelha assaltaram um ponto comercial e transeuntes no mercado municipal, e em seguida fugiram sentido Pojuca. A PM de posse destas informações passaram a fazer o monitoramento de longe, e ao se aproximarem deram voz de prisão.

A dupla foi identificada como sendo: Iranilson Vidal Santos Soares de 25 anos  residente no fundo da maternidade em Pojuca e SGS de 15 anos residente no bairro Los Angeles.

Com os mesmos foram encontrados a arma do crime um revólver velho calibre 38, três carteiras de cigarros, 4 celulares, pequena quantidade de maconha um relógio de pulso, e certa quantia em dinheiro.

A Moto uma CG vermelha Sport eles confessaram que foi tomada de assalto em Catu no domingo.

Os elementos foram apresentados na delegacia onde a autoridade policial adotou as providências.

Levantamento da produtividade período de 9 a 15 de julho

112 Estabelecimentos abordados

05 Estabelecimentos comerciais abordados

12 Pessoas autuadas em flagrante

07 Termos circunstanciados foram lavrados

04 Armas de fogo foram apreendidas

2818 Pessoas abordadas

787 Motos abordadas

420 Veículos Abordados

29  Ônibus coletivos abordados

06  veículos recuperados

09 Veículos apreendidos

28 veículos autuados por infração de trânsito

Satisfação do dever cumprido, trabalho realizado com garra e colaboração de todos demonstrando êxito e competência no cumprimento da missão.

A PM deseja a todos uma semana de muita paz.