É preciso planejar melhor Doutor


É preciso planejar melhor Doutor

Em seu discurso no dia 7 de Setembro o Dr Joaquim reafirmou, o “compromisso da administração municipal” com o planejamento  estratégico da ações da prefeitura  e a participação popular”.  Na pratica o que agente vê não é bem assim.

A cerca de 15 dias, a prefeitura asfaltou a praça da Bandeira palco anual dos festejos da independência, e para surpresa de todos, o serviço foi feito em plena luz do dia e com o trânsito na todo vapor, afinal foi em uma sexta feira o que deixou os usuários das vias contrariados.  Mas ainda ficaram insatisfeitas as pessoas que moram em ruas que “nunca” viram a cor do asfalto,  até por que a situação da própria praça da Bandeira era boa, e não havia para o momento a necessidade do asfalto ali, fica a pergunta baseada no que disse o prefeito no parágrafo anterior: Onde é que se encaixa ai a participação popular?

 

Outro feito aberrante no centro, foi ao lado da igreja matriz a limpeza do rio.  Uma maquina foi utilizada, e pasmem, por conta do peso, o chão ficou danificado, necessitando o interdição daquele local, o mesmo acontecendo  do outro lado na entrada do terminal de coletivos, resultado outra tão importante via, que hoje encontra-se fechada.

 

Um comerciante dono de uma loja mandou mensagem via aplicativo do whatsapp para a imprensa, onde expressou ali a sua indignação e ao mesmo tempo lembrou que por pouco a ação da maquina, não prejudicou a estrutura de seu comercio.  Quem estava operando esta maquina tinha conhecimento sobre o solo da cidade? Quem o orientava?

 

Para piorar  a situação do canal ao lado da loja, sentido terminal de coletivos, ainda jogaram diversas pedras no intuito de fazer uma contenção.  Conversei com quem entende do assunto que me disse que ali a água tem acesso, que a fundação é antiga, que  o correto seria concretar.

 

Tivemos também a interdição do terminal de coletivos para uma reforma, ato este comunicado a cerca de 15 dias antes do início das obras, aos comerciantes locais, o pronunciamento do prefeito foi em uma churrascaria no próprio terminal.  Tal reforma só vislumbra o prejuízo dos comerciantes, vindo por conseqüência e também a galope, o desemprego.  Mais uma pergunta: Era necessário agora esta reforma no terminal?

 

Ainda falando sobre planejamento, Uma  outra maquina que retira a camada de asfalto, foi utilizada para fazer um serviço na avenida Dantas Bião ligando o centro ao bairro de Alagoinhas Velha, e o que se observa hoje, é um enorme tabuleiro, lama, poeira, ou seja uma rua estragada.  Se não ia asfaltar de imediato, porque retirou o resto do asfalto que já tinha?

A Rua Oito de Dezembro cobrada por todos da imprensa, e um pouco mais por este que escreve, continua com obra a passos de tartaruga, só que o “bicho cascudo” esta com uma das pernas engessadas, o que deixa o serviço mais lento ainda.

 

Os morados do bairro reclamam que a prefeitura não deixou alternativas para eles se deslocarem ao centro.  Se vai pela Lagoa Cavada prepare o reboque, se for pela Antonio Conselheiro rua do vereador Gode, na porta da casa do edil a situação é periclitante, e agora?  Pelo nosso conhecimento ninguém se desloca ainda de drone.

Por fim quando é que as obras vão se encaixar com os reais planejamentos?  Existe uma pressa em mostrar serviço?  O próprio prefeito reconheceu que Alagoinhas era a cidade mais ESBURACADA de todo interior da Bahia, mas quando poderá ele dizer ao contrário? Doutor o senhor ainda tem tempo, e muito.

Continuo achando que sem ordem não tem progresso.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.