Projeto em tramitação na Câmara cria fundo de combate à seca no Nordeste


Foto: Agência Brasil

Tramita na Câmara um projeto de lei que cria um fundo de combate à seca que atinge o Nordeste. O texto que estabelece o Fundo de Atendimento às Situações de Emergência e de Calamidade Pública Decorrentes de Secas (Fasec), de autoria do senador José Agripino (DEM-RN), já foi aprovado pelo Senado. A matéria será analisada em caráter conclusivo (quando é dispensada a deliberação no plenário) pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Segundo a proposta, o fundo será criado pelo governo federal e gerido por um conselho deliberativo com apoio técnico e administrativo do órgão que executa a Política Nacional de Defesa Civil. O colegiado terá representantes do Senado, da Câmara, de estados e municípios da região. O fundo não terá prazo de duração e se constituirá de recursos do Tesouro Nacional, doações, legados, subvenções e auxílios de entidades, bem como, eversão de saldos anuais não aplicados e outras fontes de receitas. A proposta estabelece ainda que os recursos do Fasec não poderão ser usados para outros fins, apenas aquisição ou locação de equipamentos e bens necessários ao atendimento de situações de emergência e calamidade pública decorrente das secas. Os recursos não aplicados no exercício poderá ser utilizado no ano subsequente para construção de reservatórios de água, sistemas de captação de água e adutoras, ou mesmo ser mantido como reserva para atendimento a eventuais situações de emergência.

 

Bahia Notícias

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.