Roubo em banco do Corredor da Vitória não tem relação com crime na Calçada, diz Polícia


A tentativa de roubo que aconteceu na manhã desta quarta-feira (11), em uma agência do banco Santander, no Corredor da Vitória, não tem relação com o roubo a uma unidade do mesmo banco no bairro da Calçada, em Salvador, na terça (10). Pelo menos é o que acredita o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

Dois dos suspeitos de participarem do crime nesta manhã foram apresentados à imprensa nesta tarde. Com a dupla, a polícia conseguiu apreender uma pistola, um revólver e ainda recuperou um colete balístico e três revólveres levados da equipe de segurança do banco e celulares dos funcionários.

Outros três homens que também participaram do crime, conseguiram fugir, no entanto, a polícia vai usar imagens das câmeras de segurança do lado de fora da agência para a identificação.

“Importante frisar o grande trabalho que nós estamos fazendo desde o ano passado de combate a roubos de bancos. Hoje, graças a ação eficiente das equipes da PM e PC, conseguimos evitar a investida”, disse o delegado do Draco, Paulo Guimarães.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.