Triplex que seria de Lula é arrematado por R$ 2,2 milhões


O apartamento triplex, do Guarujá (SP), apontado como sendo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), segundo o Ministério Público Federal (MPF), foi vendido por R$ 2,2 milhões no final do leilão, na tarde desta terça-feira (15).

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O vencedor do leilão não teve a identidade revelada, apenas se sabe que ele vive em Brasília. De acordo com o Código Civil e o Código de Processo Civil (CPC), ele deve realizar o pagamento em até 72 horas.

Além deste lance, ainda houve outro do mesmo valor, contudo, o usuário encaminhou um e-mail explicando que havia feito a oferta de forma equivocada.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde 7 de abril. O ex-presidente se entregou dois dias após o juiz federal Sergio Moro ter expedido a ordem de prisão. Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de cadeia, por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.