Zé Ronaldo e Gualberto respondem a processos de improbidade, diz App


Detector de Corrupção “pega” Neto e Otto, lista ações contra democrata e tucano e isenta Rui e Iarani

Dos oito pré-candidatos ao Governo da Bahia, quatro são apontados pelo aplicativo “Detector de Corrupção” como alvos de processos e dois são listados como “nada consta”.

Aspirante do DEM ao Palácio de Ondina, o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo aparece em foto monocromática. O motivo é uma ação movida pelo Ministério Público que acusa o democrata de supostamente contratar terceirizados para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro de Mangabeira irregularmente, quando aprovados em concurso público aguardavam convocação.

Já João Gualberto (PSDB), segundo a ferramenta, responde a um inquérito no Supremo Tribunal Federal após ação movida pelo Ministério Público Federal, que apura crimes da Lei de Licitações, referente ao período em que ele foi prefeito de Mata de São João (2005-2012).

Entre os postulantes ao comando do Estado, Rui Costa (PT), que visa a reeleição, tem a imagem colorida à mostra: indício, de acordo com o App, de que ele é “ficha limpa”. Quem também está isenta, segundo o aplicativo, é a postulante da Rede, Iaraci Dias.

Foto: Silvio Tito/Coperphoto/Sistema FIEB | Gustavo Lima / Câmara dos Deputados

Metro1

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Aragão Notícias.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Aragão Notícias pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.